Informativo

Informativo Centelhas de Esperança

Informativo O Informativo "Centelhas de Esperança" é um Projeto sonhado a anos, que finalmente pôde ser realizado, graças à união de um grupo de amigos que voluntariamente se dedicaram à fundação do Instituto Beneficente Chico Xavier.

Sendo parte integrante do Instituto Beneficente Chico Xavier, o informativo será divulgado através do site da Instituição e também pela mídia impressa.

Estaremos divulgando com maior abrangência o trabalho assistencial realizado pelas Instituições Beneficentes, espíritas ou não.

Apresentaremos a história e trabalho realizado por Editoras e Distribuidores de Livros Espíritas, bem como Clube de Livros Espíritas de todo Brasil, que revertem parte ou totalidade de sua renda em prol de Instituições Beneficentes, muitas delas tornando-se sua principal mantenedora.

O Informativo  trará matérias sobre confrades espíritas que desenvolvem trabalhos de divulgação da Doutrina Espírita, como editores e oradores, mostrando a importância e responsabilidade que devemos ter com a divulgação da Doutrina Espírita.

Sejam todos bem-vindos ao Informativo "Centelhas de Esperança".

Navegue pelo nossos artigos pelo "Menu informativo ao lado"

Com o respeitável nome de Erasto, cujas comunicações traziam sempre o "cunho incontestável de profundeza e lógica", como disse o próprio Codificador, encontramos duas personalidades, em momentos diferentes da História da Humanidade. 

A primeira, afirmativa do próprio Codificador, é de que ele seria discípulo de Paulo de Tarso (O livro dos médiuns, cap. V, item 98). A afirmativa tem procedência.

Na segunda epístola a Timóteo, escrita quando prisioneiro em Roma, relata o Apóstolo dos Gentios: "Erasto ficou em Corinto." ( IV,20). Segundo consta na epístola aos Romanos, na saudação final, este mesmo Erasto tinha cargo na cidade, pois se encontra no cap. 16, vers. 23: "Saúda-vos Erasto, tesoureiro da cidade".

Em Atos dos Apóstolos (XIX,22) lemos que Paulo enviou à Macedônia "...dois dos que lhe assistiam, Timóteo e Erasto..." , enquanto ele próprio, Paulo, permaneceu na Ásia. Interessante observar a proximidade dos dois discípulos de Paulo, pois em O Livro dos Médiuns, cap. XIX, encontramos longa mensagem assinada por ambos, a respeito do papel do médium nas comunicações (item 225). Juntos no século I da era
cristã, juntos na tarefa da Codificação. 

Ainda em O livro dos médiuns são de sua lavra os itens 98, cap. V, algumas respostas a perguntas constantes no item 99, itens 196 e 197 do cap. XVI, itens 230 do cap. XX, onde se encontra a célebre frase: "Melhor é repelir dez verdades do que admitir uma única falsidade, uma só teoria errônea." Finalmente, na comunicação de nº XXVII.

Em O Evangelho segundo o espiritismo, lê-se várias mensagens assinadas por  Erasto. A primeira se encontra no cap. I, item 11, a segunda no cap. XX, item 4 e se intitula: Missão dos espíritas, trazendo a assinatura de Erasto, anjo da guarda do médium, aditando oportunamente o Codificador de que o médium seria o sr. d'Ambel. 

Leia mais...


Vania Mugnato de Vasconcelos é curitibana, casada há 15 anos com o Engenheiro Químico Ricardo e mãe de um garoto de 12 anos, chamado Thiago. Reside no interior de São Paulo, na cidade de Jundiaí, há 9 anos, é colaboradora do Centro Espírita João Batista, no Bairro do Anhangabaú, dentre outros nos quais é palestrante frequente. Esposa, mãe, espírita e idealista, fez magistério, é Assistente Social, pós-graduada em Recursos Humanos e estudante de quarto ano do curso de Direito, atualmente também Estagiária da Defensoria Pública do Estado na área de Família e Sucessões.

Palestrante há cerca de 10 anos, Vania volta a contribuir com o Instituto Chico Xavier, desta vez no Seminário Família – Desafio e Importância em nossas vidas, que acontecerá em Itu – SP no dia 05.10, abordando o tema “O lar, os valores morais e os desafios do mundo. "

Saiba mais sobre a palestrante e o tema que abordará, acompanhando a entrevista abaixo.

  1. 1. Há dois anos você vem realizando Seminários em parceria com o Instituto Chico Xavier. Como foi para você estes dois anos de parceria?

Antes de qualquer coisa, sou extremamente grata ao Instituto, pela confiança e oportunidades. O ICX me fez ampliar horizontes... trouxe-me possibilidades novas, contato e amizade com outros palestrantes de qualidade, muito dedicados e de índole nobre.  O mundo se tornou maior depois que eu, simples palestrante de uma cidade do interior, percebi que meus ideais têm parceria com outros idealistas!

  1. 2. Você tem realizado palestras por toda região de São Paulo. Como você entende que está sendo realizada a divulgação da Doutrina Espírita por onde passa?

Os espíritas continuam sendo muito receptivos às palestras, divulgam, dizem que querem participar, mas noto um aumento do seu comodismo. Explico: por mais que os temas empolguem, que muitos perguntem se haverá como assistir ou ouvir a palestra virtualmente, no dia e hora poucos aparecem para compartilhar momentos de fraternidade e conhecimento; as casas espíritas raramente lotam se o palestrante não for autor de um livro ou orador do naipe de um Divaldo. Frio, chuva e tardes de sábado também não são nada estimulantes aos espíritas... o que me faz ponderar que talvez estejamos perdendo um pouco da essência, do sentido de realmente estarmos na Terra. Quando pequenos contratempos nos colocam rapidamente no lugar mais cômodo ou quando nos estimulamos muito mais pelas aparências, é hora de nos preocuparmos.

Leia mais...

Desafios não são adversários. Transformo-os em continentes que devo desbravar e conquistar.

Iniciaremos este estudo com a citação do evangelista Mateus, 5:24: “Reconcilia-te depressa com o teu adversário”. Então perguntamos: quem são nossos adversários? O patrão, o vizinho, o lanterneiro, a cozinheira, o dirigente... E assim vai, por uma infinidade de pessoas e circunstâncias que dia a dia ombreiam conosco o caminho e que podem nos perturbar a paz. Sabemos que não temos o direito e nem a possibilidade de mudarmos quem quer que seja. Estamos todos, como diz Fritjof Capra, “... na teia da vida, interagindo mutuamente, interdependentes e individuais ao mesmo tempo”. Neste bailar de acontecimentos não nos cabe imputar a ninguém os espinhos que porventura nos atingem. Os espinhos são, antes de qualquer coisa, companheiros adequados aos nossos momentos. Sabemos que nesta “Teia da Vida” estamos construindo e destituindo simultaneamente. Destituindo complexos emocionais perniciosos que assomando do nosso inconsciente perturbam o consciente obrigando-o, em muitos casos, a situações e comportamentos indesejados. Ao mesmo tempo estamos construindo o nosso futuro, a partir de posturas outras, ligando-nos a avanços intelecto-morais, de conformidade com o que nos aconselha Kardec quando diz: “Reconhece-se o verdadeiro espírita pelo muito que faz para domar suas más inclinações”.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

   

Clube do livro - Agosto 2019

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...