O ano de 2012 transcorre célere. Divaldo Pereira Franco, ágil como sempre, não tem tempo para pensar em si.

Vive para o próximo.

Os diversos afazeres na Mansão do Caminho, instituição benemerente, os cuidados extremados para com o Centro Espírita Caminho da Redenção, o desvelo e atenção no trato com amigos, as viagens de divulgação da Doutrina Espírita, no Brasil e em mais outros 65 países, a atividade psicográfica ininterrupta, o esforço inaudito para responder prontamente a centenas de mensagens eletrônicas e outras missivas todos os dias, a rotina dos embarques e desembarques em centenas de aeroportos ao redor do mundo, o pernoite sistemático nos hotéis, mostra-nos que Divaldo é uma pessoa incomum.

São mais de 230 dias ao ano que Divaldo permanece fora de sua residência na Mansão do Caminho.

A cada dia em uma cidade.


Em cada uma delas um imenso número de amigos e conhecidos que Divaldo acolhe, aconselha, felicita, ampara. Sabe das particularidades de cada um. Estimula-os ao progresso espiritual. Sempre jovial, cortês, sorridente, transparece não experimentar as aflições naturais e pertinentes ao Planeta Terra. Enganamo-nos todos. Divaldo não é diferente. Vivencia aflições, dores, preocupações em profusão.

 

Íntegro, Divaldo é, na rotina das jornadas diuturnas, o praticante diligente dos ensinamentos proferidos em suas preleções públicas e daqueles outros encontrados nas centenas de obras ditadas por nobres Espíritos através de sua psicografia. É praticante fiel dos ensinos do Mestre Galileu. Suas atitudes, seus pensamentos, suas palavras corroboram a assertiva acima. Vivencia plenamente o Evangelho do Cristo.

Março de 2012, mais precisamente o dia 27, marcou o transcurso dos 65 anos de oratória de Divaldo Franco.

Não desmentindo a sua trajetória, encontramos Divaldo em pleno labor doutrinário no dia em que completava seis décadas e meia de seu profícuo trabalho.

Desta feita em Florianópolis e São José/SC. Já se vai distante no tempo aquele 27 de março de 1947. Foi em Aracaju/SE que o jovem, ainda por completar 20 anos de idade, proferiu sua primeira conferência pública. Jamais interrompeu esta atividade de esclarecer, promover, alentar a criatura humana à luz dos ensinamentos cristãos.

Homem de seu tempo, está atualizado com o panorama brasileiro e mundial. Estudioso contumaz, agrega sistematicamente conhecimento ao seu trabalho de divulgação e expansão da Doutrina Espírita no Planeta.

Mente brilhante. Sabe, como poucos, vestir o seu pensamento com palavras que promovem a criatura humana. Dedilha, como um exímio músico, as fibras da alma dos que o ouve com atenção. Todos os que sabem ouvir e percebem a dimensão espiritual jamais serão os mesmos após ouvir o trovador do Evangelho.

Com uma faculdade mediúnica impar, serve de instrumento dócil e plenamente capacitado para apresentar à criatura humana os ensinos, estímulos e generosas bênçãos de luzes impregnadas de conhecimento superior.

Convivendo ostensivamente, desde criança, com os Espíritos desencarnados, Divaldo é um dos mais profícuos canais a estabelecer contato permanente entre os dois planos da vida. Sua discrição, como todo servidor do Cristo deve ser, não permite aos menos atilados perceber o quanto este servidor incomparável conhece o pensamento daqueles que o cercam.

O ano de 2012 também será o ano em que este arauto do evangelho completará 85 anos de idade. Seu vigor, físico e moral, capacita-o para as mais diversas atividades de divulgação da Doutrina Espírita. Fundador de diversos Centros Espíritas ao redor do Planeta, é sempre requisitado para alentar as criaturas na tarefa do autoconhecimento, do autoamor, da conquista moral elevada, da paz íntima, da caridade superlativa.

Incansável, não se permite passar pelo tempo sem que suas atitudes, ações e vibrações sejam colocadas em favor ao próximo, seja ele qual for. Seus pés são céleres, suas mãos acolhedoras, seus braços sustentam os mais fracos, seu coração é de todos, pois que escolheu viver o Evangelho de Jesus sem tergiversações, doando-se ao seu irmão em nome do Mestre Nazareno.

Parabéns, nobre amigo Divaldo. Receba a nossa gratidão. A gratidão de uma multidão de aflitos que tu vens, sistematicamente, consolando e instruindo no caminho do bem, que tão bem tu conhece. Que o teu exemplo de trabalho, de vida, seja farol para a trajetória evolutiva de todos nós!

Paulo Salerno - Porto Alegre, RS


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...