fbpx Fenômenos espíritas
Print this page
Sábado, 05 Mai 2018 00:51

Fenômenos espíritas


FONTE: GRUPO DE ESTUDO ALLAN KARDEC  - P
or: Rudymara

Houve um tempo em que a doutrina espírita precisou chamar a atenção das pessoas através dos fenômenos espirituais. Hoje, com o conhecimento e respeito que o Espiritismo alcançou, precisamos focar na real finalidade da doutrina, que é: AUXILIAR NO PROGRESSO MORAL DA HUMANIDADE. Então, embora ele precise de adeptos para ajudar nesta luta, ele não tem a intenção de converter ninguém.

 

Muitos espíritas vivem pelo Espiritismo, mas nenhum vive dele. Nossa finalidade é colocar os ensinamentos cristãos na vida de quem frequenta as casas espíritas para que elas entendam quem são, porque sofrem, o que estão fazendo aqui neste planeta, saber de onde vieram e para onde irão após a desencarnação.

Para que busquem ser hoje melhores que foram ontem e que sejam amanhã melhor que estão sendo hoje. O mais importante para o espírita não é curar corpos, mas as chagas da alma, ou seja, é a REFORMA ÍNTIMA, principalmente dele mesmo. Pois, com a melhora de cada um de nós, consequentemente, acontece a melhora do mundo. Assim estaremos, também, plantando frutos que nos libertarão de resgates dolorosos. Como disse Kardec: "reconhece-se o verdadeiro espírita pela sua transformação moral e pelos esforços que faz para domar suas más tendências."

Então, nos esforcemos para viver o que pregamos e acreditamos.

Como disse o Espírito Nora, no livro "Aconteceu na Casa Espírita": “A doutrina espírita não está interessada em lotar a casa espírita com pessoas que procuram simplesmente "fenômenos". A pretensão é simples, que é fazer vibrar entre as paredes da casa os ensinos de Jesus e Kardec. O mais importante é receber fraternalmente os que nos procuram, socorrê-los quanto possível, oferecer conhecimento doutrinário, despertando as criaturas para a transformação moral; o resto é consequência deste processo do bem realizado".

Last modified on Sexta, 27 Julho 2018 20:50