HomeInformativoAtualidadesCultura das trevas
Domingo, 10 Fevereiro 2019 13:47

Cultura das trevas




Existe hoje no mercado literário espírita, muitas obras que falam sobre assuntos que depositam maior atenção a escuridão dos espíritos equivocados do que a proposta de edificação moral apontada por Jesus.

São obras que falam sobre trevas, sombras, abismos e apresentam uma versão dos espíritos perturbados e ou maldosos, como se eles fossem portadores de extrema tecnologia, inteligência e organização, passando para trás os iluminados que conduzem desde sempre o bom andamento da vida.

 

Claro que existem espíritos em todas as fases morais e intelectuais, afinal ai está a Lei do Progresso, garantindo com que tudo evolua e se desenvolva, mas depositar atenção demasiada aos que estão em escalas inferiores da evolução, é mais uma questão de afinidade do que de necessidade. São obras que se colocadas sobre as bases da Doutrina Espírita trazidas por Kardec, passam a ser no máximo histórias de ficção.

Podemos justificar a grande venda desses livros, da mesma forma que acontece com os filmes de violência ou terror, sabemos dos malefícios, mas acabamos assistindo por uma herança atávica de quando vivíamos na animalidade, cercados pela violência e conduzidos pela força bruta.

Quanto menos se estuda Kardec, mais se aproximam dessas ideias de valorização das sombras. Encontramos em “O Livro dos Espíritos” Allan Kardec questionando a respeito da dominação dos inferiores sobre nós e a resposta é clara: 474 - “Sem dúvida, e são esses os verdadeiros possessos. Mas, é preciso saibas que essa dominação não se efetua nunca sem que aquele que a sofre o consinta, quer por sua fraqueza, quer por desejá-la. Muitos epilépticos ou loucos, que mais necessitavam de médico que de exorcismos, têm sido tomados por possessos.”

Em boas palavras, quem está comprometido com a luz não tem por que temer as trevas, a situação é clara e desta forma deveríamos comprometer nosso tempo em obras edificantes e que nos remetam ao entendimento do Evangelho, do que as que falam de um mundo espiritual perturbado e capacitado, afinal, se fossem tão inteligentes e estruturados, estariam a serviço da luz.

Claro que temos as questões que envolvem as obsessões e demais influencia dos espíritos sobre nós, mas sem fantasias ou alegorias, apenas pelas leis de similitude e sintonia mental, já apresentadas desde Jesus.

Erasto em “O Evangelho Segundo o Espiritismo” apresenta a ideia de que: “somente lobos caem em armadilhas para lobos” e enquanto houver em nós resquícios de animalidade, violência ou outro, cairemos nas ilusões apresentadas pela cultura das sombras.

Lembremos, acima de tudo, de que na mesma obra citada acima, encontramos no Capítulo XVII, item 3 de que: “Reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que emprega para domar suas inclinações más”, ou seja, é comprometido com a luz e sem tempo a dedicar as trevas.

Concluo ainda com Kardec que nos informa que o Espiritismo traz o elemento regenerador da humanidade e será a bússola das gerações futuras (Revista Espírita - 1865 - OUTUBRO) assim, caminhemos para o bem para que o mal não nos envolva.

Por: Roosevelt Andolphato Tiago 

Last modified on Domingo, 10 Fevereiro 2019 13:48

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato