Por: Sandra Carneiro

Nunca houve tantos livros espíritas como atualmente. De todos os gêneros, para todos os gostos e tipos de necessidades. Há os livros de estudo, web as biografias, os livros infantis, os romances… Ah! Os romances… Sim, o romance espírita é um dos gêneros que mais nos agradam. E por que nos encantam tanto?

Como médium espírita, atuando na psicografia há quinze anos, ouço com muita alegria o que os livros de nossos amigos espirituais têm contribuído na vida dos leitores.


Em primeiro lugar todos apreciam uma boa e bem contada história. Como os romances espíritas trazem, em sua grande maioria, histórias verdadeiras, que retratam fatos verídicos, estão carregados de emoção. Eles contam, em última análise, a nossa própria história. Nos vemos ao longo da narrativa, em muitas situações. E de repente, sem esperar, em meio ao prazer da leitura, nos deparamos com a resposta para muitos de nossos questionamentos. Encontramos alternativas diferentes para problemas que estamos enfrentando e os livros, então, se tornam mais do que uma distração, ou uma fonte de informações. Eles se transformam em verdadeiros companheiros de jornada. Sentimos como se o autor espiritual nos conhecesse pessoalmente e estivesse ali, sentado ao nosso lado. E de fato, ele nos conhece. Se não individualmente, conhece bem os problemas que enfrentamos e nos traz embalado em histórias fascinantes, reflexões que nos ajudam a encontrar forças para superar nossas limitações, nossos desafios.

Os autores espirituais que estão realmente comprometidos com o nosso progresso, estão sempre colocando em nossas mãos os livros de que necessitamos. Quem já não viveu a experiência de sentir um livro chamando, convidando, e muitas vezes de longe, quase pulando em nossas mãos? Sim, é o campo de atração, você dirá. Mas muitas vezes são nossos amigos, protetores espirituais, nos guiando, instruindo e orientando através de um livro, de uma boa leitura.

E as histórias dos romances espíritas, são verdadeiras?
Essa foi uma das primeiras perguntas que fiz ao espírito Lucius quando comecei a psicografar e materializar seus livros. E a resposta foi um categórico sim. Os bons autores espirituais, aqueles que trabalham para a evolução humana, especialmente os que trabalham dentro dos princípios espíritas, trazem aos leitores somente histórias reais. Claro que eles têm a incrível habilidade de romancear essas histórias, tornando-as atrativas e interessantes, como o fazem os bons diretores de cinema. Eles sabem nos emocionar, nos envolver, nos encantar. Mas acima de tudo estão preocupados com a essência das lições que querem transmitir, jamais perdem essa essência de vista. O livro, o romance, é o meio mais eficaz de que eles dispõem para nos ajudar a compreender nossos problemas e os caminhos de que dispomos para, dentro de nós, encontrar as ferramentas para a superação.

Amigos inseparáveis

Desde pequena sou apaixonada pelos livros. Eles sempre foram meus companheiros na exploração e busca de solução para os meus problemas. Sempre procurei a companhia dos autores, seus conhecimentos e experiências, como fonte de inspiração.

E logo que encontrei o espiritismo, descobri o mundo dos livros espíritas. Em nossos posts, gostaria de compartilhar com os leitores as minhas experiências com a literatura espírita, os livros que mais me inspiraram e que fazem parte permanente de minha biblioteca.

Livros que não podem faltar em sua biblioteca espírita
romances espíritas
Falando em livros espíritas, os romances psicografados por Chico Xavier estão entre os melhores livros espíritas para se conhecer o espiritismo. O que os torna tão especiais?

– Conteúdo enriquecedor, repleto de informações do mundo espiritual, vindo da fonte de autores sérios e evoluídos, como é o caso do espírito Emmanuel.

– Linguagem agradável e elevada, com primor literário.

– Enredos e personagens ricos e contagiantes.

Dentre as primorosas obras de Chico Xavier, destacamos alguns romances espíritas:
Há dois mil anos (Emmanuel);
Paulo e Estevão (Emmanuel);
Ave Cristo (Emmanuel);
Nosso Lar (André Luiz);
Entre o céu e a Terra (André Luiz).
Para quem quer conhecer mais sobre o espiritismo, são obras que não podem faltar em sua biblioteca espírita. As obras de Chico Xavier certamente figuram entre os livros espíritas mais vendidos de todos os tempos.

Para mim, os mencionados acima são daqueles romances que a gente quer ler e reler muitas vezes. E sempre acabamos descobrindo alguma coisa nova, escondida nas entrelinhas.

E você? Compartilhe sua experiência. O que mais gosta nos romances espíritas? Quais mais contribuíram com a sua vida?

FONTE: http://vivaluz.com.br/noticias/romances-espiritas/?rdst_srcid=576923

livroespirita.jpg

 


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...