HomeInformativoArtigosImportância do Estudo no Centro Espírita
Quinta, 24 Outubro 2019 19:11

Importância do Estudo no Centro Espírita

O Centro Espírita não é simplesmente um templo religioso onde os adeptos do Espiritismo ali comparecem para rituais de devoção, como a oração (prece), o passe e assim por diante.

É, na verdade, instituição social que possui várias características:

1 - é hospital, quando atende as pessoas que o procuram, e que carregam consigo males físicos (saúde) e espirituais (obsessão), encaminhando-as para as terapias disponíveis;

2 – é escola, quando esclarece os porquês das aflições e prepara as pessoas para compreenderem a imortalidade da alma, a reencarnação e outros princípios que constituem o Espiritismo, e sua aplicação à vida;

3 – é templo, quando oferta a condição da fé raciocinada, a crença em Deus e os serviços da caridade, fazendo das pessoas verdadeiros homens de bem.Essas três características do Centro Espírita estão sempre em constante interação, por isso ele deve ser visto, como já afirmava o apóstolo Paulo com relação às igrejas cristãs, como uma instituição viva, dinâmica, atendendo as necessidades espirituais das pessoas e ofertando-lhes uma gama de serviços que façam como que essas pessoas cresçam moralmente, tendo um novo entendimento sobre a vida.

Vamos, neste texto, destacar a característica de escola do Centro Espírita e, mais especificamente, de provedora da oportunidade de conhecimento sobre o Espiritismo e a aplicação dos seus princípios ao viver cotidiano.

Quando dizemos que o Centro Espírita é também uma escola, não estamos dizendo que suas dependências físicas tenham que copiar um prédio escolar, e nem que suas atividades doutrinárias tenham que seguir um modelo técnico escolar, pois o Centro Espírita não é uma instituição repassadora de conteúdos, no caso os doutrinários, e sim deve ser local onde o contato com a Doutrina Espírita provoca profundas reflexões, oportunizando participação ativa, consciente e o despertar de uma nova conduta social.

Isso só é possível se o Centro Espírita ofertar o estudo do Espiritismo, seja através do chamado estudo sistematizado, seja através de grupos de estudo. Em nosso livro Centro Espírita, Escola de Almas (Mythos Books), abordamos o assunto:“Quando Allan Kardec lançou O Livro dos Espíritos, no ano de 1857, marcou logo nas primeiras páginas da introdução a imperiosa necessidade do estudo dos princípios do Espiritismo, com todas as suas consequências no campo do conhecimento humano.

Fazendo eco ao que conclamou na teoria, quando da fundação da Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, no ano de 1858, organizou-a de modo que todas as suas atividades dessem prioridade ao estudo dos ensinos espíritas, incluindo também as mensagens espirituais através da mediunidade”.Kardec, como bom pedagogo, sabia que os neófitos precisariam, antes de qualquer outra coisa, saber o que é o Espiritismo, quais seus princípios e como aplicá-los à própria vida.

Portanto, a Sociedade Parisiense de Estudos Espíritas, que foi o primeiro Centro Espírita do mundo, foi organizada de modo a prover para seus frequentadores, a oportunidade de conhecer através do estudo, até porque não se pode ser espírita sem o conhecimento do Espiritismo.

Devem os Centros Espíritas da atualidade seguir a proposta kardequiana, priorizando o estudo, como escola de almas, aqui entendendo não apenas o estudo sistematizado, os grupos diversos de estudo, mas igualmente a educação espírita infanto juvenil, os encontros doutrinários, os seminários sobre temas específicos, as reuniões públicas de palestra, os cursos de capacitação de trabalhadores para os diversos serviços prestados pela instituição, numa gama de serviços que facultem a qualquer pessoa, da criança ao idoso, o conhecimento do Espiritismo (teoria) e a aplicação do mesmo às diversas questões da vida (prática).

Ainda em nosso livro, acima citado, advertimos:“Como alguém pode tornar-se médico? Estudando medicina em curso universitário. Como pode alguém se formar em engenharia? Cursando engenharia. E assim todas as profissões, ocorrendo o mesmo com as religiões, com as filosofias, com as ciências.

É, por conseguinte, o estudo do Espiritismo que nos torna espírita, porque seremos então conscientes daquilo que dizemos que somos.

Mas, como em todas as profissões, também no Espiritismo não basta apenas conhecer com profundidade a teoria, é necessário colocá-la em prática, quando teremos o verdadeiro espírita”.O Centro Espírita, através de seus dirigentes, deve levar os frequentadores das diversas modalidades de estudo doutrinário para o engajamento nas atividades de assistência e promoção social, nas atividades mediúnicas, nas atividades do passe e tantas outras atividades possíveis de serem implementadas, sempre de acordo com as bases doutrinárias encontradas nas obras de Allan Kardec, fazendo com que aquele que estuda possa, ao mesmo tempo, colocar em prática os ensinos espíritas, e não somente no âmbito da própria instituição, mas igualmente na vida pública, junto à família, no ambiente profissional , enfim, na vida de relacionamento com os outros, que são nossos irmãos, pois todos somos filhos de Deus.Finalizando nossas reflexões, transcrevemos mais um trecho de nosso livro a respeito do estudo doutrinário no Centro Espírita, convidando o leitor a pensar seriamente sobre esse tão importante assunto:“É importante o estudo do Espiritismo, pois a ignorância propiciada pela frequência ao Centro Espírita somente para se beneficiar do passe ou das manifestações mediúnicas, tem produzido inúmeros males, como o não saber o que é o Espiritismo, e o de introduzir-se práticas estranhas ao corpo da Doutrina, além de não realizar a renovação moral do ser humano, que assim não se transforma em homem de bem.

O Centro Espírita que não cuida do estudo do Espiritismo está distanciado da própria Doutrina, sendo uma pedra de tropeço na evolução da humanidade, embora não se lhe retirem os méritos pela prática da beneficência, que poderia ser muito mais eficaz se promovesse em seus frequentadores e colaboradores a compreensão legítima dos princípios espíritas”.

 

Por: Marcus De Mario

Escritor, Educador e Consultor.

Last modified on Quinta, 24 Outubro 2019 19:11

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato