Informativo

Informativo Centelhas de Esperança

Informativo O Informativo "Centelhas de Esperança" é um Projeto sonhado a anos, que finalmente pôde ser realizado, graças à união de um grupo de amigos que voluntariamente se dedicaram à fundação do Instituto Beneficente Chico Xavier.

Sendo parte integrante do Instituto Beneficente Chico Xavier, o informativo será divulgado através do site da Instituição e também pela mídia impressa.

Estaremos divulgando com maior abrangência o trabalho assistencial realizado pelas Instituições Beneficentes, espíritas ou não.

Apresentaremos a história e trabalho realizado por Editoras e Distribuidores de Livros Espíritas, bem como Clube de Livros Espíritas de todo Brasil, que revertem parte ou totalidade de sua renda em prol de Instituições Beneficentes, muitas delas tornando-se sua principal mantenedora.

O Informativo  trará matérias sobre confrades espíritas que desenvolvem trabalhos de divulgação da Doutrina Espírita, como editores e oradores, mostrando a importância e responsabilidade que devemos ter com a divulgação da Doutrina Espírita.

Sejam todos bem-vindos ao Informativo "Centelhas de Esperança".

Navegue pelo nossos artigos pelo "Menu informativo ao lado"

“Educar-se para ter um filho é estar pronto para acolher e ter a função de um porto seguro. Para sempre.”


Nosso entrevistado desta semana é Claus-Peter Willi, residente na cidade de Itu – SP e natural de Groetzingen – Alemanha.

Claus é formado em administração de empresas e atualmente trabalha como Coordenador de Negócios Internacionais.

É espírita há doze anos, e atua como palestrante nas Casas Espíritas de Itu.

Claus-Peter Willi estará presente no Seminário promovido pelo Instituto Beneficente Chico Xavier, no dia 05.10, abordando o tema “Filhos Adotivos – Amor em ação”. Saiba mais sobre este tema tão importante, acompanhando a entrevista abaixo.

A qual Casa Espírita está vinculado e que colaboração presta na Casa?
Neste momento estou mais vinculado ao Grupo de Apoio Joanna de Ângelis onde atuo como palestrante / passista. Na realidade profiro palestras em várias Casas além de colaborar com Cursos e Oficinas mantidas pelas mesmas.


Como iniciou seu trabalho como palestrante e há quanto tempo?
Não sei exatamente quando começou, mas creio que fazem 12 anos. Foi na Associação Espírita Cabaninha de Antonio de Aquino.

Você abordará o tema: “Filhos Adotivos – Amor em Ação, em sua palestra no Seminário que será promovido pelo Instituto Chico Xavier em Itu – SP no dia 05.10. Em sua opinião, qual a maior dificuldade nos dias de hoje de se encontrar um família adotiva para crianças abandonadas?
Por conta de minha experiência pessoal e via acompanhamento de grupos de apoio nas redes sociais pude observar que esta “dificuldade”, – no que diz respeito aos órgãos públicos, tem direta relação com o despreparo- via de regra- das pessoas ligadas à área. Apesar de todo o avanço em termos de legislação quanto ao assunto, o despreparo ainda é muito grande. Não podemos dourar a pílula nesta questão. Apesar de muita energia e verba pública ser dispendida no que diz respeito ao estímulo à adoção, os menores ainda são vistos apenas como processos numerados empilhados nas diversas instâncias do Poder Público esquecendo-se que são seres humanos com carências imediatas. À medida que a tradicional morosidade do Poder Público segue seu curso habitual, estas crianças vão crescendo e as chances de serem adotadas vão diminuindo proporcionalmente e eu diria numa progressão geométrica. Finalmente quando os passos processuais já estão prontos para disponibilização da criança à adoção ela já está na faixa daquelas que terão apenas 1 % de chances de encontrarem um lar.

Há três anos você adotou uma criança. Nos conte como foi esta experiência.

Bem, não creio que possa em poucas linhas sintetizar esta experiência.

As dificuldades, decepções, momentos de angústia, de sentimento de invasão de privacidade por parte de técnicos e psicólogos envolvidos no processo de candidatura à adoção, de expectativa por um telefonema que nunca chegava, de olhares esperançosos recebidos de crianças que queriam um lar não foram poucas.

Leia mais...

Do esporte a Santos Dumont - Mediunidade, esporte e interesse por pesquisa histórica

Orson Peter Carrara – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

Legenda: Lauret, ladeada por Príncipe D.João (E),
bisneto da Princesa Isabel e pelo repórter Saulo Gomes (D).
Crédito da foto: Odenir Rocha

Com pseudônimo literário de Lauret Godoy, nossa entrevistada é natural de Santos e reside na capital paulista. Professora de Educação Física, com especialização em Administração Esportiva, possui vários livros publicados e larga experiência com o esporte. Igualmente muito ligada à pesquisa histórica, suas respostas surpreenderão o leitor. Espírita há 20 anos, vincula-se ao Grupo Espírita Batuíra, em São Paulo, e vincula-se à área mediúnica e no atendimento de passes, além de voluntária nos trabalhos da instituição.

1 - Fale de sua experiência ligada ao esporteSou de Santos, cidade que muito privilegiava a prática esportiva. Na juventude praticava e disputava basquete, vôlei e atletismo pelo Colégio Canadá.Defendendo a cidade de Santos em Jogos Abertos, apenas Atletismo. Iniciei-me em provas de velocidade aos 10 anos de idade. Quando mudei para São Paulo, passei a defender o C. A. Paulistano. Fui campeã paulista, brasileira e, após obter o título de campeã Sul-Americana, em torneio realizado em Lima – Peru, abandonei o esporte. Precisava cuidar da vida...

 

Leia mais...

Nos dias atuais, nesta imensa massa humana que habita a Terra, as palavras: ódio, amor e perdão ainda não são totalmente bem assimiladas pelo ser humano.

O ódio, este sentimento mundano é mais comum do que imaginamos.

As pessoas ocultam este sentimento e guardam-no dentro do coração, inflamando sentimentos e criando mágoas e ressentimentos que se tornam verdadeiros lodos em nosso organismo.

Este sentimento tão bem camuflado é causado pelo ciúmes, inveja, orgulho, desentendimentos mal resolvidos, julgamentos pré-concebidos, entre outras tantas ciladas criadas pelo próprio ser humano.

Causa prejuízos para todos os envolvidos, tanto para quem é alvo dele, como para quem libera este sentimento tão destrutivo.

É através do ódio que se desfazem vínculos familiares e de amizades.

É através dele que se criam inimigos, desafetos por séculos, tanto no plano espiritual, quanto nas vindouras encarnações futuras.

O espírito ainda desconhecedor do amor e do perdão cria uma grande simbiose com seu desafeto, e faz com que esta ligação se perpetue indefinidamente, trazendo-lhe sofrimentos, instabilidade emocional e uma angústia que não lhe permite ter paz.

Leia mais...

Entrevista com JOVINA NEVOLETI CORREIA

Orson Peter Carrara – O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

A expressão espírita de Dourados no Mato Grosso do Sul

Segunda maior cidade no Estado é dinâmica na atividade espírita e influi toda a região

Membro do Conselho de Administração da Federação Espírita do Mato Grosso do Sul e Coordenadora da União Regional Espírita de Dourados, espírita de nascimento e igualmente filiada ao Centro Espírita Bezerra de Menezes, na mesma cidade onde nasceu e reside, Jovina é advogada e fornece uma visão geral da cidade e do movimento espírita regional.

1 - Situe para o leitor a cidade da Dourados, em seus aspectos geográfico, social e  econômico
Dourados está situada no centro sul do Estado é a segunda maior cidade do Estado de Mato Grosso do Sul, é considerada pólo regional de desenvolvimento para onde convergem pessoas de mais de 30 municípios em busca da prestação de serviços, sobretudo de saúde, educação, comércio e escritórios de  tecnologia. É considerada uma cidade Universitária, pois possui quatro universidades, sendo duas públicas (Federal e Estadual) e duas privadas de grande porte (Unigran e Anhanguera) e uma Faculdade de Teologia.

2 - Situe a região de Dourados no contexto do Estado e região.
A região de Dourados é a que possui maior densidade demográfica do Estado, em torno  de um milhão de habitantes, região altamente produtiva de grãos (soja) e bovino, e agora mais recentemente a produção da cana de açúcar e a industria sucroalcooleira.

3 - Quantas instituições espíritas na cidade? e na região?
Dourados possui 12 Centros Espíritas. A jurisdição da União Regional Espírita de Dourados possui 29 Centros Espíritas, pois além dos 12 de Dourados, possui 1 em Itaporã, 2 em Maracaju, 2 em Rio Brilhante, 1 em Douradina, 1 em Fátima do Sul, 1 em Caarapó, 2 em Navirai e 5 em Ponta Porã,, 1 no Distrito de Indápolis e 1 no Distrito de Culturama.

Leia mais...

– Orson Peter Carrara

 

A propósito das manifestações de rua, atualmente no Brasil, permito trazer ao leitor algumas considerações:

a)      Vivemos um processo de guerra. Não de armas, mas de ideias, de justas discordâncias e questionamentos oportunos. Objetivo final é a liberdade e o progresso, não há dúvidas, em toda expansão que as duas palavras permitem e alcançam;

b)      Se pensarmos bem, cada um de nós traz consigo uma tarefa comum: instruirmo-nos mutuamente, ajudar no progresso coletivo e melhorar nossas variadas instituições;

c)       A liberdade é o direito de proceder conforme nos pareça adequado com a ressalva de que esse direito não vá contra o direito alheio; também é a condição humana necessária para cada um construir seu destino, individual ou coletivamente;

d)      O progresso, por sua vez, é o desenvolvimento, o movimento progressivo da civilização ou a marcha e movimento para diante, ou ainda a caminhada para um estado de coisas cada vez mais de acordo com a justiça e a razão. Ele também pode ser classificado como a aplicação das leis que realizem a maior soma de ordem, bem-estar, liberdade e fraternidade; podemos até definí-lo ainda como a extensão da liberdade.

e)      Para sermos verdadeiramente coerentes, no uso do inevitável progresso, é preciso nos libertarmos da escravidão da ignorância e das baixas paixões ou apetites vulgares, educando-nos moralmente com a aquisição de virtudes ou aprimorando-as.

 

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...