Informativo

Informativo Centelhas de Esperança

Informativo O Informativo "Centelhas de Esperança" é um Projeto sonhado a anos, que finalmente pôde ser realizado, graças à união de um grupo de amigos que voluntariamente se dedicaram à fundação do Instituto Beneficente Chico Xavier.

Sendo parte integrante do Instituto Beneficente Chico Xavier, o informativo será divulgado através do site da Instituição e também pela mídia impressa.

Estaremos divulgando com maior abrangência o trabalho assistencial realizado pelas Instituições Beneficentes, espíritas ou não.

Apresentaremos a história e trabalho realizado por Editoras e Distribuidores de Livros Espíritas, bem como Clube de Livros Espíritas de todo Brasil, que revertem parte ou totalidade de sua renda em prol de Instituições Beneficentes, muitas delas tornando-se sua principal mantenedora.

O Informativo  trará matérias sobre confrades espíritas que desenvolvem trabalhos de divulgação da Doutrina Espírita, como editores e oradores, mostrando a importância e responsabilidade que devemos ter com a divulgação da Doutrina Espírita.

Sejam todos bem-vindos ao Informativo "Centelhas de Esperança".

Navegue pelo nossos artigos pelo "Menu informativo ao lado"

1. Como você conheceu a Doutrina Espírita?
Conheci a doutrina por meio de um amigo e docente do meu curso de graduação. Conversando sobre assuntos pessoais que me afligiam, ele resolveu me emprestar um livro espírita. Apreciei a leitura mais do que poderia imaginar, percebendo de imediato que o estudo da Doutrina Espírita seria algo muito pertinente e maravilhoso em minha vida, no que eu estava certa, pois não o larguei mais (risos).

2. Quando o amor e o destino se encontram é seu primeiro livro espírita?:
Sim, é o primeiro, e gostaria que fosse o primeiro de muitos.  Eu também faço textos sobre outros temas, mas escrever livros espíritas é um compromisso à parte: além de disseminar a doutrina, essa prática me proporciona um prazer e satisfação inenarráveis.

3. Qual foi sua inspiração para escrever esse livro? O que a fez buscar a história na Guerra do Paraguai?
A história desse livro foi inspirada em um sonho que tive algum tempo atrás, no qual consegui visualizar a “cena” de uma linda história de amor, como se estivesse assistindo a um filme. Ainda que tenha sido um momento rápido, foi possível compreender o contexto no qual ela estava inserida. Então, de repente, quando acordei, ainda de madrugada, fiquei um tempo lembrando o que havia sonhado e, mais tarde, escrevi no papel o roteiro completo inspirado naquele sonho. Depois digitei tudo e comecei a desenvolver a história logo no dia seguinte.

Leia mais...

NOTA DO INSTITUTO CHICO XAVIER
 
O Espiritismo está presente no cotidiano, elucida fenômenos inexplicados, mas naturais. O texto abaixo é destes que intriga o leigo e o cientista, mas confirma o que se aprende nas lides doutrinárias. Nos recorda que o espírito é imortal e não se desliga enquanto a morte física não acontecer. Ainda que para a medicina o corpo esteja em estado vegetativo ou de coma, através dele o espírito mantém-se espiritualmente alerta e consciente, percebendo tudo a sua volta.

Devemos tomar cuidado com as palavras ditas ao lado de um doente mesmo que pareça nada estar percebendo. Ele escuta, sofre por não pode desmentir o que se diz sobre ele, se incomoda se notar que as pessoas não ligam para sua paz íntima ou recuperação, chora por dentro ao se saber-se não amado, angustia-se ao verificar que os que lhe fazem vigília, por exemplo, estão mais preocupados com suas posses ou heranças do que com sua recuperação. Por isso é sempre indispensável a caridade ao doente.

Boa leitura!


Na década de 1980, Martin era um típico jovem ativo sul-africano. Porém, quando tinha 12 anos, foi acometido por uma doença que deixou os médicos desconcertados, e que eventualmente resultou na perda da capacidade de movimentar os membros, de fazer contato visual e, finalmente, de falar.

 
Seus pais, Rodney e Joan Pistorius, foram informados de que ele era um “vegetal” e que o melhor que eles poderiam fazer seria levá-lo para casa e mantê-lo confortável até que ele morresse.
 
“Martin simplesmente persistia, persistia”, disse a mãe dele.
 

Leia mais...

"Fomos alertados pelo Chico Xavier que os Espíritas estão morrendo muito mal. Talvez achando que vão ser recebidos com honra e galhardia – que se livrarão imediatamente dos problemas do mundo – fico sempre com medo do tormento da culpa que o Chico nos prevenia. Que culpa é essa Chico?  “a culpa de ter perdido tempo” , temos todas as facilidades para fazer muito mais."
 
Nubor Orlando Facure, tem 75 anos, tendo iniciado na Doutrina Espírita aos 7 anos de idade. Nasceu em Uberaba - MG e mora atualmente em Campinas, Estado de São Paulo.

É médico com especialização em Neurologia, sendo um dos fundadores do Instituto do Cérebro e Mente em Campinas e como escritor tem seis livros publicados. Pesquisador e expositor espírita, Dr. Nubor Facure desenvolve pesquisas aliando Medicina ao conhecimento espírita. Conheça um pouco mais sobre o Dr. Nubor Facure acompanhando esta entrevista concedida ao site do Instituto Chico Xavier.
 
 

Leia mais...

“Estamos mais sábios e maduros, é claro, mas a evolução é um trabalho que se faz a cada dia. Não podemos deixar de lutar por nossas convicções, nem de levar nosso trabalho adiante, educando as novas gerações.”

 

Em comemoração aos 158 anos da publicação do Livro dos Espíritos, a escritora Arlete Braglia, pseudônimo de Ada May, lançou o livro O Cético, seu primeiro livro espírita para o público adulto, que faz parte do Clube do Livro do Instituto Chico Xavier.

Arlete Braglia tem um filho de dez anos chamado Caio, é natural de São Paulo e reside atualmente em São Caetano do Sul. Formada em relações públicas, trabalha como professora e escritora de livros infantis. Conheça um pouco mais sobre a escritora Arlete Braglia, acompanhando esta entrevista concedida exclusivamente ao site do Instituto Chico Xavier.
1. Qual seu nome completo?
Meu nome é Arlete Braglia, mas uso o pseudônimo de Ada May  para escrever. Talvez, seja uma forma de abafar o ego.

2. Faz parte de alguma Casa Espírita e qual o trabalho que realiza na Casa?
Trabalhei por muitos anos em uma casa de São Bernardo do Campo, chamada “Obreiros do Senhor”, onde lecionei sobre mediunidade e fiz evangelização de adultos. Atualmente, dou palestras para crianças e também adultos.

3. Quantos livros já publicou e quais são?
Para o público infanto-juvenil publiquei “Os Micronautas” em 2010 pelas  Edições Paulinas.  Para o público espírita publiquei “Nina e o Mistério do Casarão” em 2008, “Chico, o menino aluado” em 2010,  “Nina e o Enigma da Sombra” em 2011 e “O cético”, em 2015. Todos esses pela Editora Lachatrê. Também publiquei o e-book “Conectados”, pela livraria eletrônica Amazon.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

   

Clube do livro - Agosto 2019

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...