Os dias tumultuosos do presente ensejam ansiedades, preocupações, insegurança, medo...

Medo de ser assaltado, de contrair uma doença, medo que o dinheiro acabe, medo de falar em público, medo do relacionamento, medo de viver e de morrer, medo que algo ruim aconteça com alguém de nossa família, medo de perder o emprego... Ah! A lista é interminável, embora ninguém ouse negar que viver nos dias atuais é realmente um enorme desafio. Porém, o medo em nada ajuda. Só atrapalha.

Se a prudência ajuda e é necessária, o medo em nada colabora.Inspiro-me para escrever o presente artigo no capítulo Dia de vencer o medo, do livro Para o dia nascer feliz, de autoria do amigo José Carlos de Lucca, com pequenas transcrições parciais. Aproveitando o pensamento do autor, consideremos que o medo paralisa as ações, neutraliza ideais.

 

O autor chega a comentar um caso de pessoa conhecida que tinha tanto medo de ser assaltada que resolveu não mais sair de casa, nem de noite, nem de dia. Era aposentada. Fazia tudo por telefone, inclusive as compras.

Mas morreu em casa, vítima de bala perdida que entrou pela janela do apartamento. Já imaginaram?Acabou sendo vítima daquilo que tanto temia: a violência.

Esse é um dos efeitos do que o medo produz. Os leitores já reparam que as baratas e besouros voam direto para aqueles que mais os temem? É que o medo traz tudo aquilo que mais tememos, tudo o que queremos evitar.

Ocorre que somos aquilo que pensamos e se nossos pensamentos são de medo, criamos em torno de nós uma ambientação energética de igual teor, atraindo, pela lei de afinidade vibratória, as situações que tanto tememos.Como vencer, pois, o medo?

Esse sentimento cresce se o cultivarmos. Para início de conversa, não cultive o medo. Ao perceber um pensamento ou sentimento de medo, procuremos eliminá-lo imediatamente com sua substituição por pensamentos de coragem e fé. Para não ser vencido por ele...

Todo mal sempre encerra um bem porque a vida nunca está contra nós. Só nos ocorre aquilo que for necessário, desde que não busquemos outros caminhos que somente a imprudência e falta do bom senso podem acarretar. Basta pensarmos que sempre estaremos nas mãos de Deus e se me reconheço indestrutível, temer o que? Nenhuma doença, nenhum infortúnio, nenhum problema conseguirá vencer-me se sinto-me um ser imortal.

Tudo é uma questão de ponto de vista. Bons pensamentos, boas atitudes garantem uma vida de paz, sem medo.

Por: Orson Peter Carrara

http://orsonpetercarrara.blogspot.com.br/


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...