HomeInformativoO que é o espiritismoCristianismo e a Lei da Reencarnação
Sexta, 21 Junho 2019 21:39

Cristianismo e a Lei da Reencarnação




A Terra atualmente comporta mais de 7 bilhões de pessoas. Destes, apenas um pouco mais de 2 bilhões são cristãos; então, devemos entender que Deus, um Pai amoroso, enviou outros e diversos profetas à Terra, antes e após a vinda de Jesus, para iluminar a vida dessas outras quase 5 bilhões de almas.

O filósofo francês Léon Denis diz no livro O porquê da vida que milhões de asiáticos, bramanistas e budistas, partilham da crença na reencarnação. Afirma que dela partilharam também os egípcios, os gregos e os celtas.

E que o cristianismo esteve impregnado até o século quarto da ideia reencarnacionista.

Informa que presentemente encontramos a reencarnação mesmo no islamismo, sob a forma de certas suratas (versículos) do Alcorão.
Segue-se que a reencarnação é, ou foi, admitida em todas as religiões.Só o catolicismo e os outros ramos do moderno cristianismo escapam à regra universal, desde que fizeram silêncio e mergulharam em trevas certas passagens da Escritura que afirmavam as vidas anteriores.

"E os que fizeram o bem sairão para a ressurreição da vida; e os que fizeram o mal, para a ressurreição da condenação" - Jesus (João, capítulo 5, versículo 29). Baseado neste texto de o Evangelho, o protetor do médium Chico Xavier, Emmanuel, esclarece sobre a lei do retorno:
"Em raras passagens do Evangelho, a lei reencarnacionista permanece tão clara quanto aqui, em que o ensino do Mestre se reporta à ressurreição da condenação... A lei de retorno, pois, está contida amplamente nessa síntese de Jesus. Ressurreição é ressurgimento. E o sentido de renovação não se compadece com a teoria das penas eternas. Nas sentenças sumárias e definitivas não há recurso salvador. Através da referência do Mestre, contudo, observamos que a Providência Divina é muito mais rica e magnânima que parece. Haverá ressurreição para todos, apenas com a diferença de que os bons tê-la-ão em vida nova e os maus em nova condenação, decorrente da criação reprovável deles mesmos." (Emmanuel/Chico Xavier, Pão Nosso, FEB).

Em Belo Horizonte, MG, segundo pesquisa feita pelo Instituto Gallup, 63% dos católicos são reencarnacionistas (Jornal de Opinião, da Arquidiocese de Belo Horizonte, 8/6/1994, encarte com noticiário do "Projeto Construir a Esperança", fundado pelo Cardeal Dom Serafim Fernandes de Araújo).

A Igreja Protestante Anglicana, da Inglaterra, encomendou à Universidade de Oxford uma pesquisa sobre a reencarnação. O levantamento foi feito em 212 países, por 500 pesquisadores. O resultado foi, com base no ano de 2000, que dos 6.260.000.000 (seis bilhões, duzentos e sessenta milhões) de habitantes da Terra, mais de 4.000.000.000 (quatro bilhões) de pessoas acreditam na Doutrina da Reencarnação, ou seja, cerca de dois terços da população da Terra (Word Christian Enciclopaedia da Igreja Anglicana, da Inglaterra, e Time-Life, nº 18).
Estamos encarnados na Terra em cumprimento de uma determinação do nosso processo evolutivo. Nas questões de 168 a 170 de O Livro dos Espíritos, Allan Kardec indaga:

"O número de existências corporais é limitado ou o espírito reencarna perpetuamente?
- A cada nova existência, o espírito dá um passo na estrada do progresso. Quando se despojou de todas as suas impurezas, não tem mais necessidade das provas da vida corporal.
O número de encarnações é o mesmo para todos os espíritos?
- Não, aquele que avança rapidamente se poupa de muitas provações.
Todavia, essas encarnações sucessivas são sempre muito numerosas, pois o progresso é quase infinito.

Em que se transforma o espírito, após sua última encarnação?
- Em espírito bem-aventurado; um espírito puro."

E você, o que pensa disso tudo?

Tem boa vontade e mente aberta para refletir?

Arnaldo Divo Rodrigues de Camargo (editor da Editora EME e diretor da clínica Comunidade Psicossomática Nova Consciência)

 

 

 

Last modified on Sexta, 21 Junho 2019 21:41

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato