O que é o espiritismo?

 



A uma simples vibração do nosso ser, a um pensamento emitido, por mais secreto nos pareça, evidenciamos de imediato a faixa vibratória em que nos situamos, que terá pronta repercussão naqueles que estão na mesma frequência vibracional. Assim, atrairemos aqueles que comungam conosco e que se identificam com a qualidade de nossa emissão mental.

Através desse processo, captando as nossas intenções, sentindo as emoções que exteriorizamos e “lendo” os nossos pensamentos é que os Espíritos se aproximam de nós e, não raro, passam a nos dirigir, comandando nossos atos. Isso se dá imperceptivelmente.

Leia mais...


Por: Ana Cristina Sampaio

Em abril de 2017, o mundo, e especialmente o Brasil, comemora os 160 anos de um dos livros mais controversos e polêmicos já editados: O Livro dos Espíritos, codificado pelo francês Alan Kardec, pseudônimo do educador Hippolyte Léon Denizard Rivail, que nasceu em Lyon, em 1804, e morreu em Paris, em 1869. Discípulo de Pestalozzi, foi um dos pioneiros na pesquisa científica de fenômenos paranormais e é considerado o pai do Espiritismo.

Leia mais...

 

“Qual é a missão do Espírito protetor?
– A de um pai sobre seus filhos: guiar seu protegido no bom caminho, ajudá-lo com seus conselhos, consolar suas aflições, sustentar sua coragem nas provas da vida.”

Leia mais...


Nossos pensamentos são também fluidos que emanamos pela força mental que vezes carregam nossas emoções e assim, lançadas no espaço acabam criando as chamadas formas pensamento.

As formas pensamento por nós emitidas são capazes de alcançar pessoas, lugares, animais; costumamos ouvir que as preces emitem energia de amparo e amor a quem se destina e é acertada a afirmação.

Pois há uma ligação formada pelo pensamento e a pessoa a que se destina, de forma consciente.

Leia mais...



Quando um Espírito, já harmonizado na Vida Espiritual, recebe uma autorização Superior para nos visitar na Terra, naturalmente, não trará qualquer malefício aos encarnados. Sua presença carinhosa poderá apenas despertar “lembranças” nos familiares mais sensíveis que poderão sentir-lhe a presença.


Mas a questão é que muitos dos nossos entes queridos, após desencarnarem, não se desvinculam do ambiente doméstico, podendo afetar negativamente aqueles que permanecem na experiência física.

Leia mais...

 

 

5. Há duas partes distintas na lei de Moisés: a lei de Deus propriamente dita, promulgada sobre o Sinai, e a lei civil ou disciplinar, apropriada aos costumes e caráter do povo.

Uma dessas leis é invariável, ao passo que a outra se modifica com o tempo, e a ninguém ocorre que possamos ser governados pelos mesmos meios por que o eram os judeus no deserto e tampouco que os capitulares de Carlos Magno se moldem à França do século XIX. Quem pensaria hoje, por exemplo, em reviver este artigo da lei mosaica: “Se um boi escornar um homem ou mulher, que disso morram, seja o boi apedrejado e ninguém coma de sua carne; mas o dono do boi será julgado inocente”? (Êxodo, 21:28 e seguintes.)

Leia mais...

 

01 - PENITÊNCIA
É chegado o tempo da quaresma, período de quarenta dias que antecede a data mais importante para o cristianismo: “A morte e a ressurreição de Cristo”.

Nesta época, os cristãos em sua maioria, são convidados à reflexão espiritual promovendo uma renovação sincera de atitudes. Para os católicos, faz-se necessário a oração, a penitência e a caridade para o encontro com Deus, tempo de preparação para a Páscoa.

No período quaresmal é muito comum nos depararmos com pessoas cumprindo promessas, jejuando e fazendo penitências. Os fiéis mais tradicionais se abstêm do consumo da carne vermelha, outros passam os quarenta dias sem cortar o cabelo e a barba, enfim, não raro são aqueles que realizam algum tipo de sacrifício neste período.

Leia mais...

 

Escritora Dothy Jan 24, 2017

Muitos espiritas estão desencarnando em situações deploráveis, recebendo socorro em sanatórios no Plano Maior da Vida em virtude das péssimas condições morais e psíquicas em que se encontram.

Este quadro é descrito com muita propriedade no livro Tormentos da Obsessão, de Manoel Philomeno de Miranda, psicografado por Divaldo Pereira Franco, que traz informações edificantes para nós, espíritas, sobre a importância de um bom desempenho de nossas funções, assumidas ainda no Mundo Espiritual.

Leia mais...

 



Por: Orson Peter Carrara

O leitor naturalmente já ouviu falar de determinados pontos comerciais de nossas cidades onde nada dá certo. Também não é novidade para ninguém o famoso “pisar em brasas sem queimar os pés” durante a temporada das conhecidas festas juninas espalhadas pelo país. Ou mesmo de acidentes onde morre muita gente e onde sempre há um sobrevivente que nenhum arranhão sofreu… Ou ainda de lugares que parecem atrair acidentes, tragédias. E até de determinadas datas ou coincidências em que o folclore popular atribui poderes de onde se originam lendas e tradições populares, culminando muitas vezes com a nomeação de lugares ditos “assombrados”. E também há a questão das cirurgias espirituais sem anestesia, sem dor ou sangue e muitas vezes com cicatrização imediata.

Há também o tema dos “benzimentos”, “leitura” das linhas das mãos, etc., etc.
Assuntos interessantes estes. Mas o que a Doutrina diz destes fatos?

A fé na ação magnética

Leia mais...

 



Apesar desta analogia por suas confluências, sabiamente percebida por Kardec, são coisas diferentes, com alguns pontos discordantes.

É preciso um discernimento apurado, para distinguir uma da outra ou de coisa nenhuma, pois nem todos os pensamentos que nos chegam provém dos Espíritos, sejam bons ou maus, porque possuímos nosso livre arbítrio para pensarmos o que quisermos e serão eles que irão atraí-los, pelos nossos diversificados padrões vibratórios, embora tenhamos sempre a tendência de atribuirmos aos Espíritos, todos os nossos pensamentos, sejam inspirações ou intuições.

Leia mais...

 



Causas do temor da morte :

1 - O homem, seja qual for a escala de sua posição social, desde selvagem tem o sentimento inato do futuro; diz-lhe a intuição que a morte não é a última fase da existência e que aqueles cuja perda lamentamos não estão irremissivelmente perdidos. A crença da imortalidade é intuitiva e muito mais generalizada do que a do nada. Entretanto, a maior parte dos que nele crêem apresentam-se-nos possuídos de grande amor às coisas terrenas e temerosos da morte! Por quê?

Leia mais...


Cadastre-se em nosso informativo
  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

 

Pesquisa

Receba o Informativo

  1. Nome
    Digite o seu nome
  2. Email(*)
    Digite o seu email
  3. Captcha
    Captcha
      RefreshInvalido

PodCast do Miécio

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

PodCast Espirita no. 20 - Obsessão, desobsessão

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/ooZ0N1)     No...

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

PodCast Espirita no. 19 - Mudanças na terra, como agir?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/LT27eq)     No...

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

Podcast no.: 18 - Deficiências, por quê?

  .. Download   No computador     Download mp3 (https://goo.gl/5V1Vug)     No...