HomeInformativoAtualidadesIntolerância religiosa
Domingo, 17 Setembro 2017 17:19

Intolerância religiosa




A liberdade de expressão é conquista recente na história da Humanidade.

Não vão longe os tempos onde expressar o pensamento podia ter como consequência a condenação à morte.

Déspotas, tiranos, assim como religiões, doutrinas, oprimiram e cercearam a livre expressão do pensamento.


Hoje ainda insistem alguns a fomentar seus rincões de intolerância e de proibições.

Porém, cada vez mais ganham espaço as conquistas da liberdade de refletir e de expor as ideias.

Quando esse direito é respeitado por todos, temos a possibilidade de sermos coerentes entre pensar e falar, dando ao outro, da mesma forma, tal direito.

Cabe a cada um de nós entender que pensamos de maneira diferente porque temos valores, conceitos e visão de mundo muito próprios.

E, na medida que respeitamos o próximo, podemos rogar para nós esse mesmo respeito.

Nesses termos, cabe-nos perguntar: Qual seria a melhor religião para alguém?

Certamente, a resposta não é única.

Na diversidade de pensar e agir em que mergulha a Humanidade, poderíamos eleger uma religião como a melhor?

Certamente, se nos fosse imposta uma religião com a qual não concordamos, que não aceitamos, não nos iríamos sentir confortáveis.

Isso acontece com qualquer pessoa para a qual insistirmos em impor nossa crença.

A melhor religião deve ser aquela que não nos torna hipócritas, que nos transforma em pessoas de bem, corretas, seres humanos melhores.

Portanto, a respeito desse assunto cabe a cada um optar, a mais ninguém.

Será somente nesse entendimento entre a criatura e Deus que se poderá escolher a melhor forma de chegar até Ele.

Toda doutrina ou religião que conduza o homem ao bem, deve ser digna de respeito.

Isso porque, quando se trata das coisas de Deus, o importante não é o caminho que tomamos, mas sim, a direção para a qual caminhamos.

E são muitos os entendimentos e as expressões que nos conduzem ao Pai.

Nesses termos, infrutífera, quando não desrespeitosa, qualquer imposição de crença a outrem.

Para alguns, Deus está na natureza. Para outros, a convivência está dentro do Seu templo. E tantos O cultivam na intimidade do coração.

Uns O têm como Pai amoroso. Outros, talvez O percebam mais como um Pai severo.

São estágios evolutivos.

Alguns se atêm fervorosos às suas crenças religiosas. Outros preferem viver a seu modo a sua relação com Deus.

Para o Criador do Universo, o importante não é o que sai da boca, dos gestos, ou onde isso é feito.

Para o Pai Maior, o grande significado está naquilo que se passa no coração.

Dessa forma, há que respeitar-se toda e qualquer crença, quando nos conduz e nos faz bem.

Afinal, Deus, acima disso tudo, entende que nós, Seus filhos, ainda estamos tateando, dando os primeiros passos, na busca de entender a Sua grandiosidade e bondade.

Redação do Momento Espírita.

FONTE: MOMENTO ESPÍRITA

Last modified on Domingo, 17 Setembro 2017 17:21

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato