Orson Peter CaIvanildo Fernandesrrara -  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo.

MIEP movimenta o Estado da Paraíba

Evento, em sua 39ª. edição, oferece programação de qualidade durante o carnaval

O Movimento de Integração Espírita Paraibano – mais conhecido por MIEP –, sempre realizado no período do carnaval, é abordado por nosso entrevistado. Ivanildo é Professor da UFCG, lotado no Departamento de Engenharia de Produção, Graduado em Desenho Industrial, mestre em Administração, Doutorando em Recursos Naturais. Nasceu em Patos e atualmente reside em Campina Grande, sede do evento, no conhecido estado nordestino. Vinculado à Associação Municipal de Espiritismo – AME-CG, atualmente no cargo de Diretor-Presidente, é espírita desde 1986.

1- O que é o MIEP? Quando começou a ser realizado? E foi fundado por quem?

O MIEP é um encontro que se realiza anualmente durante o período de carnaval, tendo como objetivo principal integrar a comunidade espírita, difundir e debater os temas relevantes e atuais, abordando aspectos referentes à ciência, filosofia e religião e sobretudo divulgar o Evangelho de Jesus à luz da Doutrina Espírita.

O MIEP começou com um grupo de jovens espíritas de nossa cidade, liderado por Roberto Vilarim, presidente da então Liga Espírita Campinense, que na companhia de Santana Florindo, Paulo Robson, Ana Florindo, Silvio Nery, Antônio de Lima, José Nicolau de Araujo, buscavam uma alternativa de ocupação para o período das festividades do carnaval, já que naquela época a cidade ficava muito agitada, tendo o primeiro MIEP acontecido no ano de 1974, no Centro Espírita Varões do Senhor, com incentivo dos Srs. Luiz Tavares, Chico e Creuza da UFE.

2 - Nas edições que se somaram, a cada ano, o público foi aumentando gradativamente. Nas mais recentes edições, qual o público participante?

Segundo relato dos valorosos irmãos José Nicolau e Antônio de Lima, que estiveram presentes em todas as edições do MIEP, na primeira aconteceu com um público em torno de 20 pessoas que contava com a participação de jovens convidados de João Pessoa entre eles o então universitário José Raimundo de Lima que hoje é presidente da Federação Espírita Paraibana. Nos anos seguintes o público foi sempre crescente, o MIEP teve que peregrinar por várias escolas e instituições da cidade onde pudesse ser realizado, ainda hoje o MIEP não tem sede própria é realizado nas instalações de uma instituição espírita, associada da AME-CG. No último MIEP tivemos um público inscrito de 800, 130 no Miepinho e 120 no Espaço Adolescente e um público não inscrito, que diariamente vem nos visitar, totalizando próximo de duas mil pessoas.

3 - E a programação é sempre no período de carnaval? Em tempo integral?

E há atividades para jovens e crianças também? E o local para reunir tanta gente?

Conforme seus objetivos o MIEP sempre aconteceu no período de carnaval, funciona do sábado à noite, domingo, segunda e terça feira em tempo integral. O participante pode se inscrever em duas modalidades, simples ou com alojamento. Dispomos de cem leitos para pessoas que desejarem ficar internas no local do evento, com direito a refeição. A programação geralmente envolve os três períodos do dia, subdividida em atividades para crianças, com o Miepinho, para jovens no Espaço Adolescente e, a programação para os adultos.Toda essa programação é alocada em uma estrutura física  em três auditórios, sendo um com capacidade para 800 pessoas e outros dois para 300, seis salas para 80 pessoas, e ainda outras 6 salas do Miepinho, com 25 crianças cada, divididas por faixa etária.

4 - Quantas pessoas participam da estrutura para realização do evento? E são de várias instituições?

O MIEP é um evento realizado pela Associação Municipal de Espiritismo de Campina Grande (AME-CG), instituição representante da FEPB, tem a função de coordenar o movimento espírita na cidade e no compartimento da Borborema, congrega 28 centros espíritas somente em Campina Grande e de todos eles enviam seus colaboradores para darem suporte logístico no planejamento e na operacionalização do MIEP contamos anualmente, em média, com duzentas e cinqüentas pessoas que colaboram durante o evento, com os trabalhos de secretaria, organização e programação, divulgação, evangelização de crianças e jovens, cozinha e refeitório, limpeza, apoio nos auditórios, cantina, livrarias, apoio mediúnico e vibração, apoio aos alojamentos e, dependendo da estrutura da programação em outras atividades diversas.

5 - E como é definida a programação anual? Que critérios obedece?

Existe uma equipe de programação, constituída por membros escolhidos de uma comissão colegiada, formada por representantes das casas espíritas, dirigida pelo presidente da AME-CG, esta comissão é responsável por discutir e deliberar sobre todos os assuntos relacionados ao evento, desde escolha do tema central de cada ano, a escolha de palestrantes convidados, escolha de temas de palestras e todas as atividades da programação. O critério número um, é seguir os princípios da Doutrina Espírita, é seguir Kardec e as obras subsidiárias, principalmente André Luiz e Emmanuel.

6 - Qual a programação de 2012? Em que data e local? E quais os contatos para inscrição?

A programação do 39º MIEP iniciará com um Seminário de Lançamento feito por André Luiz Peixinho nos dias 4 e 5 de fevereiro de 2012 e continuará com a programação de 18 a 21 de fevereiro de 2012, terá como tema central “Reencarnação: é preciso nascer de novo!. A programação constará de 12 palestras, 6 seminários e 2 painéis.  Contará com a participação de Haroldo Dutra Dias (MG), Frederico Menezes (PE), Severino Celestino da Silva (PB), Décio Iándoli Júnior (SP), Liszt Rangel (PE), Orson Peter Carrara (SP), Rossandro Klinjey (PB) e possivelmente André Trigueiro (RJ). No Espaço Adolescente e no Miepinho a temática central é a mesma. Todos os detalhes da programação e a realização da inscrição podem ser melhor visualizados  no site da AME-CG:www.ame.miep.com.br., maiores informações poderão ser tiradas pelo e-mail:  O endereço de e-mail address está sendo protegido de spambots. Você precisa ativar o JavaScript enabled para vê-lo. , ou nos fones: Paula (83)  88424892 , Ivanildo 83 9972-4283 e 88474446.

7 - Qual a experiência mais marcante que tem ficado dessa realização anual?

Durante os anos que colaboramos no MIEP, já presenciei muitos momentos de superação, mas o que mais deixa marcas, sem sombra de dúvidas é o apoio da espiritualidade superior, que nos garante o suporte espiritual e o sustentáculo até físico. E como gosto de brincar com nossos colaboradores, “os trabalhadores do MIEP são como laranjas, quanto mais se aperta, mais dão sumo, mesmo que no final fiquemos fisicamente só o bagaço” mas espiritualmente estamos renovados para mais um ano de tarefas nas nossas casas espíritas. O MIEP é um celeiro de espiritualidade e de renovação espiritual.

8 - Quais as maiores dificuldades encontradas?

Sem mistério algum o lado financeiro, é o fator de maior limitação, já que o evento é caracterizado por sua independência financeira, por ser autosustentável graças à socialização dos custos por meio das inscrições, cujos valores são socialmente adequados e a doação de espíritas generosos. Não recebe auxilio financeiro de instituições governamentais ou políticas, por entendermos que André Luiz recomenda “Abster-se de subvenções governamentais de qualquer procedência para aplicação em movimentos exclusivamente doutrinários, que não apresentem características de assistência social” e por entendermos que devemos manter o Espiritismo sem compromissos políticos, sem profissionalismo religioso. Mesmo tendo ajuda de espíritas valorosos, será necessário, ainda, despertar nos demais irmãos espíritas econômica e financeiramente equilibrados, o desapego, o altruísmo, e a maior proatividade em ajudar o movimento espírita como um todo, ajudando com a direita sem que a esquerda veja.

9 - E a cada ano há material gravado para posterior divulgação? Como fazer para adquirir?

Nos últimos quatro anos, toda a programação tem sido registrada em vídeo, para manter em arquivo histórico e para venda aos interessados, o que tem rendido alguns recursos para o próprio evento e este material poderá ser solicitado no nosso site, ou por e-mail.  Destacamos que todos os nossos DVDs dos últimos dois anos foram disponibilizados para a TVCEI, e em 2011 a programação do auditório principal foi integralmente transmitida pelo site da TVCEI.

10 - Algo mais que gostaria de acrescentar?

O crescente interesse da comunidade espírita e não espírita por este importante evento doutrinário e mais antigo da Paraíba é facilmente notado pelo contínuo crescimento no número de participantes inscritos e pessoas visitantes, durante todo o evento nas suas últimas edições e principalmente pela repercussão e crescimento do público espírita de outros estados. Hoje podemos dizer que o MIEP já não é só paraibano e nordestino é um evento para todos os brasileiros. Contamos com a participação de visitantes de vários estados.


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...