HomeInformativoArtigosA Minha Primeira Vez
Terça, 05 Abril 2011 20:09

A Minha Primeira Vez

De novo? Eu já a repelira uma vez, há uns dez anos. Agora lá vinha ela mais uma vez se insinuando, com aquele jeitinho sutil e faceiro. E não vinha sozinha! Chegava trazida pelas mãos generosas de dois dos meus melhores amigos: o casal Hugo e Cida Albuquerque. Mesmo correndo o risco de ser descortês com os meus amigos, novamente tentei repeli-la deixando claro que eu já estava com outra e em outra. Hugo e Cida, provavelmente para me deixar mais à vontade, foram embora e ficamos eu e ela. Era o que eu estava esperando para tentei livrar-me dela o quanto antes!

Por favor! Desculpe-me a sinceridade, mas entenda que eu não quero nada com você! Tenho outra e estou muito bem! Eu lhe disse.

Mas não exijo exclusividade e nem sou ciumenta! Conheça-me melhor e depois eu aceitarei a tua decisão, seja ela qual for! Ela respondeu.

Não posso ocultar que admirei-a pela persistência e olhei-a melhor, olho no olho, e já respeitando-a mais, muito mais, eu passei a examiná-la munido com a lupa de quem procurava defeitos que me fornecessem o pretexto que eu queria, para rejeitá-la definitivamente.

Enquanto conversávamos de forma sincera, aberta, eu a examinava e testava seus valores. Com certeza eu descobriria o suficiente para mandá-la ir embora e...

Mas ela era linda! Belíssima! Quando me olhava, parecia mergulhar no meu íntimo e mesmo quando descobria os meus defeitos, era bondosa o suficiente, para me encorajar a mudar e me fazer acreditar que seria possível sim, eu me melhorar!

Eu precisava de mais tempo para encontrar a desculpa necessária para mandá-la embora de vez! Tempo! Mais um tempinho e eu descobriria que... Nossa! Além de bela e bondosa era de uma coerência e de uma lógica que beiravam o absurdo!

Não! Ela não poderia ser tão perfeita assim... Eu iria estudá-la mais até descobrir que aquela perfeição, era apenas uma enganosa aparência. Com tantas e diferentes qualidades, provavelmente ela seria muito impositiva, exigente, dispendiosa... Como se adivinhasse meus pensamentos, ela disse-me nas entrelinhas:

Não! Eu não imponho, uma vez que adoro conscientizar! Não exijo, porque sem o livre arbítrio, qual seria o mérito em fazer algo apenas por que eu exigi? Dispendiosa? Também não, uma vez que a única coisa que realmente cobro, é que você assuma a responsabilidade de me dividir com as outras pessoas!

E a outra, minha querida? Aquela que, mesmo sem sermos muitos íntimos, está ligada à minha vida praticamente desde que nasci? Vou simplesmente descartá-la? Indaguei.

Ah! Você me chamou de querida? É um bom sinal...

– Chamei? Acho que escapou... Tentei despistar para não mostrar que os meus sentimentos já estavam no mais puro estado de ebulição.

– Eu não sou ciumenta e sugiro que inicialmente você fique com nós duas, procure nos conhecer bem e aquela que melhor atender aos teus anseios, será a tua escolhida. Seja imparcial e nos analise de forma desapaixonada, para poder decidir de forma coerente.

– Você parece estar muito segura! Provoquei.

– Eu não estou segura, eu sou! Porque se você decidir realmente com coerência, tenho certeza de que serei eu a escolhida! Ela respondeu com serenidade e sem qualquer sintoma de arrogância.

Aquilo me desnorteou profundamente e do fundo meu peito, agora totalmente descompassado pela felicidade que nascia, eu entreguei os pontos e lhe disse:

– Você é uma dádiva divina e eu agradeço a Deus por você ter aparecido na minha vida. Hoje, com a mais absoluta certeza, eu confesso que é A Minha Primeira Vez. A primeira vez que eu estou real e perdidamente apaixonado!

Perdidamente apaixonado por mim. Espero que você não confunda paixão com amor...

– Não! Foi só uma forma de expressão... É que você me fascina e...

– Fascino?

– Também não. O fascínio muitas e inadvertidas vezes, leva ao fanatismo e este é uma venda nos olhos da realidade e do equilíbrio. Não, meu querido, a grande e mágica palavra é... Amor!

– Amor! Então é isso! É exatamente este o sentimento que acelera as batidas do meu coração neste momento.

– Então, se você me ama,  não seja egoísta e não me queira apenas para si. Torne seus sentimentos públicos, para que outros também possam se apaixonar por mim.

– Está bem. Agora?

Agora. Grite bem alto. Grite,  para que o mundo te ouça.

– Eu te amo! Querida Doutrina dos Espíritos! Eu te amo!

Agnaldo Cardoso

NEAM - Olinda

Last modified on Terça, 12 Abril 2011 12:47

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Censuras




    Ler, pensar e refletir sobre os textos de Emmanuel é sempre oportunidade renovada de aprender continuamente. A capacidade de síntese desse notável benfeitor que se utilizou das mãos abençoadas de Chico Xavier para nos orientar através de seus textos é admirável. Suas linhas compactas, seus parágrafos e textos lúcidos ensinam muito. Daí a importância de nos debruçarmos sobre seus livros para saciar a sede de conhecimento e aprender muito. Seus romances clássicos ou seus livros de mensagens que comentam o Evangelho ou os livros da Codificação são preciosos.

    Read more...
  • A força dos sentidos





    “Os vossos olhos são a luz do corpo, mas se essa luz for trevas, todo o seu corpo estará em trevas“. (Jesus)

    Dentre as muitas assertivas do mestre Jesus, no seu Evangelho de amor, talvez essa seja uma das mais importantes para o homem terreno, porque ela adverte que, os nossos sentidos materiais, a visão, o tato, a audição, o olfato e o paladar, constituem antenas vivas, que mostram com nitidez aqui e do outro lado da vida, o uso que fazemos deles.

    Read more...
  • Importância do Estudo no Centro Espírita

    O Centro Espírita não é simplesmente um templo religioso onde os adeptos do Espiritismo ali comparecem para rituais de devoção, como a oração (prece), o passe e assim por diante.

    É, na verdade, instituição social que possui várias características:

    Read more...
  • No júbilo de servir




    “Depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: somos servos inúteis, fizemos o que devíamos fazer”. Jesus (Lucas, 17:10)

    Guarda tua alma no júbilo de servir.

    Read more...
  • Oremos e vibremos pelo nosso país




    Esta chegando o grande dia onde teremos a oportunidade de através do voto consciente escolher o presidente que acharmos melhor indicado para representar o Brasil nos próximos 4 anos.

    Que estejamos todos em oração neste domingo, pedindo ao Pai da Vida que intua todo o povo brasileiro a votar com discernimento e coerência, em paz e harmonia. 

    E seja qual for o presidente eleito que as bençãos do Pai recaía sobre ele, para que saiba representar o Brasil com humildade, amor e fraternidade, respeitando e lutando com justiça pelas dificuldades enfrentadas pelo já tão sofrido povo brasileiro.


Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato