A conhecida expressão popular “amarrar o burro” significa zangar-se, ficar amuado, “emburrado”, ou seja, contrariado, chateado. É comum no comportamento humano. Hábito comum na infância transfere-se muitas vezes para a vida adulta. São aquelas pessoas que se melindram por pequenas coisas, desgastam-se em chateações que podem ser evitadas e normalmente causam constrangimentos no ambiente onde estão.

Hábito infeliz, desnecessário, precisamos todos aprender a renunciar à tendência humana de chatear-se com facilidade, como se fôssemos o centro do universo e dos interesses.

Gerador de tormentos voluntários que poderiam ser evitados simplesmente com a aceitação racional das contrariedades enfrentadas, a expressão popular é injusta com o útil e obediente animal que tanto tem servido à humanidade.

É fácil reconhecer um “emburrado”. É a “cara fechada”, a expressão de contrariedade, as respostas ríspidas e nervos à “flor da pele”. Para que? A que leva isso? Apenas a tormentos interiores desnecessários. Viver com alegria, com otimismo, é muito mais sábio e produtivo.

 

Quem “emburra” perde momentos preciosos de alegria e convivência, deixa de viver, pois que normalmente isola-se ou se permanece no ambiente, não ouve – ou não quer ouvir –, não vê e, quando fala, traduz em palavras toda a contrariedade. Os exemplos e comportamentos são bem conhecidos: batem a porta, largam o prato de comida e saem bravos da mesa do almoço ou jantar; fecham a cara e não ouse falar com eles, pois lá vem a tempestade verbal.

 

Estamos falando de outras pessoas. E nós, temos “emburrado”?

Como estamos no relacionamento? Chateamo-nos com muita facilidade ou somos abertos ao diálogo e ao entendimento das adversidades que nos ocorrem?

Tais questionamentos são importantes porque nos permitem análise de nós mesmos, impedindo esses estados de “amarrar o burro” por ocorrências muitas vezes sem qualquer importância.

Libertemo-nos disso. Viveremos com mais suavidade!

Muito melhor optar pela alegria, inclusive pelas conquistas alheias, e focar atenção nas oportunidades diárias de aprendizado.

Orson Peter Carrara


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...