Artigos

EXISTEM DUAS VIBRAÇÕES NEGATIVAS QUE PRENDEM MAIS  AS  PESSOAS, DO QUE QUALQUER FORÇA,  ENERGIA OU SITUAÇÃO. ELA NOS MANTÉM AMARRADOS A RODA DA VIDA, FORÇANDO-NOS A VIVENCIAR JUSTAMENTE AQUILO QUE QUEREMOS EVITAR. ELAS NOS IMPEDEM DE ELEVAR NOSSA CONSCIÊNCIA, A NÍVEIS MAIS ELEVADOS DE PROSPERIDADE. UMA DESSAS VIBRAÇÕES NEGATIVAS, É A HOSTILIDADE EM RELAÇÃO AOS OUTROS. E A OUTRA VIBRAÇÃO NEGATIVA É A AUTOPIEDADE.

Todos nós desejamos nos ver livres das energias negativas, sentimos muitas vezes que, estamos envoltos em vibrações pesadas demais, que nos causam mal-estar e amarram nossos caminhos. É preciso compreender porém que a energia negativa, que entrou em nossa vida encontrou alguma porta aberta, dentro de nós. à benção  do Padre, do Pastor ou do Médium Espírita, pode nos limpar momentaneamente das vibrações prejudiciais, porém não impedem que elas retornem, imediatamente a nós pelas vias da afinidade vibratória. A pessoa não adquire o chamado corpo fechado, simplesmente por usar um determinado objeto místico de proteção. Somente nos fechamos verdadeiramente as energias negativas, quando nos fechamos ao mal que ronda diuturnamente a nossa mente e o nosso coração. Quando entramos em preces e orações, pedimos ao Pai, que nos livre de todo o mal, devemos nos lembrar sobre tudo do mal que, ainda há dentro de nós. Porque ele é a causa do mal que está em nossa vida. No campo profundo da Doutrina Espírita, identifica-se muitas formas de energias ruins, e que  as duas vibrações negativas,  que mais nos fazem sofrer são:

Leia mais...

Ao iniciarmos uma reunião doutrinária fazemos uma prece, ao encerrarmos fazemos uma prece, para os trabalhos de passe fazemos uma prece, ao deitarmos fazemos uma prece, ao levantarmos fazemos uma prece, fazemos uma prece nos momentos alegres; e oramos também nos momentos de aflição.

Muito se tem dito a respeito da prece, mas muito pouco ainda conhecemos do seu mecanismo de funcionamento, Por isso mesmo, pouco a valorizamos, e por vezes até a esquecemos.

Já o dissemos em outras ocasiões, que o Espiritismo é uma Doutrina de Tríplice aspecto, Ciência – Filosofia – Religião, mas é comum vermos trabalhos, palestras, cursos e etc, enfocarem quase que essencialmente as partes filosóficas e religiosas, deixando um pouco de lado o seu aspecto científico. É até um procedimento normal, uma vez que o Espiritismo é uma Doutrina relativamente jovem com aproximadamente 150 anos, e a análise de seus aspectos científicos requer conhecimentos básicos, sem os quais não entenderíamos as suas explicações, precisaríamos então ter noções de física, ciências, biologia, fluidos, magnetismo, eletromagnetismo, eletricidade, telecomunicações, etc. Mas nesse trabalho, passaremos uma pequena noção do seu aspecto científico.

Leia mais...

Sempre nos despertou grande curiosidade a sorte das crianças após a “morte”, bem como a possibilidade de intercâmbio com aqueles que tenham se despojado prematuramente de suas roupagens carnais.

Iniciando nossa explanação a res¬peito do tema, citemos a questão 381, de O Livro dos Espíritos, em que Kardec assim indagava:

Por morte da criança, readquire o Espírito, imediatamente, o seu precedente vigor?

Ao que responderam os Espíritos:

“Assim tem que ser, pois que se vê desembaraçado de seu invólucro corporal. Entretanto, não readquire a anterior lucidez, senão quando se tenha completamente separado daquele envoltório, isto é, quando mais nenhum laço exista entre ele e o corpo.”

Leia mais...

Existe uma linda história que aconteceu há dois mil anos, que fala sobre a verdadeira fé - aquela que nos sustenta quando nos duros
embates da vida.

É sobre um rapaz chamado Bartimeu, cego de nascença, que mendigava na cidade onde morava, de nome Jericó. Graças a algumas leis consagradas dentro do Pentateuco mosaico, a caridade para com aquele tipo de problema físico não era comum em seu povo. Acreditava-se, por exemplo, que um filho deveria pagar pelo pecado dos pais. Sendo assim, se Bartimeu nasceu cego, sem ter tido tempo para cometer erros, estava claro que se tratava de algum pecado maior dos genitores, não perdoado por Jeová [Êxodo, 20:5].

Leia mais...

O que acontece em uma casa espírita? Muitos me perguntam isso. A imaginação e a confusão entre outras religiões levam as pessoas a terem a ideia equivocada do que é o Espiritismo.

O Espiritismo é a ciência-religião codificada nas obras básicas de Allan Kardec (O Livro dos Espíritos, O Evangelho Segundo o Espiritismo, O Livro dos Médiuns, A Justiça Divina Segundo o Espiritismo, A Gênese Segundo o Espiritismo) e revelada pelo Espírito da Verdade e demais espíritos superiores incumbidos desta tarefa. A missão do Espiritismo é auxiliar os espíritos a seguirem uma conduta norteada pelas leis morais que regem o universo. Todos os espíritas do Espiritismo são espíritas cristãos, pois, vêm em Jesus o seu modelo e guia para uma vida que esteja de acordo com a lei maior de Deus.

Leia mais...

Maria de Nazaré é certamente uma das figuras mais emblemáticas e importantes da era cristã, não somente por receber a missão de trazer ao mundo Jesus, mas também pela forma com a qual conduziu o Mestre, sempre demonstrando amor, fé e sabedoria, mesmo durante o calvário de seu filho.


Boa parte dos cristãos enxerga Maria como uma santidade, outros, apenas a mulher que trouxe ao mundo o Messias. Em comum, há no mínimo um grande respeito pela personalidade mariana. Através de diversas manifestações de fé e religiosidade pelo mundo, Maria recebeu diferentes nomes, e é lembrada de diversas formas, tornando-a um grande vulto do Cristianismo.

Leia mais...

por Demétrius César Rodrigues.

Parabéns a todos nós trabalhadores da Terra.

O Espiritismo nos esclarece, através da Lei do Trabalho, que o trabalho é essencial para o avanço intelectual e moral dos espíritos encarnados.

No plano físico, o dicionário nos dá este significado para "Trabalho": Aplicação das forças e faculdades humanas para alcançar um determinado fim.

No plano espiritual, podemos considerar a aplicaçao das forças e faculdades do espírito para alcançar um determinado fim.

O Livro dos Espíritos nos esclarece sobre a importância do trabalho na nossa evolução:

"674. A necessidade do trabalho é uma lei da Natureza?
R: O trabalho é uma lei da Natureza, e por isso mesmo é uma necessidade. A civilização obriga o homem a trabalhar mais, porque aumenta as suas necessidades e os seus prazeres." O Livro dos Espíritos, p. 674.

Leia mais...

Claudia Gelernter

"É de notar-se que, em todas as épocas da história, as grandes crises sociais foram seguidas de uma era de progresso". (Allan Kardec, 1868).

Antes de iniciarmos uma abordagem sobre a complexa e instigante questão da família, cabe-nos dizer que ela, mais que qualquer outra instituição, participa da ambiguidade inerente à condição humana, que nos faz simultaneamente bons e maus, dentro do atual estagio evolutivo no qual transitamos.

O psicologo Ken Wilber, famoso pensador e criador da Psicologia Integral, em seu livro Éden, Queda ou Ascenção, esforça-se por esboçar a curva da história humana, para embasar sua teoria de que viemos das feras, mas tendemos aos deuses. Wilber afirma que o futuro do gênero humano é a consciência de Deus. Porém, devido ao fato de estarmos acima dos animais e ainda a caminho do divino, somos ‘figuras trágicas’, pois estamos equilibrados entre dois extremos, sujeitos aos mais variados conflitos, justamente por não sermos mais os ‘completos ignorantes’, e, por outro lado, por não conseguirmos atingir, no momento, a tão almejada sabedoria, que nos colocaria em situação de paz, mesmo em meio às tormentas. (WILBER, 2010).

Vivemos a dificuldade do mal que habita em nós enquanto a consciencia se amplia, dia-a-dia, para o bem que precisamos aprender a realizar.

Com isso, obviamente [e tragicamente] corremos sérios riscos de errarmos o ponto da receita, experimentando situações e vivências que nos levam a uma possivel piora social [e familiar] antes de atingirmos um estado de equilíbrio, efetivamente.

Leia mais...

Orson Peter Carrara- Matão-SP

Fico triste e lamento quando ouço informações equivocadas sobre pessoas, instituições, práticas e atividades, cujo conteúdo ulgado denota o desconhecimento de quem se torna o autor desses equívocos, absurdos ou distorções que torna público. 

Isso ocorre em todas as áreas. Calúnias, exageros verbais ou escritos, informações precipitadas, julgamentos pré-concebidos, inverdades produzidas ou inconscientemente divulgadas, formam o rol de pseudo-orientações que só prejuízos e confusões causam à vida pessoal ou coletiva de uma família, cidade ou nação.

Que o digam os bastidores políticos de uma pequena cidade ou mesmo do país, como ocorre em toda parte. Escândalos e corrupções que mancham a dignidade humana. Igualmente as manipulações que envolvem interesses nem sempre divulgados, em empresas, famílias, e na sociedade em geral. Que pena! É mesmo de se lamentar. Acabamos não percebendo que estamos prejudicando a nós mesmos!

Sim porque tais atitudes, manipulações e a busca desenfreada de interesses nem sempre recomendáveis, com prejuízos para terceiros – morais ou materiais – redundarão sempre em aflições no futuro, cedo ou tarde, exigindo reparações, além das lamentáveis conseqüências coletivas para toda a sociedade. Claro, pois um ato impensado, precipitado, imoral, traz desdobramentos em suas conseqüências que acabam por atingir outros que, aparentemente, não estavam envolvidos com a questão.

Leia mais...

Durante a semana passamos por diversas dificuldades e as que nos abalam muito são as que passamos dentro do contexto familiar. É a lei do carma em ação, não é a toa que às vezes a presença de um amigo nos consola de tal maneira que nos perguntamos: Por que não me sinto assim com a minha família?

Estes são os PORQUÊS: Estas são as provas necessárias que precisamos passar, para que consigamos elevar os nossos sentimentos e avançar no nosso caminho da evolução.

Leia mais...

 

Multiplicam-se as tragédias sociais no planeta. E não precisamos sair do Brasil para constatar o agigantar crescente, diário, dos crimes, das explosões em terminais bancários, da corrupção galopante, da destruição de famílias inteiras com a invasão das drogas ou com os homicídios passionais. Entre as causas estão a vaidade, o orgulho, a ganância, o ciúme, a inveja e mesmo a prepotência ou todo tipo de arrogância, geradores das angústias humanas e todos efeitos diretos do egoísmo que ainda nos caracteriza a condição humana.

E acrescente-se a esse difícil quadro as doenças que se multiplicam assustadoras, a falta de chuvas com seus desdobramentos, o aborto, o desemprego e tantos outros desafios, inclusive os de natureza interior como a timidez, a insegurança e por aí vai.

A presente abordagem não é pessimista. Ao contrário desejamos mostrar outro ângulo da velha questão que ainda infelicitam as gerações. Apenas iniciamos a abordagem com a cruel realidade de nosso tempo, sem nos determos em outros detalhes e situações bem conhecidas que agravam ainda mais o cotidiano.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...