Carlos Signei de SouzaEfeitos físicos que renovaram um caminho - Fenômenos com assédios espirituais levaram ao conhecimento espírita

Espírita desde 1994 e natural da cidade de São Paulo, onde reside, nosso entrevistado viveu intenso assédio de fenômenos físicos dentro da própria residência, até procurar ajuda e entender o que se passava. Industrial e formado em Administração e Marketing, atualmente integra o Centro Espírita A Caminho da Luz, da capital paulista, e integra o Conselho Diretivo da instituição. Sua experiência com os espíritos o libertou do sofrimento a que se viu exposto.

1 - Qual foi a experiência mediúnica que o levou ao Espiritismo?
Não posso dizer que em um primeiro momento foram as experiências mediúnicas que me levaram ao Espiritismo,visto que elas aconteciam e eu extremamente cético não lhes dava importância alguma. A dor de todo tipo por perda material e profissional foi o primeiro despertar; depois, com a intensidade dos fenômenos não houve como negá-los.

2 - E como elas ocorriam? Durante quanto tempo?
Os fenômenos aconteciam de todas as formas: espíritos perambulavam pela casa fazendo barulhos, sons de passos, com maior intensidade no meu quarto,onde eu era lançado da cama em direção a parede, pressão na garganta simulando semelhança de enforcamento durante a noite, bater de panelas,pratos, talheres na cozinha, que ficava na parte térrea do obrado.Minha filha mais nova, ainda de colo, gritava assustada com o assedio de entidades trevosas  que eu percebia apenas por meio das emanações de energias negativas e vultos escuros.Tudo isto durou por quase 4 anos de intenso assedio e praticamente com a perda de todas as posses materiais, procurei ajuda.

 

3 - Outras pessoas também presenciavam os fenômenos?
Com exceção de minha filha do meio (três filhas) todos da casa ouviam,sentiam,viam acontecimentos fenomênicos. Houve uma passagem interessante em que recebi em minha casa a visita de um amigo. Tomávamos um vinho na sala e este amigo me perguntou o que estava acontecendo na parte superior do sobrado, pois era uma barulheira intensa de passos, como se lá em cima estivessem dezenas de pessoas. Então lhe expliquei que não havia ninguém e mesmo que houvesse não daria para ouvir porque a laje do sobrado era daquelas antigas com quase vinte centímetros de espessura. Pedi à esposa que subisse e andasse com firmeza,os barulhos pararam, sem ouvir sequer seus passos. Então falei pra ele: os espíritos se aquietaram. Este amigo nunca mais voltou. E realmente, quando a esposa subia no andar superior os barulhos cessavam.

4 - Quais foram suas providências para sanar o inconveniente?
Um vizinho que era espírita e médium, via espíritos grudados a uma grande mangueira que havia na frente do terreno. Procurei aproximar-me das atividades de um centro espírita, mas só o consegui na quinta tentativa, pois sempre havia um obstáculo a vencer no dia da reunião: o carro quebrava, acidentes não deixavam chegar a tempo,bateria arriava. Quando conseguimos finalmente chegar a um Centro, fui atendido e submeti-me ao tratamento recomendado. O esforço foi longo, anos a fio, acredito que foram uns seis anos.

5 - E foi pesquisada a possível origem dos fenômenos naquela residência?
Não houve uma pesquisa oficial, mas depois acabei lembrando que quando era jovem,15 anos,eu tive uma amiga que morou nesta casa e que achávamos que havia sumido,mas ela estava enclausurada no quarto (meu quarto da casa) sendo feita refém por 30 dias para experiências mediúnicas vulgares e vinculadas a prejuízos de terceiros. Quando eu comprei a casa não me lembrava de nada, o preço estava bom, mas a casa totalmente destruída, as pessoas que moravam lá pareciam paralisadas,não tinham animo para nada,tive que demolir parte da casa,pois três cômodos da frente estavam abandonados porque as telhas iam quebrando e ninguém subia para trocá-las.Não quis saber dos detalhes,os problemas já eram grandes demais.

6 - Quando você se aproximou do Espiritismo, pôde compreender o que antes lhe ocorria? E como o conhecimento espírita mudou o quadro em sua vida pessoal e familiar? 
A Doutrina Espírita foi a luz que me deu um novo olhar para os fenômenos e para o que acontecia na minha vida. Ela me transformou em uma pessoa  melhor. A demissão do meu trabalho, em que eu era um executivo bem sucedido, e que achava um ato injusto, foi a justa medida para mais tarde constituir minha própria empresa e que me dá a liberdade de horário para participar de um programa semanal na Radio Boa Nova e participar mais intensamente de todas as atividades filantrópicas e espirituais do Centro Espírita A Caminho da Luz, na capital paulista.Hoje estou divorciado, mas vivo uma relação saudável com a ex-esposa e as filhas, sendo todas trabalham comigo.

7 - E os fenômenos voltaram a ocorrer após o conhecimento espírita? 
Como eu falei anteriormente, foram quase seis anos de assedio. Os fenômenos acabaram,mas os conflitos íntimos na luta do auto-aperfeiçoamentos jamais cessam.

8 - Voltando no tempo, após todas essas experiências, o que lhe ocorre dizer? 
Não deixem acontecer com vocês o que aconteceu comigo,dei muito trabalho para que a espiritualidade me conduzisse para o meu devido caminho,que havia me comprometido na espiritualidade e esquecido por opções ilusórias de realidade. Quantos espíritos movimentados, quantos fenômenos produzidos para que eu voltasse ao caminho.

9 - Algo mais a acrescentar? 
Agradecimento, só agradecimentos, amigos especiais que me ampararam,aos médiuns que semanalmente me atendiam com carinho e atenção. A todos do Grupo Espirita Daniel,minha casa mãe,e aos meus amigos do A Caminho da Luz, aos mentores amigos que graças a Deus,não desistiram de mim.

10 - Suas palavras finais 
Hoje sou uma pessoa livre, para pensar, para viver, mas principalmente para estudar e viver a Doutrina Espírita. Que bom optar por Jesus quando não o buscamos por necessidade, mas simplesmente por gratidão.

Orson Peter Carrara -   O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...