Artigos


Corria o ano de 2007, e a aquela mulher ainda vivia no ano de 1967, época em que o marido a deixara para viver com outra. O ex marido se casou, teve filhos, e ela lamentavelmente vivia 40 anos atrás, pensando no que fizera de errado para perder o “amor de sua vida”.

Desde então foram tempos de tristeza. Não se casou, não mais namorou, e sequer fez novos amigos, tudo porque preferia ficar se machucando com um passado que deveria ser esquecido.

Leia mais...



Por: Ricardo Luiz Capuano

André Luiz recomenda aos espíritas agir da seguinte maneira em relação a noticias violentas: “Em tempo algum empolgar-se por emoções desordenadas ante ocorrências que apaixonem a opinião pública, como, por exemplo, delitos, catástrofes, epidemias, fenômenos geológicos e outros quaisquer. Acalmar-se é acalmar os outros.” – André Luiz – “Conduta Espírita” – Waldo Vieira.

Quantas emoções perniciosas nos causam as noticias dos jornais e noticiários. Vemos todos os dias assassinatos e atrocidades com requintes de crueldade, são atos de desprezo à vida, e desrespeito às leis dos homens e de Deus.

Leia mais...



Lucas, 13:1-9

E se Hitler houvesse vencido a guerra e estivéssemos sob tutela alemã?

Impensável, não é mesmo, amigo leitor?

Algo semelhante ocorria com os judeus, ante a presença dos dominadores romanos. Abominavam tal situação. Havia freqüentes rebeliões, reprimidas com braço de ferro pelos representantes de César.

Leia mais...

 


A Doutrina Espírita nos ensina que Deus criou todos os espíritos, simples e ignorantes, sem conhecimento algum.

Deu a cada um deles uma missão com o fim de esclarecer e concedeu-lhes inúmeras existências e a oportunidade de adquirir conhecimento através de provas que lhe possibilitarão a evolução e perfeição ao longo deste aprendizado. Cada conhecimento adquirido não se perde e o espírito jamais retrocede. Pode estacionar, mas não retrocede..

Leia mais...

 

Diante de crimes hediondos, suicídios, tragédias provocadas (como atentados e sequestros dramáticos), a perplexidade domina os círculos da sociedade humana.

É importante, de início, já informar: ninguém nasceu predestinado a matar ou a matar-se. Matar ou matar-se são resultantes da liberdade de agir. Estamos todos destinados ao progresso e o desajuste das emoções, do equilíbrio, é o grande responsável por tais tragédias. Estamos absolutamente convidados à harmonia na convivência, à solidariedade nas iniciativas.

Leia mais...

 

A Revista Espírita foi uma obra com periodicidade mensal dirigida por Allan Kardec de janeiro de 1858 até abril de 1869. Embora tenha desencarnado em março de 1869, o professor havia deixado a publicação de abril daquele ano pronta.

Com frequência os assinantes da Revista Espírita pediam a Kardec para que sua publicação fosse semanal ou quinzenal. Objetivavam beber da literatura do sábio francês mais constantemente.

Leia mais...

 



Por Sandra Carneiro

Tudo o que somos, aprendemos e realizamos, todos os nossos sentimentos, aquilo, enfim, que compõem nossa individualidade, nos acompanha para sempre, mesmo depois de deixarmos o corpo físico. Nossas experiências, que constroem nossa memória, não residem no cérebro, em nosso corpo físico, mas sim em nossa consciência, em nossa mente, em nosso ser espiritual, por isso podemos afirmar que vivemos pela eternidade.

Leia mais...

 

Por: João Nunes Maia

Livro: Horizontes da Mente 

 

O contato da água no corpo provoca um estímulo magnético que percorre todo o organismo, deixando-o calmo, e preparando-o para o sono reparador ou para as lutas de cada dia.

O banho diário, quando encontra na mente apoio, torna-se um passe.

Além das virtudes curativas da água, enxertar-se-ão fluidos magnéticos, de acordo com a irradiação da alma.

Leia mais...



Joanna de Ângelis por Divaldo Franco

Sucedem-se, em volúpia surpreendente, os escândalos na sociedade contemporânea, que se sente aturdida sob o clamor das decepções e dos desencantos em escala crescente. Causando grande impacto a princípio, alcançam nível de acontecimento comum e trivial, quando o mais recente, sempre mais escabroso, diminui ou apaga as impressões perturbadoras do anterior.

São de todo jaez, tendo as suas raízes no egoísmo e na prepotência humana, decorrente do atavismo animal.

Leia mais...

 

Em 1962, Divaldo passou por uma grande provação, ficando vários dias sem condições de conciliar o sono, hora nenhuma, o que lhe trouxera

constante dor de cabeça. Numa ocasião, não suportando mais, quando Joanna lhe apareceu, ele lhe falou:

– Minha irmã, a senhora sabe que eu estou passando por um grande problema, uma grande injustiça, e não me diz nada?

Leia mais...

 


J. Raul Teixeira conta que certo dia ia a uma conferência numa cidade importante do Brasil, e ao dirigir-se para almoçar num restaurante, com os seus anfitriões, enquanto esperavam que o semáforo abrisse para atravessarem larga avenida, ele via uma mulher andrajosa ali ao lado, no caixote do lixo a procurar comida e a separar o lixo mais limpo do mais sujo.

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...