Mensagens

Recolhemos trechos de algumas mensagens de "O Evangelho Segundo o Espiritismo", para tecer alguns comentários aos leitores amigos, na esperança de que possam renovar suas atitudes sob a inspiração de Jesus Cristo.

Estudar e refletir sobre a profunda sabedoria do Mestre, emérito conhecedor da psique humana, a qual Ele sabia ser fonte das causas reais dos sofrimentos, nos torna mais francos e honestos conosco mesmos e com os outros e nos possibilita a extinção de nossas reações neuróticas nas múltiplas situações da vida, reações essas que nos impedem o autoconhecimento e anulam toda e qualquer possibilidade de relacionamento sadio e sincero com os outros.

O Mestre sabia das nossas dificuldades de perceber a realidade, dos esconderijos psicológicos que edificamos como métodos de defesa e dos inúmeros papéis e jogos que cultivamos inconscientemente para não assumir responsabilidades ou para camuflar nossas diversas predisposições.

O Evangelho à luz da obra de Kardec retém um enorme manancial para edificarmos nossos valores morais na renovação de nossas atitudes e para redescobrirmos nossas verdadeiras potencialidades, que herdamos da Paternidade Divina. As armadilhas do ego, as presunções da ilusão, as dependências e inseguranças, as falsas vocações ou as reais tendências podem ser identificadas com clareza se examinarmos com atenção nossos limites, fazendo auto-observação da vida em nós e fora de nós mesmos.

Ao apresentarmos estas páginas aos leitores amigos, não temos a pretensão de impor regras ou determinar caminhos, nem mesmo regulamentar quais são as melhores atitudes a serem tomadas. Por termos plena consciência da imensa diversidade dos níveis de amadurecimento dos seres humanos, regidos como todos estamos pela "Lei das Vidas Sucessivas", compreendemos que cada ser está num determinado estágio evolutivo e, portando, fazendo tudo o que lhe é possível fazer no momento, ou seja, conduzindo-se no agora com o melhor de si mesmo.

Tomemos a Natureza como exemplo: entendemos que passaríamos por incoerentes se censurássemos um botão de rosa ainda fechado por não estar já totalmente desenvolvido ou aberto; ou se recriminássemos uma roseira por não ter dado a mesma quantidade de botões do que a roseira plantada a seu lado e cultivada no mesmo canteiro. Na realidade, afirmar aos outros quais atitudes eles deveriam ter é desrespeitar sua natureza íntima, ou seja, seu próprio grau de crescimento espiritual.

O conteúdo deste livro tem a intenção de contribuir para que todos nós possamos reflexionar sobre o porque das atitudes humanas, a fim de poder entendê-las em seus diversos matizes comportamentais e, como consequência, melhorar a nós próprios, reconstruindo-nos ou transformando-nos interiormente, para que o Reino dos Céus se edifique dentro de nós mesmos.

Não podemos assegurar que nestas páginas vocês encontrarão sempre interpretações novas e inéditas, pois sabemos que existem excelentes obras amplamente habilitadas a dar grande contribuição, da mesma forma que outros tantos companheiros poderão suprir nossa dificuldade de expressão, com maior competência e destreza.

Como nosso livro trata de nossas interpretações pessoais, gostaríamos que os leitores se dessem conta de que talvez a maior dificuldade que enfrentamos para entender novas ideias seja a tendência que temos de retomá-las ou tentar explicá-las utilizando nossa maneira habitual de ver e sentir, e retraduzindo tudo em linguagem coloquial e convencional.

Finalizando, agradecemos a atenção para conosco e endereçamos nosso livro, como uma singela contribuição, a todos aqueles que sinceramente buscam o caminho do autodescobrimento, tendo Jesus Cristo não só como Terapeuta do corpo e da mente, mas também como Modelo e Preceptor de almas.

Hammed

AMAR, NÃO SOFRER

"Perguntais se é permitido abrandar as vossas próprias provas; esta questão leva a esta: é permitido àquele que se afoga procurar se salvar? àquele que tem um espinho cravado, de o retirar?..."

"...contentai-vos com as provas que Deus vos envia, e não aumenteis sua carga, às vezes tão pesada..."

Evangelho Segundo Espiritismo (Cap. V, ítem 26)

 

Leia mais...

A sofisticação tecnológica da Medicina atual ainda permanece na insustentável tese de que o homem é as células que lhe constituem a organização somática.

Negando, por sistema, a realidade do ser integral, - espírito, perispírito e matéria - detém-se na conceituação ultrapassada, na qual o cérebro gera o pensamento, e a Vida cessa quando se dá o fenômeno da anóxia, alguns minutos depois da parada cardíaca...

Desde Hipócrates, passando por Aécio e Galeno, a visão dualista somente vem encontrando confirmação e respeito, não se podendo mais negar a interação espírito-matéria, mente-corpo, como termos da equação existencial.

Face a essa constatação, convenciona-se que a saúde é mais do que a ausência de doença no organismo, sendo um conjunto de fatores propiciatórios ao bem estar psicológico, econômico e social.

O paradigma da atualidade em torno da saúde leva o médico a examinar o paciente não mais como uma cobaia, ou alguém aflito de quem se deve libertar, mas como portador de muitos problemas que, não raro, a doença exterioriza, mascarando-os nas gêneses profundas do estado patológico.

Leia mais...

Não raro, encontramos, aqui e ali, os irmãos doentes por desajustes emocionais.

Quase sempre, não caminham.Arrastam-se. Não dialogam. Cultuam a queixa e a lamentação.

E provado está que, na Terra, a tensão emocional da criatura encarnada se dilata com o tempo.

Insegurança, conflito íntimo, frustração, tristeza, desânimo, cólera, inconformidade e apreensão,com outros estados negativos da alma, espancam sutilmente o corpo físico, abrindo campo a moléstia de etiologia obscura, à força de se repetirem constantemente, dilapidando o cosmo orgânico.

 

Leia mais...

“Deus nos deu, no relógio, uma grande lição, porque os ponteiros assinalando o tempo, não caminham para trás...”
Chico Xavier

Ao despertarmos a cada manhã, recebemos um presente de Deus: o presente de um novo dia. Que significado tem isso para nós? Um novo dia quer dizer uma nova oportunidade, um novo recomeço.

Chico Xavier nos ensina a aprender com os ponteiros do relógio que sempre caminham avante. Assim também deve ser a nossa vida.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...