Cairbar SchutelCairbar Schutel nasceu no Rio de Janeiro a 22 de setembro de 1868.

Era filho de Antero de Souza Schutel e de D. Rita Tavares Schutel.
Frequentou o Colégio D. Pedro II.
No Rio praticou em diversas farmácias e aos 17 anos veio para o Estado de São Paulo, exercendo sua profissão em Piracicaba, Araraquara e depois em Matão, onde residiu 42 anos.

Foi um dos fundadores de Matão e seu primeiro Prefeito, trabalhando incansavelmente pelo progresso desta localidade, onde militou na política por alguns anos. Matão deve-lhe relevantes serviços. Católico romano por tradição, Cairbar Schutel muito fez pelo brilho dessa religião, com a sinceridade que caracterizou Saulo de Tarso.

Mas como essa religião não respondia às perguntas íntimas que Cairbar fazia com respeito ao seu falecido pai, procurou outras fontes de informação fora da Igreja. Nesse tempo residiam em Matão seus amigos Calixto Prado e Quintiliano José Alves, que convidados por Cairbar Schutel, fizeram com ele sessões de tiptologia com a trípode pequena mesa com três pés).


Foi então que, conhecendo que a vida continuava além do túmulo, estudou e abraçou o Espiritismo e dele se tornou um dos maiores propagandistas. Seu trabalho logo começou a aparecer: Fundou em 15 de julho de1905, o Centro Espírita Amantes da Pobreza*. Logo a seguir, a 15 de agosto desse ano, lançou à luz da publicidade "O Clarim", em formato pequeno, que logo se ampliou, atingindo sua tiragem a 10.000 exemplares nos últimos anos.

Além disso fazia propaganda da doutrina por meio de boletins e panfletos, fazendo ainda palestras doutrinárias nas cidades circunvizinhas, inclusive programas radiofônicos na antiga PRD-4 de Araraquara. Sua atividade não parou. Assim foi que, a 15 de fevereiro de 1925, fundou A Revista Internacional de Espiritismo dedicada aos estudos dos fenômenos anímicos e espíritas. Este mensário conta com a colaboração de eminentes mentalidades mundiais, circulando não só entre as suas congêneres.

Seu trabalho não se resumiu nessas duas publicações.
Apareceram de sua brilhante pena, os seguintes livros:

  • Espiritismo e Protestantismo, setembro de 1911;
  • Histeria e Fenômenos Psíquicos , dezembro de 1911;
  • O Diabo e a Igreja , dezembro de 1914;
  • Médiuns e Mediunidades, agosto de 1923;
  • Gênese da Alma, setembro de 1924;
  • Materialismo e Espiritismo, dezembro de 1925;
  • Fatos Espíritas e as Forças X..., maio de 1926;
  • Parábolas e Ensinos de Jesus; janeiro de 1928;
  • O Espírito do Cristianismo, fevereiro de 1930;
  • A Vida no Outro Mundo , outubro de 1932;
  • Vida e Atos dos Apóstolos, fevereiro de1933;
  • Conferências Radiofônicas , setembro de 1937.


Cairbar não dava só a sua inteligência em proveito do seu próximo.
Oferecia o seu coração socorrendo os pobres e os enfermos com grande dedicação.
Após curta enfermidade faleceu em Matão, dia 30 de janeiro de 1938, às 16:15 horas. Fonte: www.oclarim.com.br


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...