Nesta  entrevista  ouviremos o  conhecido trabalhador espírita José Passini,  paulista  de  Nova  Itapirema,   cidade da região de  São José do Rio Preto  e  residente  em Juiz de Fora,  no estado de Minas Gerais. Culto, José Passini tem  formação em letras,  com mestrado e doutorado; conhece profundamente  o Esperanto e Italiano, matérias que lecionou na Universidade de Juiz de Fora, da qual foi  reitor de 1990 à  1994.

É coautor do Atlas Lingüístico de  Minas Gerais. Espírita de berço, é orador, dirigente, muito dedicado ao trabalho de Evangelização Infantil, articulista de vários  órgãos da imprensa espirita e militante no movimento de  unificação.  Além   dessas   atividades, que  não são poucas, a que  vem dando  mais destaque a José Passini é a que desenvolve  analisando as  obras  que  são divulgadas  e comercializadas como  espíritas, emitindo  pareceres   preciosos sempre  em consonância com  o Evangelho  de Jesus e as obras da  Codificação  Espírita,  apontando  neles  incoerências  ou deturpações doutrinárias.

Caro confrade José Passini, pedimos que nos faça sua auto  apresentação.
Ismael, nasci em Nova Itapirema, no estado de São Paulo, em 1926. Resido em Minas desde 1950. Sou  casado com Norma de Mendonça Passini e tenho seis filhos consanguíneos e três não-consanguineos, dez netos e uma bisneta.

Qual a sua formação acadêmica e profissional?
Sou licenciado em Letras pela Universidade Federal de Juiz de Fora, Mestrado em Língua Portuguesa pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro e Doutorado em Lingüística pela Universidade Federal do Rio de Janeiro.

De que forma conheceu o Espiritismo e desde quando o frequenta?
Minha família já era espírita desde a minha infância.

A que casa espírita está vinculado presentemente?
Grupo de Estudos Espíritas Garcia. Colaboro no Departamento de Evangelização da Criança, da Aliança Municipal Espírita de Juiz de Fora

Por favor faça-nos uma resenha de sua participação  no movimento espírita.
Diretor da Escola Espírita de Evangelização Infantil do Centro Espírita União, humildade e Caridade.
Presidente da Aliança Municipal Espírita por duas vezes.
Presidente do Centro Espírita União humildade e Caridade.
Presidente do Instituto Jesus (Obra de amparo a menores carenciados)

Como tem visto a crescente divulgação do Espiritismo pelos mais diversos meios?
Com um misto de alegria e tristeza, diante de muitas pessoas doutrinariamente despreparadas e de outras oportunistas, que veiculam mensagens contrárias àquilo que aprendemos com Kardec e através da mediunidade equilibrada, principalmente de Francisco Cândido Xavier.

Quanto ao movimento espírita acha que vai bem?
O termo Movimento Espírita é muito amplo. Se focalizarmos a FEB e algumas entidades, sim. Mas há aquelas que se descuidam dos princípios básicos da Doutrina.

Temos visto vários trabalhos de sua lavra contendo analise critica de vários livros. Desde quando iniciou esse trabalho?
Há menos de dez anos, infelizmente. Digo infelizmente porque acho que se tivéssemos, nós espíritas, começado a analisar algumas obras que foram sendo publicadas, teríamos desencorajado aventureiros – encarnados e desencarnados – a publicarem verdadeiros atentados que vemos atualmente publicados, que não só atentam contra a parte doutrinária, mas também contra a ética, a nobreza e mesmo a dignidade da mensagem espírita.

O que o levou a essa atividade?
O estarrecimento de que fui tomado, quando vi certas obras serem passadas ao público em estabelecimentos espíritas dirigidos por pessoas inconscientes da responsabilidade inerente aos cargos que ocupavam.

Quantos livros já analisou?
Até agora, vinte e dois.

Como tem sido a resposta de suas criticas por parte dos autores?
Sempre remeto a crítica ao Autor. Quando não tenho seu endereço, o faço através da editora. Só uma vez recebi resposta do Autor, que me chamou de obsidiado, de inquisidor, etc.

E do público?
Já recebi – apenas algumas – mensagens de irmãos conclamando-me à observação da caridade, da benevolência, do amor ao próximo. Mas nem um – nem um mesmo – até hoje, mostrou-me um ponto sequer em que incorri em erro, ou em que fui injusto. Só manifestações de alto pieguismo. Afinal, é cômodo “deixar pra lá...”

As suas criticas literárias tem sido divulgadas de que forma?
É uma falha no Movimento Espírita a falta – em suas publicações – de uma coluna para análise. A crítica literária é comum no meio laico, mas os espíritas, de modo geral, acham que você discordar do trabalho ou da opinião de um autor é feri-lo moralmente, é faltar com a caridade, etc. Ainda não aprendemos a separar a obra do autor.Envio minhas análises a irmãos cujos e-mails tenho. Alguns colocam-nas na internet. Eu mesmo não tenho blog ou coisa que o valha.

Antes de divulgá-las tem procurado conversar com os autores?
Sim, mas, como já disse, só obtive uma resposta, por sinal agressiva, sem responder aos questionamentos levantados. Acontece que minhas análises são feitas quando milhares de exemplares do livro já foram publicados. Os Autores deveriam – se realmente agissem com o intuito de colaborar – submeter seus originais a irmãos capazes de opinar, ajudando-os a verificar possíveis falhas em suas obras, mas não o fazem.

Algo mais que queira acrescentar?
Argumentando sobre a necessidade de análise, escrevi três artigos que foram publicados na imprensa espírita. Vou anexá-los a esta resposta.

Por: Ismael Gobbo Fonte: http://www.noticiasespiritas.com.br/2012/OUTUBRO/20-10-2012.htm


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...