fbpx
HomeInformativoArtigosRaça de víboras
Domingo, 02 Setembro 2018 16:47

Raça de víboras




FONTE: MOMENTO ESPÍRITA

Existem pessoas que se confundem ao meio em que vivem a tal ponto que perdem a própria identidade. É a esse tipo de criaturas que Jesus chama raça de víboras.

Pelo mimetismo, capacidade que certos animais possuem de tomarem a cor e a configuração dos objetos em cujo meio habitam, a víbora se confunde, por assim dizer, ao meio, tornando difícil a sua localização.


Muitos de nós, em situações adversas, preferimos nos deixar confundir com o meio do que sermos taxados de piegas ou moralistas indesejáveis.

Se estamos no meio dos corruptos, aplaudimos a corrupção.

Se nos encontramos entre os viciados, apoiamos o vício.

Se estamos com os sexólatras, louvamos a sexolatria.

Se estamos rodeados por pessoas honestas e dignas, enaltecemos a honestidade e a dignidade.

Falta-nos a coragem moral para nos posicionarmos de conformidade com a nossa consciência, independente do meio em que nos achemos.

Como cristãos, sabemos qual é a postura correta, mas preferimos nos deixar levar pela maioria pensando enganar a própria consciência. Esquecemos a recomendação do Homem de Nazaré: Seja o seu falar sim, sim, não, não.

Todo mundo faz! Este é o argumento com o qual alguns de nós tentamos justificar os atos indignos.

No momento em que Jesus se refere aos fariseus como raça de víboras, enfatiza também que todo pecado ou blasfêmia nos serão perdoados, exceto os cometidos contra o Espírito, contra a consciência.

O que o Cristo quis dizer é que os equívocos cometidos por ignorância, não serão contabilizados pelas leis maiores como infração, mas como tentativa mal sucedida.

Mas as infrações cometidas com conhecimento de causa, ou seja, contra a consciência, essas não serão perdoadas, e o infrator responderá por elas diante das leis que regem a vida.

Assim, a desculpa de que todo mundo faz, não nos isentará da responsabilidade pessoal, pois a cada um será dado conforme suas obras, e não conforme as obras da maioria, pois o mérito ou demérito são individuais e intransferíveis.

Dessa forma, por mais que tentemos nos confundir com o todo ou com a maioria, não impediremos que as leis divinas nos localizem e registrem as nossas mais secretas intenções.

Deixemos o mimetismo para os animais e tomemos a postura cristã onde quer que estejamos, sem receio.

Sejamos firmes em nossas decisões nobres, sem nos preocuparmos em agradar as massas, mas com a única preocupação de agradar a Deus.

Allan Kardec, ao codificar a Doutrina Espírita, teve oportunidade de perguntar aos Espíritos:

Por que, no mundo, tão amiúde, a influência dos maus sobrepuja a dos bons?

Os benfeitores responderam:

Por fraqueza destes. Os maus são intrigantes e audaciosos, os bons são tímidos. Quando estes o quiserem, preponderarão.

Esta e outras tantas questões estão em O livro dos Espíritos.

Redação do Momento Espírita, com base no item 932 de O livro dos Espíritos, de Allan Kardec, ed. FEB e no Evangelho de Mateus 12:34. Em 24.5.2013.

 

 

 

Last modified on Domingo, 02 Setembro 2018 16:47

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Eliana Machado Coelho

    Por: Rita Ramos Cordeiro

    “Onde está sua concentração está sua energia e onde está sua energia as coisas crescem. Olhe para onde você quer ir e foque”. Schellida

    Eliana Machado Coelho em parceria com o espírito Schellida já publicaram 22 romances espíritas e atingiram a marca de mais de 2 milhões de livros vendidos. Eliana nasceu e reside em São Paulo. É Casada com André Luiz Coelho e é mãe de Ellen, 29 anos.

    Leia mais...
  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato