Artigos


Há cento e sessenta anos os homens receberam dos Espíritos Superiores e em cumprimento à promessa do Cristo, um maravilhoso presente que se aceito, poderia modificar suas vidas para sempre. Um Livro! Mas não era apenas um livro... Era O livro!

Tratava-se do O Livro dos Espíritos, um perfeito tratado de filosofia existencial, contendo os mais importantes princípios da Doutrina Espírita sobre a imortalidade da alma, a natureza dos Espíritos e suas relações com os homens, as leis morais, a vida presente, a pluralidade dos mundos, a vida no mundo espiritual, sobre a destinação natural do homem, além de outros princípios, recebidos, ordenados e coordenados por Allan Kardec, o Codificador da Doutrina dos Espíritos.

Leia mais...




Pergunta: Estamos nos aproximando do dia 2 de novembro, que é considerado um dia dedicado aos mortos, aos finados. O respeito da legislação vigente chega inclusive a declarar a data como feriado nacional, no intuito de que as pessoas possam prestar suas homenagens ao parentes e conhecidos já desencarnados. Os espíritas são naturalmente questionados a respeito do assunto. Como a Doutrina Espírita encara este tema?

Leia mais...

 

Em plena vida espiritual, além do caminho estreito da carne, sempre realizamos o inventário de nossas aquisições no mundo.

Em semelhantes ocasiões, invariavelmente nos escandalizamos a frente de nós mesmos e rogamos, então, à Divina Providência a graça do retorno à matéria mais densa, sem as vantagens terrestres que nos serviram de perda.

É por isso que renascemos no mundo com singulares inibições congeniais.

Leia mais...



Cada livro edificante é porta libertadora.

O Livro espírita, entretanto, emancipa a alma no fundamento da vida.

O Livro científico livra da incultura; o livro espírita livra da crueldade, para que os louros intelectuais não se desregrem na delinquência. O Livro filosófico livra do preconceito; o livro espírita livra da divagação delirante,a fim de que a elucidação não se converta em palavras inúteis.

Leia mais...

 


Existiu um homem (alguns achavam que era muito jovem, tinha apenas trinta anos quando começou a falar em público) que foi morto desprestigiado ao lado de dois ladrões comuns – esses não eram de colarinho branco, nem políticos (bem, esses sequer vão presos...).

Não consta que esse homem estudou. Dizem que aprendeu uma profissão de carpinteiro e na infância se meteu a conversar com os doutores da lei (o judaísmo, religião antiga, dos hebreus), que admiraram sua sabedoria nata, seu autodidatismo; era, vamos assim dizer, naturalmente sábio, em comparação àqueles que fizeram escola.

Leia mais...

Por: Sandra Carneiro


Gosto da música “Tocando em Frente” de autoria de Almir Sater e Renato Teixeira. O refrão, que se repete ao longo da melodia “É preciso amor pra poder pulsar, é preciso paz pra poder sorrir, é preciso a chuva para florir”, faz a gente pensar. Sem amor, não estamos realmente vivos. E sem paz, sem serenidade, não se pode ser feliz.

Leia mais...

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...