Artigos

 



FONTE: GRUPO DE ESTUDO ALLAN KARDEC

Quando encarnamos, recebemos uma carga de fluido vital (fluido da vida).

Quando este fluido acaba, morremos. Somos como a pilha que com o tempo vai descarregando.

Chegamos ao ponto que os remédios já não fazem mais efeito. Daí não resta outra alternativa senão trocar de “roupa” e voltar para a escola planetária.

Leia mais...

 



Por: Doracy Mércia Azevedo Mota

Hoje a ciência médica vem confirmar que nossas aspirações movimentam energias para o bem ou para o mal. A psiquiatria, a neurologia, a psicologia, enfim, toda a gama da medicina psicossomática, nos mostra hoje de forma muito clara que a mente é um incessante gerador de força, através dos fios positivos e negativos que passam pelo sentimento e pelo pensamento produzindo a palavra, descarga eletromagnética, regulada pela voz, que em todos os campos de atividades tonaliza a exteriorização reclamando apuro de vida interior, de vez que a palavra, depois do impulso mental, vive na base da criação; é por ela que os homens se aproximam, se ajustam ou desajustam para a resposta que lhes compete...

Leia mais...

 



FONTE: MOMENTO DE REFLEXÃO

Vivemos em um mundo que valoriza extremamente os bens materiais. Em sua maioria, as pessoas valorizam ou não o próximo, a partir do que o outro possui e aparenta, e não pela essência de seu ser.

Em um mundo dominado por nações materialistas e ainda sem ter alcançado suficiente desenvolvimento espiritual, grande parte das pessoas dedica sua vida a acumular dinheiro e bens materiais.

Desde cedo as crianças se acostumam a ter o que querem. E passam a valorizar seus amigos por suas aparências.

Leia mais...





FONTE: MOMENTO ESPÍRITA

Era uma vez um jovem guerreiro famoso por sua invencibilidade.

Era um homem cruel e, por isso, temido por todos.

Quando se aproximava de uma aldeia, os moradores abandonavam suas casas, e fugiam para as montanhas, porque sabiam que ele não poupava nada, nem ninguém.

Leia mais...

 



FONTE: MUNDO ESPÍRITA
 

Quando chega o outono, as folhas das árvores mudam seus tons de verde para uma variedade de cores inigualável.

Se a primavera é uma explosão de flores e perfumes, a estação outonal é a dos coloridos mais exuberantes.

A impressão que se tem é de que algumas árvores disputam entre si qual se vestirá com a cor mais exótica. Olhamos para suas folhas e difícil nos é dizer qual a cor verdadeira, pois elas se mostram em tons que variam entre o laranja, amarelo e vermelho.

Leia mais...


Por: Richard Simonetti
 

Avançam as pesquisas sobre a reencarnação. Há incontáveis livros publicados, particularmente na Europa e nos Estados Unidos. Envolvem aspectos variados, com destaque para as reminiscências espontâneas.

É significativo o número de pessoas que se recordam de vidas passadas. Algo ponderável, principalmente por envolver, geralmente, crianças sem nenhum interesse ou capacidade para forjar histórias fantásticas. Por outro lado, a Terapia das Vivências Passadas (TVP) coloca médicos e psicólogos em contato com vidas anteriores dos pacientes, acumulando evidências e farto material para pesquisa.

Leia mais...

 



Até certo ponto, temer a morte, é aceitável. O que não consigo entender é o medo da vida. O medo de viver! De onde aparece a vontade de desistir de tudo? De onde surge o medo de continuar vivendo?

Ele nasce porque de forma instintiva, quando estamos sozinhos, sem mais ninguém, nós temos medo de olhar para dentro de nós mesmos, numa introspecção e enxergarmos coisas que não desejamos ver, por que machuca. Porque dói.

E dói porque quando olhamos para dentro de nós mesmos, nós vemos o nosso lado mais oculto, sombrio, nossas fraquezas, falhas, fantasmas e isso machuca nosso ego, nossa autoestima. Dói, dói muito descobrir que não somos apenas amor, simpatia, caridade e bondade, porque nós somos também egoísmo, orgulho, inveja, melindre, vaidade, etc. e isso destrói a imagem perfeita que fazemos ou tentamos fazer de nós mesmos, para nós, mas principalmente para os outros. 

Leia mais...

 



Por: Arnaldo Divo Rodrigues de Camargo - editor da EME
 

Chico foi um brasileiro, de Minas Gerais; um jovem pobre, que não cursou universidade; trabalhou em modesto escritório de empresa agropecuária; viveu por muito tempo, no fim da vida, de um salário de aposentadoria; nunca teve carro nem poupança; nasceu na simplicidade e retornou à vida espiritual da mesma forma...

Entretanto, foi o maior comunicador com os espíritos dos últimos dois mil anos, recebendo mensagens de brasileiros e estrangeiros, num total de quase 500 livros psicografados (nenhum deles ele considerou de sua autoria).

Leia mais...

 



Fonte :
A CASA DO ESPIRITISMO - Por: Ney P. Peres

"Ninguém sendo perfeito, seguir-se-á que ninguém tem o direito de repreender o seu próximo? - Certamente que não, pois cada um de vós deve trabalhar para o progresso da coletividade, e sobretudo dos que estão sob a vossa tutela. Mas, por isso mesmo deveis fazê-lo com moderação, para colimar um fim útil, e não, como as mais das vezes, pelo prazer de denegrir... " (Allan Kardec. O Evangelho Segundo o Espiritismo. Capítulo X. Bem-aventurados os Misericordiosos. Item 19.)

Leia mais...

 



FONTE: Revista Universo Espírita n 42 Ano 4 - 2007

Diante das atrocidades terríveis do holocausto, é natural atribuir a Hitler toda culpa pelos fatos e esperar noticias de sofrimentos atrozes desse Espírito quando ele chegasse ao mundo espiritual. Mas esse pensamento exagerado esta influenciado pelo dogma do inferno e dos pecados. O Espiritismo propõe outro raciocínio.

O sofrimento de Hitler, como de todo espírito mau, está na cobrança de sua consciência e na visão de suas vítimas. Só há uma saída, o arrependimento. Não há sofrimento eterno, ele se mantém até quem o indivíduo se arrependa.

Leia mais...

 



FONTE: A LUZ NA MENTE - 
Por: Jorge Hessen

O processo envelhecer demanda uma atenção especial em virtude das modificações biológicas, psicológicas e sociais, sendo necessária uma maior atenção por parte da sociedade e formulação e efetivação de políticas públicas voltadas para o idoso. Em muitas tradições e civilizações, principalmente as orientais, o idoso é visto com respeito e veneração, representando uma fonte de experiência, do valioso saber acumulado ao longo dos anos, da prudência e da reflexão, enquanto em outras culturas o idoso representa "o velho", "o ultrapassado" e "a falência múltipla do potencial do ser humano" - é lamentável!

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...