Ismael Gobbo é o idealizador do Informativo “Notícias do Movimento Espírita”.

Tem 64 anos, é aposentado como Auditor da Receita Federal.

Reside em Araçatuba, no interior de São Paulo, é casado e tem quatro filhos.

Atualmente se dedica às tarefas espíritas e ao Informativo “Notícias do Movimento Espírita”.

Em entrevista exclusiva concedida ao site do Instituto Chico Xavier, Ismael nos conta como tem sido sua participação no Movimento Espírita e sobre a criação do Informativo “Notícias do Movimento Espírita”, que vem sendo divulgado por todo o Brasil e vários outros países.

Para conhecer mais sobre Ismael Gobbo, podem acessar seu blog http://ismaelgobbo.blogspot.com

Qual o nome de seus pais?

Pedro Gobbo, desencarnado no ano de 1991 com 75 anos e Auzilia Chessa Gobbo, com 85 anos, residente em Santa Rita do Passa Quatro, SP.

Em qual cidade nasceu e qual reside atualmente?

Nasci na cidade de Araçatuba, SP, aos 26 de dezembro de 1947, e nela resido.



É casado? Qual o nome de sua esposa e dos filhos?

Sou casado duas vezes. Do primeiro casamento tenho os filhos Matheus e Prícia.
Do segundo, com Aparecida de Fátima Michelin, tenho os filhos Lucas e Laura.

Qual a sua profissão? E qual exerce atualmente?

Sou formado em Administração de Empresas e Direito. Exerci a função de Auditor da Receita Federal na qual me aposentei. Advoguei por algum tempo e presentemente estou me dedicando às tarefas espíritas e aos afazeres particulares que incluem os cuidados com dois filhos adolescentes.

Você é espírita há quanto tempo?

Posso dizer que sou espírita de berço porquanto meus pais iam ao Centro Espírita desde quando era muito pequeno. Muitas vezes me carregaram no colo, sobretudo quando voltávamos das  reuniões noturnas .

Como você conheceu a Doutrina Espírita?

Como disse desde tenra idade. Minha mãe recém casada sofria de doença de ouvido muito atroz que a medicina não conseguia resolver. Foi no Centro Espírita Amor e Caridade, em Birigui, que encontrou a cura pela intervenção de Dona Linda Dias de Almeida, uma excelente médium e um  dos grandes vultos do Espiritismo na nossa região Noroeste.

A qual Casa Espírita você é vinculado?

 

Presentemente freqüento a Aliança Espírita Varas da Videira à qual estou vinculado desde o ano de 1981.


Qual a colaboração que presta em sua Casa Espírita?

Já passei por vários cargos, inclusive por alguns mandatos de Presidência da qual sai no mês de agosto de 2011. Fora isto eu dirijo reunião pública, ministro módulo do ESDE, faço sopa e outros serviços para os quais sou solicitado.

Você é orador? Há quanto tempo e como iniciou este trabalho?

Se sou orador na acepção do termo não sei. Mas falo desde a mocidade espírita na qual comecei no ano de 1964 na companhia de Antonio César Perri de Carvalho que hoje é o Secretário Geral do CFN da FEB.

Você é estudioso da Doutrina Espírita?

Sim e sobretudo das obras básicas e de obras psicografadas por Chico Xavier e Divaldo Pereira Franco. Lamento estar tendo pouquíssimo tempo para leitura. Mas as obras básicas eu estudo e pesquiso praticamente todos os dias. Supro a falta de leitura diretamente nos livros com pesquisas na Internet à qual eu estou ligado o dia todo. O trabalho de divulgação me obriga a isto.

Como vê o crescimento da Doutrina Espírita nos dias de hoje?

A Doutrina Espírita cresce de forma esplêndida não só no Brasil como no mundo todo. O que mais me chama atenção são as lideranças do movimento espirita no exterior composta sobretudo por brasileiros que aqui nasceram, se prepararam adequadamente e atenderam ao chamamento superior para difundir o Espiritismo pelos diversos rincões do nosso planeta Terra. Um verdadeiro tabuleiro de xadrez manipulado magistralmente pela espiritualidade. Fora isto é notório o impulso que a tecnologia da informação vem permitindo e que os espíritas estão sabendo aproveitar com muita eficiência.

Em sua opinião, porque atualmente as pessoas estão em busca dos conhecimentos que a Doutrina Espírita tráz?

Porque todas as criaturas tem problemas e buscam respostas para suas mais intimas indagações. O Espiritismo é uma doutrina aberta, expõe os motivos dos nossos sofrimentos, alerta-nos sobre a responsabilidade que temos perante a vida, perante o nosso próximo e perante Deus. Não condena ninguém, tal qual fez Jesus, mas diz-nos que precisamos lutar por dominar nossas inclinações infelizes, nos moralizarmos, vencermos os nossos defeitos e imperfeições. Justamente por dar esse acolhimento racional e caridoso é que as criaturas acabam se simpatizando com os seus postulados. Daí o trabalho de Atendimento Fraterno ser dos mais importantes na Casa Espírita.

Você acha que o Movimento Espírita está sendo bem divulgado atualmente?

Eu acredito que o Movimento Espírita seja dos que mais sabe promover a divulgação. Só quem não acompanha não enxerga. As obras espíritas vem sendo vertidas para todos os idiomas mercê de um trabalho bem direcionado pelo CEI –Conselho Espírita Internacional. O Movimento está se organizando em todos os países como acima ressaltamos, por trabalhadores muito comprometidos. O Movimento é respeitado pela grande mídia. Embora não conte com recursos para comprar horários nobres na TV, o Movimento Espírita tem sabido trabalhar bem com a mídia. As participações em entrevistas, as novelas e reportagens com temáticas espíritas, o cinema e a imprensa de uma forma geral tem dado muito espaço para o Espiritismo. Uma novela da Globo em horário nobre falando de Espiritismo supera qualquer tipo de mídia paga. Ademais os espíritas tem usado outros mecanismos eficientes como é o caso da Internet. Veja quantas palestras, seminários, congressos, entrevistas, etc.., vem sendo veiculados por canais da Web. Na forma como vem ocorrendo eu imagino que daqui a pouco todos os Centros Espíritas vão transmitir suas palestras e estudos ao vivo pela Internet. Aliás, eu acho que todos nós temos que equipar as Casas espíritas para isto, como já vem acontecendo com muitas delas, e cito como um dos exemplos a Rádio Ceac de Bauru.

Como está o crescimento da Doutrina Espírita em outros países?

Como já pudemos mencionar, abnegados irmãos estão desbravando o Movimento Espírita naqueles países. E pela informação que temos, em condições muito difíceis por falta de recursos.  O orador Richard Simonetti nos disse esta semana que na Europa o Movimento Espírita ainda é precário e tocado em maior parte por brasileiros. Menciona Richard que falou em Londres  num Centro Espírita que durante o dia funciona como brechó para pagar o aluguel. E tudo na base do voluntariado. Brincando Simonetti falou-lhes que  “irão para o Céu direto, sem estágio no umbral”. E nós aqui com tantas facilidades muitas vezes reclamamos. Eu tenho uma admiração muito grande por esses companheiros que abrem corajosamente os caminhos por onde o Evangelho de Jesus haverá de triunfar.

Você criou o Informativo “Notícias do Movimento Espírita”. Como iniciou este trabalho e há quanto tempo?

Já faz muito tempo. De inicio eu repassava noticias que a USE/SP postava no seu site. Tive um bom aprendizado com o amigo de longa data, Antonio Carlos Amorim. Depois o Amorim precisou deixar aquele trabalho de atualização do site e eu não tive outra opção senão a de prosseguir com a ajuda de colaboradores amigos que nos enviam as  informações. Acabamos formando uma equipe espalhada pelo Brasil e por outros países que além de nos fazerem chegar as noticias, repassam o email denominado “Noticias do Movimento Espírita”. Temos também blog e site de hospedagem desses emails. A forma email se nos mostrou a mais eficiente, porque fazemos num único texto eletrônico uma síntese de notícias acompanhadas por artigos de vários amigos colaboradores. O site e Blog nem sempre as pessoas tem tempo para acessar. O email chega condensado e procuramos dar um visual que o torne mais palatável.

Qual o objetivo deste Informativo?

O objetivo principal é mostrar como os espíritas vêm trabalhando. As iniciativas de uns, desperta o interesse em outros. Tudo é importante. Saber dos oradores, dos temas, das iniciativas dos órgãos de unificação, das Casas espíritas, etc. A divulgação de uma palestra ou conferência não tem o escopo apenas de tentar atrair público para aqueles eventos, mas também mostrar do que se trata e fomentar iniciativas para que outros venham a copiar o que é bom. Aos poucos estamos nos inteirando de tudo o que acontece no movimento espirita a nível global. A Internet é o mais poderoso meio de comunicação da atualidade. Os canais de TV, jornais, revistas, etc, estão alertas com o poder de penetração desse mais democrático, ágil e barato meio de  comunicação.

O Informativo “Notícias do Movimento Espírita” está sendo divulgado em âmbito nacional e Internacional. Como você entende este crescimento?

Sim, aos poucos fomos espalhando os emails pelo Brasil e pelos principais redutos espíritas do exterior. Formamos essa rede muito eficiente que trabalha em mão dupla. Recebemos as informações e nossos companheiros ajudam a repassar. Embora o trabalho chegue a ser meio cansativo em determinados momentos, é extremamente gratificante e nos impele a melhorar cada vez mais.

Você tem encontrado preconceito por estar realizando este trabalho de divulgação?

É raro alguém pedir para excluir seu endereço da nossa relação que ultrapassa os seis mil destinatários diariamente. E olha que com o repasse por várias dezenas de colaboradores, esses seis mil podem virar trinta mil ou mais. E eu já falei com a Gislaine Pascoal Yokomizo, que me ajuda diariamente no trabalho de postagem e envio, que, a cada um que pedir exclusão,  incluiremos no mínimo vinte para substituí-lo. É o que eu sempre faço. Já houve vez que um pediu a exclusão e eu coloquei mais cem na listagem como forma de não me deixar desanimar.

Com este trabalho de divulgação, você tem contato com confrades de todo o Brasil e fora dele, como se sente ao ver seu trabalho tendo uma divulgação tão ampla e com tanto sucesso?

Eu sou uma pessoa muito pé no chão com relação a sucesso. Posso dizer que tenho sido invulnerável nesse particular. Sou discreto, não gosto de badalação e tenho como único ingrediente que me faz realmente bem é cultivar a amizade com os meus amigos. Nada supera essa troca de palavras amigas, incentivo, amizade sincera, ainda que de forma virtual. Eu agradeço a Deus é pelos amigos que tenho. Eu não tenho essa de necessidade de receber massagem do ego. O que temos mesmo é que trabalhar. E agradecer a Jesus, o administrador de tudo isto, pela oportunidade que nos propicia de adentrar os portões de sua Seara. Agradar a Jesus deve ser nossa tônica. Infelizmente as vezes, alguns deslizes nos fazem ruborizar diante dessa figura majestosa que se chama Jesus. Como gostaria de ter sido um seguidor mais exemplar de Jesus.  Estou lutando para ver se um dia consigo chegar lá.

A Internet tem sido um grande meio de divulgação da Doutrina Espírita e as redes sociais tem colaborado em muito para a expansão da Doutrina espírita. Como você vê esta questão?

Como mencionei são ferramentas preciosas. Mas aqui vai um alerta. É preciso muito cuidado inclusive no aspecto legal. É preciso saber o que divulgar, como divulgar e enxergar as implicações que um trabalho desse nível pode suscitar. Estamos sempre no fio da navalha. Temos que relembrar sempre o chamamento de Jesus: “Orai e vigiai para não cairdes em tentações”. Nosso trabalho é nobre, mas temos que convir que é espinhoso. Alerto a mim primeiramente e aos companheiros que lutam pela divulgação para que analisem com critério todos os aspectos, sobretudo morais e legais. Temos que divulgar aquilo que seja útil e nobre. Temas que tragam confusão temos que evitar. Pelo menos esse trabalhinho meu, tenta sair fora de polêmicas que mais atrapalham que ajudam. Não divulgo artigos que ofendam outras religiões e nem de pontos de vistas que contrariam a Doutrina Espírita. Respeito o livre pensar, mas tento ser fiel aos preceitos espíritas e às diretrizes assinaladas pelo Evangelho de Jesus.

Na sua opinião, como as pessoas que tem acesso a Doutrina Espírita, podem ajudar com sua divulgação?
Temos que abrir espaço e isto pode ser desde a Casa espírita, como diretamente com os companheiros espíritas que gostam da divulgação. Para se ter uma ideia eu não conheço pessoalmente a grande maioria das pessoas que partilham comigo desse humilde trabalho.  Eu vou tentando me aproximar desses amigos e irmãos, e já vou dando um jeito deles participarem. É um trabalho de aproximação onde eu me coloco na posição daquele que mais tem obrigação de tomar a iniciativa.

Deixe suas últimas palavras para os leitores de nosso site.
Eu agradeço imensamente a paciência, a tolerância e a caridade que tenho recebido de pessoas tão queridas. Sempre dirijo meus pensamentos a Deus pela oportunidade de ter angariado tantos amigos. Tenho certeza que as vibrações deles me ajudam a superar problemas que muitas vezes são sérios, sobretudo quando se tratam de problemas técnicos próprios dessa tecnologia que utilizamos. E eu oro todo dia por todos os colaboradores e leitores. Eu busco retribuir tanto carinho com a assiduidade, a seriedade e o comprometimento com o trabalho. As falhas existem, mas nunca por preguiça ou falta de vontade de acertar.


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...