HomeInformativoArtigosSe fosse Jesus no meu lugar?
Domingo, 17 Setembro 2017 17:26

Se fosse Jesus no meu lugar?




Se fosse Jesus no meu lugar, o que Ele faria?

É uma pergunta e um questionamento que poderíamos ter por hábito para fazermos a nós mesmos diante dos desafios da vida, a fim de tomarmos decisões mais acertadas e mais felizes.

A Espiritualidade da Verdade responde a Allan Kardec, na questão nº 625 de O Livro dos Espíritos, que “Jesus é o tipo mais perfeito que Deus tem oferecido ao homem para lhe servir de guia e modelo”.

Allan Kardec, em sua nota a essa questão, comenta que “para o homem, Jesus constitui o tipo de perfeição moral a que a Humanidade pode aspirar na Terra”; sendo, portanto, o mais perfeito modelo oferecido por Deus para o desenvolvimento dos nossos trabalhos em prol da nossa evolução espiritual.

Diante do exposto, fica bem esclarecido para todos nós, Espíritos imortais, que o modelo de perfeição moral a ser seguido é Jesus, através dos seus ensinamentos narrados nos Evangelhos, da sua conduta, do seu contato e diálogo com as pessoas, do seu posicionamento diante das questões que lhe eram apresentadas, do seu olhar e do seu sorriso e da sua seriedade, etc…

Em nosso cotidiano deparamos, quase sempre, com desafios que, do nosso ponto de vista, muitas das vezes ou quase sempre, julgamos de difícil resolução e acabamos até desistindo deles. Mas, se nos perguntarmos e nos questionarmos “se fosse Jesus em nosso lugar, o que Ele faria”, passaremos a refletir sobre Jesus e teremos uma visão melhor da vida e saberemos resolver confiantemente os nossos desafios.

Normalmente, convivemos com pessoas de fácil relacionamento, mas também com pessoas difíceis.

Quase sempre nos sentimos ofendidos por coisas, muitas das vezes, insignificantes ou por coisas que, para nós, são de grande importância.

Geralmente, nos irritamos diante de um engarrafamento no trânsito ou de uma fila num banco qualquer ou diante de uma advertência.

Muitas das vezes, nós nos trancamos em nossa casa mental e articulamos revidar uma ofensa, perdemos noites de sono, prejudicando a própria saúde, por não aceitar desaforos.

Todavia, se refletirmos e nos perguntarmos e nos questionarmos “se fosse Jesus em meu lugar, o que Ele faria”, certamente não perderemos tempo com esses tipos de desgastes emocionais acima relacionados. Tiraremos proveito de cada situação para o nosso aperfeiçoamento moral e espiritual. E evitaremos enfermidades diversas oriundas do campo psicossomático.

Que possamos estar, em todos os momentos da vida, ao lado de Jesus, sabendo que Ele está sempre ao nosso lado, pois nunca nos abandonou.

Que possamos relevar as palavras ofensivas, levando a vida “na esportiva” e com sabedoria para resolvermos os desafios na melhor forma possível, sempre seguindo os exemplos de Jesus.

Que possamos estar sempre seguindo Jesus como modelo de perfeição, praticando as boas ações, perdoando e se perdoando, amando e se amando, compreendendo e se compreendendo.

Que possamos sempre mentalizar Jesus em todas as situações da vida e sermos felizes trabalhando com Jesus, que é o caminho, a verdade e a vida, e que nos liberta para a felicidade para a qual todos nascemos.

Que possamos estar sempre agindo, convivendo e resolvendo os desafios da vida, ao modo de Jesus, nos esforçando em até mesmo imitá-lo em todos os momentos da vida.

Pensemos nisso e muita paz!

Autor: Yé Gonçalves

Contatos: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.
 
Nota do autor: Yé Gonçalves é nome artístico de Hyerohydes Gonçalves dos Santos.
 
FONTE: PORTAL DO ESPÍRITO

Last modified on Quarta, 20 Setembro 2017 16:59

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais ...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais ...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais ...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais ...
  • Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




    FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

    O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

    Leia mais ...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato