fbpx
HomeInformativoArtigosO frio lá de fora
Domingo, 21 Janeiro 2018 02:08

O frio lá de fora

 



No frio intenso das horas, mais um dia de abandono é vivido. Pai e filho se abraçam em busca de calor da alma, única energia que lhe resta naquele canto de marquise. O prato vazio denuncia a fome e a ausência de pessoas nas ruas indica a distância da caridade, que poderia ajudá-los a superar a carência alimentar.

A uma rajada maior de vento, o filho, que se protegia com o pequeno e único cobertor que ali se achava, resolve cobrir o pai, que tiritava de frio.

 

Tocado pelo desprendimento do adolescente, o pai rasga o cobertor ao meio e devolve metade ao menino. Em meio à necessidade de se agasalhar, o garoto indaga por que o genitor agira dessa forma, ao que lhe foi respondido:
- Fiz assim porque, quando cresceres, poderás não ter um filho tão maravilhoso como eu te tenho agora, e na hora de sentires frio, já terás com que te cobrir.
A benevolência que mais toca o coração do homem sensível é aquela realizada pelos que vivem da caridade alheia. Dar um pedaço de pão a quem tem fome é um gesto fraterno, mas ver quem o recebeu dividindo a doação, em fatias menores ainda, com outros famintos, é comovedor.

Perguntamos a Deus, diante desse ato, até quando haverá no mundo mesas fartas e pratos vazios, estômagos saciados e outros carentes.

A imensa injustiça na distribuição desigual da renda é o efeito mais perverso da ambição desenfreada, uma das filhas do egoísmo.

O Brasil e o mundo ainda são marcados por essa cruel dicotomia. Poucos possuem muito, e muitos beiram à miséria socioeconômica por terem tão pouco.

No quadro espiritual das necessidades, nem sempre é simples perceber o estado deplorável da alma.

A fome do estômago grita alto, mas a ignorância age em silêncio, destruindo as estruturas da vida de relação.

O frio, que em uma realidade dói por fora, em outra, destrói por dentro.

Quantos seres que amamos ainda não conseguiram se desvencilhar da insegurança afetiva! Quantos se afeiçoam, fazem de tudo por submeter o outro através da desconfiança, de exigências, da exaustão. Por uma ótica distorcida, imaginam acontecimentos irreais e passam a vivê-los na imaginação.

Com o passar do tempo, se não procuram alterar o comportamento emocional, acabam abandonados. Engrossam, dessa forma, o número dos que sorriem galhardamente nas ocasiões festivas, mas gastam esforço maior para não deixar transparecer o frio interior.

As gavetas estão abarrotadas de blusas e paletós, guardados dos invernos anteriores. Não há espaço para novos, a não ser que o dono se desfaça dos que não usa mais, doando-os a quem precisa.

Os compartimentos gelados do coração, também pedem o agasalho do carinho, a se expressar em uma palavra afável, um sorriso generoso, pequeno gesto de ternura ou uma razoável concessão de tempo para se conversar.
O Espiritismo alerta que, se hoje podemos não viver nas faixas mais necessitadas da organização social, continuamos muito precisados de companheirismo e amizade, confiança e entrega a um novo tipo de relacionamento.

Nada disso se fará possível se não estivermos dispostos para tanto. Que nossa decisão não demore, porque seria muito triste vermos pessoas tendo que rasgar cobertores ao meio, diante de nossos olhos, para sobreviver.

Carlos Augusto Abranches Fonte: Reformador - outubro 1995

Last modified on Sábado, 27 Janeiro 2018 11:33

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Atividade Noturna do Espírito (Desdobramento)


    Imagem Divulgação/Pixabay
    Por: Aluney Elferr Albuquerque Silva
    FONTE: PORTAL DO ESPÍRITO

    Durante o sono o Espírito desprende-se do corpo; devido aos laços fluídicos estarem mais tênues. A noite é um longo período em que está livre para agir noutro plano de existência. Porém, variam os graus de desprendimento e lucidez. Nem todos se afastam do seu corpo, mas permanecem no ambiente doméstico; temem fazê-lo, sentir-se-iam constrangidos num meio estranho (aparentemente).

    Leia mais...
  • Paz de consciência - O caminho com Jesus




    Imagem Divulgação/Pixabay 
    Por: Rita Ramos Cordeiro
    FONTE: Rita Ramos Cordeiro 

    Muitas vezes passamos por situações que nos exigem tomadas de decisões que nos tiram o sono e a tranquilidade.

    As dúvidas e incertezas tomam conta do coração sem saber qual rumo tomar.

    A insegurança retarda a caminhada não permitindo que sigamos em frente.

    Leia mais...
  • Vida Espírita

     




    FONTE: LIVRO DOS ESPÍRITOS

    VIII – Lembranças da Existência Corpórea
    304. O Espírito se lembra da sua existência corpórea?

    — Sim, tendo vivido muitas vezes como homem, recorda-se do que foi. E te asseguro que, por vezes, ri-se de piedade de si mesmo.

    Comentário de Kardec: Como o homem que, atingindo a idade da razão, ri das suas loucuras da juventude ou das puerilidades da sua infância.

    Leia mais...
  • Tolerância e respeito

     



    Por: Warwick Mota 

    FONTE: GRUPO CHICO XAVIER

    A diversidade religiosa é uma das marcantes características culturais que assinala a humanidade. São milhares de denominações que definem religiões e seitas, reunindo, em todos os pontos da Terra, seguidores de todos os credos.

    Essa pluralidade de crenças, em conjunto com a diversidade étnica, torna as relações entre os povos ainda mais complexas, sendo responsável por inenarráveis conflitos que envolvem o homem desde os primórdios.

    Leia mais...
  • Intolerância religiosa



    Imagem Divulgação/ Pixabay

    FONTE: MOMENTO ESPÍRITA 

    A liberdade de expressão é conquista recente na história da Humanidade.

    Não vão longe os tempos onde expressar o pensamento podia ter como consequência a condenação à morte.

    Déspotas, tiranos, assim como religiões, doutrinas, oprimiram e cercearam a livre expressão do pensamento.

    Leia mais...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato