Artigos

 

Existiu um homem (alguns achavam que era muito jovem, tinha apenas trinta anos quando começou a falar em público) que foi morto desprestigiado ao lado de dois ladrões comuns – esses não eram de colarinho branco, nem políticos (bem, esses sequer vão presos...).

Não consta que esse homem estudou. Dizem que aprendeu uma profissão de carpinteiro e na infância se meteu a conversar com os doutores da lei (o judaísmo, religião antiga, dos hebreus), que admiraram sua sabedoria nata, seu autodidatismo; era, vamos assim dizer, naturalmente sábio, em comparação àqueles que fizeram escola.

Leia mais...

 

Por Jorge Hessen - http://www.jorgehessen.net

Recentemente, fomos a um velório e nos vimos constrangidos a ouvir um “pastor”, pregando a insustentável tese da unicidade das existências. Aliás, assunto inoportuno para a ocasião. O religioso, sempre com a bíblia de folhas desgastadas debaixo do braço, umedecido de suor, certamente, foi convidado a falar sobre o tema por solicitação da família do desencarnante. Detalhe: tais parentes “crentes”, do “morto”, sabiam que espíritas estariam presentes no local. Ao revés, poderiam ter aproveitado a oportunidade do sepultamento para orar ou discorrer, sem afetação, sobre a imortalidade da alma (como ensinou Jesus) e sobre o valor da existência humana. Porém, infelizmente, para esses cristãos, narcotizados pela idéia de “salvação” e que pensam poder comprar a “felicidade eterna” através dos dez por cento “doados” para a igreja, “a morte ainda exprime realidade quase totalmente incompreendida na Terra”. (1)

Leia mais...

 


Por: Sandra Carneiro

Nunca houve tantos livros espíritas como atualmente. De todos os gêneros, para todos os gostos e tipos de necessidades. Há os livros de estudo, web as biografias, os livros infantis, os romances… Ah! Os romances… Sim, o romance espírita é um dos gêneros que mais nos agradam. E por que nos encantam tanto?

Como médium espírita, atuando na psicografia há quinze anos, ouço com muita alegria o que os livros de nossos amigos espirituais têm contribuído na vida dos leitores.

Leia mais...

 


Por: Richard Simonetti


Chico Xavier sempre conviveu com problemas nos olhos, particularmente um deles, que exigia permanente cuidado, não raro sangrando e dolorido.

Numa dessas crises, pediu a Emmanuel:

– O senhor poderia pedir ao doutor Bezerra de Menezes ou outro benfeitor um tratamento de cura?

A resposta do guia o deixou apreensivo:

– Continue o tratamento médico e tenha paciência e resignação, porque seu mal não tem cura e nada posso fazer.

Leia mais...

 


Por: Doris Madeira Gandres

Desde os tempos mais remotos, mesmo quando ainda primitivos e ignorantes, dispomos de um dos maiores poderes concedidos ao homem pelo Criador – trata-se da mente, expressão do Espírito que encerra todo o potencial que, cedo ou tarde, desperta, de um modo ou de outro, neste ou naquele campo, até que atinja uma coletânea de conquistas que conduzirá o homem à sabedoria.

Não foi sem razão que já na Antiguidade um oráculo recomendava “conhece-te a ti mesmo”; que um filósofo grego insistia “conhece-te a ti mesmo”; que Santo Agostinho afirmava “o conhecimento de si mesmo é a chave do melhoramento individual” (LE919a).

Leia mais...

 


Em janeiro de 1858, ao lançar a Revista Espírita para o mundo, Allan Kardec escreve uma expressão de grande utilidade, dizendo aos seus leitores que “discutiremos, mas não disputaremos”. Fazendo isso, o mestre enaltece o periódico espírita como tribuna aberta à discussão, longe dos comentários escandalosos, das queixas vexatórias, dos azedumes sem fim, ou mesmo dos apontamentos irônicos.

Kardec sabia muito bem que as referências verbais ou escritas são fatores de indução e, como na Doutrina Espírita não há lugar para fé cega, é essencial evitarmos as vãs indagações, as críticas mordazes e as especulações insensatas.

Leia mais...



A reencarnação explica todas as anomalias da humanidade, sejam sociais ou individuais. Mas, o que é a reencarnação, afinal? É o processo pelo qual passa o espírito em sua jornada evolutiva, através do qual renasce em novo corpo físico após o corpo anterior morrer, de modo que as experiências o eduquem até que esteja puro.

Nada tem sentido sem essa lei!
Não existe justiça sem ela!

Leia mais...

 

Você está no melhor lugar que poderia estar, junto das pessoas que precisavam estar com você. No melhor emprego no momento, no melhor templo de sua fé, e no melhor tempo de sua vida, no tempo da consciência – você tem
consciência e vida, pode agir no mundo e mudar seu destino.

Mas pode ficar melhor, quando você acredita – ou seja, quando o seu ânimo, o seu intelecto e o seu coração influenciam positivamente seu corpo a agir, e a contagiar positivamente o que está à sua volta, ajudando que os eventos ocorram da melhor maneira. E isso vai se amplificando, num efeito em cascata.

Leia mais...

 


Aconteceu há dois mil anos. Nasceu uma criança diferente que surpreendeu a todos. 

Quando aos 13 anos, conversava com os sábios da igreja de então coisas que somente os doutores da lei discutiam, com sabedoria e profundidade.

Aos 30 anos começou uma caminhada que operou a mudança de nossa história, dividindo-a em antes e depois de Cristo. A única referência de Jesus era ele próprio, uma personagem especial, nunca visto antes. Filho de um carpinteiro e de uma dona de casa, que estudou numa espécie de convento da época. Ele nunca escreveu um livro, mas escreveu algumas palavras no chão, diante da mulher acusada de adultério; não comandou um exército, mas foi temido pelo rei Herodes.

Leia mais...

 

De um modo geral, costumamos reclamar de tudo que nos ocorre.

Reclamamos do congestionamento do trânsito, da chuva que nos surpreende à saída do trabalho, da demora no atendimento do serviço público, da incompetência de profissional contratado etc. Contudo, o que é importante não perdermos de vista é como reagimos a esses contratempos.

Habitualmente, nossa reação é de irritabilidade, nervosismo, quase agressividade. No entanto, da forma como encaramos as situações adversas, seremos mais ou menos felizes. Vejamos: se ao nos prepararmos pela manhã, descobrimos a camisa não tão bem passada, podemos descarregar nossa raiva em quem consideramos responsável. Nossas exclamações envolverão a funcionária, a quem chamaremos de inabilidosa, irresponsável, preguiçosa. No entanto, serão os afetos mais próximos que nos ouvirão a voz alterada e as altercações em desequilíbrio.

Leia mais...

 

Ainda que muitos acreditem que as sombras triunfarão sobre o mundo, espalhando dor e sofrimento, não desacreditemos que a mão divina encontra-se em pleno movimento, dispersando o nevoeiro do pessimismo e da angústia que alojou-se nos corações mais frágeis.

O momento é de transição. A Terra, subirá na hierarquia dos mundos, ocupando espaço legítimo entre as civilizações mais avançadas. O bem triunfará, causando o colapso das forças que trabalham contra a felicidade humana. A morte perderá seu domínio e tudo concorrerá para a harmonia dos seus habitantes. A semente do amor, fertilizada pelo testemunho dos homens de bem, florescerá, gloriosa e radiante, no jardim interno de todas criaturas que, mesmo entre lágrimas amargas, permaneceram confiantes na bondade celeste.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

   

Clube do livro - Agosto 2019

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...