HomeInformativoArtigosVocê já experimentou a gratidão hoje?
Domingo, 17 Setembro 2017 17:15

Você já experimentou a gratidão hoje?




Por Sandra Carneiro

A vida agitada de nossos dias requisita nossa atenção de mil modos diferentes. E sabemos que nós estamos de fato onde está a nossa mente, os nossos pensamentos. Prestamos atenção em nossos compromissos, em nossos projetos, nos deveres profissionais, familiares e de cuidados pessoais. Às vezes, conseguimos fazer nossa oração diária, e às vezes nos esquecemos, tantas coisas nos tomam o tempo. Mas você tem um momento em seu dia para exercitar a gratidão?


Certamente, não enxergaremos as coisas boas enquanto assistimos ao jornal matinal ou noturno, onde o foco sempre é e será os aspectos negativos e problemáticos da vida. Em que momento focamos nosso pensamento nas coisas boas que nos cercam?

Como a natureza, em sua enorme força e generosidade, nossos filhos, cuja simples presença pode nos encher de alegria, nosso companheiro ou companheira, que divide conosco os desafios da jornada, e mesmo coisas menores, mas que nos fazem muito bem, como um copo de água fresca e limpa que sacia nossa sede, ou um banho refrescante nos dias de calor. Coisas pequenas, simples, mas que nos dão bem-estar, prazer e satisfação.

A felicidade ao nosso alcance

O Apóstolo Paulo, em sua primeira carta aos Tessalonicenses, convida: “Em tudo dai graças porque esta é a vontade de Deus em Cristo Jesus para convosco”. (Tessalonicenses 5, 18).

Por que será que a vontade de Deus é que sejamos gratos? Mesmo quando as coisas não estão do jeito que gostaríamos? Sim, mesmo assim. Mesmo com problemas, dificuldades, contrariedades, por que a gratidão é importante? Hoje podemos compreender essas sábias palavras de Paulo pelos olhos da ciência. Deus quer nossa felicidade e a gratidão tem tudo a ver com essa busca.

A neurociência nos ajuda a entender a importância da gratidão. Pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, chegaram à conclusão de que ser grato pelas pequenas coisas da vida pode causar grandes mudanças – inclusive cerebrais. Um artigo publicado no jornal científico NeuroImage atesta que, depois de poucos meses exercitando sua gratidão por meio da escrita, seu cérebro passa a se sentir ainda mais condicionado a ser grato. E isso traz benefícios. Mas como isso funciona no cérebro?

Quando temos pensamentos de gratidão, ativamos o “sistema de recompensa” do nosso cérebro. Esse sistema é a base neurológica da nossa satisfação e autoestima, e é responsável pela sensação de bem-estar e prazer do nosso corpo. Quando exercitamos a gratidão, estimulamos a ação desse sistema. Quando o cérebro entende que algo bom aconteceu, que algo deu certo, ele libera uma substância chamada dopamina, um neurotransmissor responsável – entre outras coisas – pela sensação de prazer e de recompensa.

Além da dopamina, o cérebro libera um hormônio chamado ocitocina, conhecido como o hormônio do amor – que estimula o afeto, traz tranquilidade, reduz a ansiedade, medo e fobias. Além da sensação de bem-estar, exercitar a gratidão ajuda também a dissolver nossos medos, angústias, raiva, ou seja, fica muito mais fácil controlarmos estados emocionais negativos.

Quanto mais utilizamos esse sistema, mais o reforçamos. E é exatamente por isso que pessoas que exercitam a gratidão apresentam níveis mais elevados de emoções positivas, de satisfação com a vida, de vitalidade e otimismo. Isso não significa que pessoas que exercitam a gratidão negam ou ignoram sentimentos ou aspectos negativos da vida, mas que ampliam os estados associados a sentimentos agradáveis.

Combatendo a depressão e a ansiedade com a gratidão

A gratidão afeta realmente o nosso cérebro a nível biológico, aumentando a produção de importantes neurotransmissores responsáveis pelo bem-estar psicológico: a dopamina e a serotonina, ou seja, no organismo esses neurotransmissores terão efeitos semelhantes a alguns antidepressivos. E ao contribuir para diminuir sentimentos de medo, raiva e angústias, contribuirão também para o combate à ansiedade.

Como poderíamos imaginar que o ato de gratidão, de buscar conscientemente grandes e pequenos fatos e situações boas, que nos favoreçam, poderia levar bem-estar e alivio à nossa mente e ao nosso corpo?

Quer uma maneira simples e eficaz de ajudar uma pessoa com depressão? Ajude-a a enxergar motivos para agradecer e estimule-a a desenvolver o hábito da gratidão.

Como posso exercitar minha gratidão?

Para tornar a gratidão um hábito e colher seus benefícios você vai precisar praticar.

Defina um momento mais propício do dia para exercitar. Como escovar os dentes, tomar café da manhã. Torne a prática da gratidão um hábito. Depois, separe um caderno, um espaço em seu smartphone, seu tablete para anotar, diariamente, suas gratidões. Procure, busque os motivos racionais para agradecer: acontecimentos, grandes ou pequenos, simples ou importantes, que te deram prazer ou te fizeram sorrir. Pense: o que você realizou de positivo hoje? O que aprendeu de novo?

Quanto mais gratos somos, mais encontramos motivos para agradecer. Ao pensarmos naquilo que nos fez bem, que realizamos de bom, ao agradecermos, o sentimento de gratidão vai começar a surgir mais e mais gradativamente. E isso tem nome: felicidade!

Chico Xavier e suas mensagens de motivação

Em sua simplicidade e sabedoria, Chico Xavier praticava constantemente o hábito da gratidão. Ele compartilhava em seus encontros à sombra do abacateiro (do livro Chico, de Francisco, de Adelino Silveira):

“À medida que a Providência Divina determina melhoras para nós, na Terra, inventamos aflições… inventamos dificuldades e depois vem o complexo de culpa e vamos para os psiquiatras…”

E referindo-se ao conforto em que o homem vive e do seu comodismo espiritual ele dizia:

“Estamos sofrendo mais por excesso de conforto do que excesso de desconforto. Morre muito mais gente de tanto comer e de tanto beber, do que por falta de comida…”

“É que precisamos de contentar-nos com o que temos; estamos ricos, sem saber aproveitar a nossa felicidade…”

Sábias palavras. Vamos aprender a aproveitar nossa felicidade, enxergar as oportunidades que temos todos os dias, mas que na maioria das vezes não conseguimos enxergar. Experimente a gratidão. Não apenas o conceito gratidão, mas o sentimento, que nos preenche de alegria, nos faz sentir emoção por tudo de bom, de belo e grandioso que o Criador colocou em nossa vida. Quando a gratidão ocupa seu coração, aquilo que é negativo vai encolhendo e ficando bem pequeno. A Espiritualidade sabe disso e nos estimula o tempo todo a olhar para o que há de bom em nós, em nossa vida, nas pessoas ao nosso redor.  E até mesmo naquilo que pode à primeira vista parecer negativo. Como dizia o apóstolo Paulo: Em tudo dai graças…

Experimente, pratique e compartilhe. A ciência já comprovou: a gratidão é um poder que você tem nas mãos para mudar sua vida.

FONTE VIVALUZ

Last modified on Domingo, 17 Setembro 2017 17:16

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato