fbpx
HomeInformativoO que é o espiritismoOs primeiros sete anos da reencarnação do espírito
Terça, 26 Novembro 2019 18:34

Os primeiros sete anos da reencarnação do espírito




FONTE: LIÇÕES DO ESPÍRITO 

O período inicial da reencarnação do Espírito é decisivo na formação do seu caráter e da sua personalidade porque, nesse período da primeira infância, o Espírito “é mais acessível às impressões que recebe e que podem auxiliar o seu adiantamento, para o qual devem contribuir os que estão encarregados de educá-lo.”[1]. Os Espíritos Superiores ainda esclarecem, em "O Livro dos Espíritos", à questão 380, que a fase de perturbação que acompanha a encarnação do Espírito não cessa de súbito por ocasião do nascimento, mas que gradualmente se dissipa, com o desenvolvimento dos órgãos.

André Luiz [2], elucidando o processo reencarnatório, esclarece que até aos sete anos de idade, o Espírito passa por uma fase de semi-inconsciência no ambiente fluídico dos pais. Em outra obra, “Missionários da Luz”[3], André Luiz esclarece que um colaborador espiritual é designado para acompanhar a reencarnação do Espírito “até que ele atinja os sete anos, após o renascimento, ocasião em que o processo reencarnacionista estará consolidado. Depois desse período, a sua tarefa de amigo e orientador será amenizada, visto que seguirá o nosso irmão em sentido mais distante.” E ainda nesta mesma obra, o mentor Alexandre esclarece André Luiz: “Você não ignora que o corpo humano tem as suas atividades propriamente vegetativas, mas talvez ainda não saiba que o corpo perispiritual, que dá forma aos elementos celulares, está fortemente radicado no sangue. Na organização fetal, o patrimônio sanguíneo é uma dádiva do organismo materno. Logo após o renascimento, inicia-se o período de assimilação diferente das energias orgânicas, em que o «eu» reencarnado ensaia a consolidação de suas novas experiências e, somente aos sete anos de vida comum, começa a presidir, por si mesmo, ao processo de formação do sangue, elemento básico de equilíbrio ao corpo perispirítico ou forma preexistente, no novo serviço iniciado.”

Na obra “Aspectos Mediúnicos” [4], de Daniel Hoeltz, há a explicação dos quatro períodos de ação da glândula pineal sobre o indivíduo. E a primeira fase, também chamada de período de sono, se apresenta “até os sete anos de idade, (quando) adormece na função psíquica para que o Ser absorva todas as informações provenientes da educação e do meio (social e cultural) quando o indivíduo vive, então, em experiências inovadoras e anímicas sem a análise crítica de seus conteúdos existenciais.”

A Ciência [5] considera que o desenvolvimento do sistema nervoso humano só está concluído por volta dos sete anos de idade. Elizabeth Kübler Ross ainda conclui que, nesta dimensão do desenvolvimento humano, chamada intelectual ou mental, o ser está apto a compreender a si mesmo e ao mundo.

A formação dos caracteres, segundo o Codificador, depende da educação moral. Ainda em "O Livro dos Espíritos" [6], Allan Kardec, comentando a questão 917, esclarece: “Bem entendida, a educação constitui a chave do progresso moral. Quando se conhecer a arte de manejar os caracteres, como se conhece a de manejar as inteligências, poder-se-ão endireitá-los, como se faz com as plantas novas. Mas essa arte exige muito tato, muita experiência e profunda observação. É grave erro acreditar que baste o conhecimento da Ciência para exercê-la com proveito. Quem quer que acompanhe o filho do rico, assim como o do pobre, desde o instante do nascimento, e observar todas as influências perniciosas que atuam sobre eles, em consequência da fraqueza, da incúria e da ignorância dos que os dirigem, e como falham quase sempre os meios empregados para moralizá-los, não poderá admirar-se de encontrar tantas imperfeições no mundo. Faça-se com o moral o que se faz com a inteligência e ver-se-á que, se há naturezas refratárias, também há, em maior número do que se pensa, as que apenas reclamam boa cultura para produzir bons frutos.”

Nesse sentido, destaca-se a importância da missão dos pais e da Evangelização Infantil. Bezerra de Menezes [7], em mensagem mediúnica, corroborando o pensamento de Kardec, elucida que: “(...) é imprescindível abracemos, com empenho e afinco, a tarefa da evangelização junto às almas infanto-juvenis, tão carentes de amor e sabedoria, porém, receptivas e propícias aos novos ensinamentos. (...) É forçoso reconhecer que Espiritismo sem aprimoramento moral, sem evangelização do homem é como um templo sem luz.”

Referências:

1.KARDEC, Allan. "O Livro dos Espíritos". 66ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB: 1987. Questão 383.
2.XAVIER, Francisco Cândido. "E a Vida Continua". Pelo Espírito André Luiz. 24ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB, 1998. Capítulo 11.
3.XAVIER, Francisco Cândido. "Missionários da Luz". Pelo Espírito André Luiz. 25ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB, 1994. Capítulo 13.
4.HOELTZ, Daniel. "Aspectos Mediúnicos". Porto Alegre, RS: Ed. do Autor, 2006, capítulo 7.
5.ROSS, Elizabeth Kübler. "Morte, Estágio Final da Evolução." Rio de Janeiro, RJ: Nova Era, 1996.
6.KARDEC, Allan. "O Livro dos Espíritos". 66ª ed. Rio de Janeiro: RJ, FEB: 1987. Questão 917.
7.FEB. "Opúsculo A Evangelização Espírita na Opinião dos Espíritos". Espírito Bezerra de Menezes através do médium Júlio Cezar Grandi Ribeiro. Disponível em http://www.febnet.org.br/site/estudos.php?SecPad=39&Sec=67. Acesso em 20.09.2009.

 

Last modified on Terça, 26 Novembro 2019 18:36

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Entrevista com Eliana Machado Coelho

    Por: Rita Ramos Cordeiro

    “Onde está sua concentração está sua energia e onde está sua energia as coisas crescem. Olhe para onde você quer ir e foque”. Schellida

    Eliana Machado Coelho em parceria com o espírito Schellida já publicaram 22 romances espíritas e atingiram a marca de mais de 2 milhões de livros vendidos. Eliana nasceu e reside em São Paulo. É Casada com André Luiz Coelho e é mãe de Ellen, 29 anos.

    Leia mais...
  • Entrevista com Rita Ramos Cordeiro

     


    FONTE: ESPIRITUALMENTE

    Nascida em Presidente Prudente/SP e residindo atualmente em Itu/SP, é escritora, articulista, redatora, diretora de divulgação e marketing do Instituto Chico Xavier de Itu e da ASDBNotícias. Também é coordenadora do Clube do Livro Emmanuel, que agrega associados de todo o Brasil.

    Casada e mãe de 01 filho, Rita faz parte do Centro Espírita de Itu e já publicou 03 livros:

    Leia mais...
  • A naturalidade da morte trágica



    Por: Maria Thereza dos Santos Pereira - FONTE: Letra Espírita

    Quando conversamos com alguém que recentemente perdeu uma pessoa próxima, não raro dizem não esperar pelo falecimento dela, ainda que estivesse doente ou com idade avançada.

    Situações em que acontece a morte trágica, por motivo grave e repentino, principalmente quando o desencarnado possui tenra idade, a surpresa demonstrada pelos entes encarnados é ainda maior, pois manifestam além de tristeza, inconformismo e revolta de maneira muito acentuada.

    Leia mais...
  • Desdobramento


    Por: Fernanda Oliveira - FONTE: Letra Espírita

    “Embora, durante a vida, o Espírito seja fixado ao corpo pelo perispírito, não é tão escravo, que não possa alongar sua corrente e se transportar ao longe, seja sobre a terra, seja sobre qualquer outro ponto do espaço.” (Allan Kardec, A Gênese, Cap. XIV)

    Leia mais...
  • Os benefícios da água


    Por: Ricardo de Bernardi - FONTE: A CASA DO ESPIRITISMO

    A água é uma substância orgânica ou possui uma espécie de energia vital?

    A água não é uma substância orgânica, pois não possui a estrutura típica daquelas, também não possui o ciclo vital, - nascer, crescer, reproduzir, morrer. No entanto, é a substância mineral mais fantástica do Planeta, sem a qual não seria possível a vida em nosso orbe, daí dizer-se que a água é um "líquido vital". Dois terços da superfície da Terra são constituídos de água, bem como 70% de nosso corpo. Pelo seu peso molecular, deveria ser gasosa, mas, como cada molécula de água acha-se aderida a outras, por atração eletromagnética, aumenta sua densidade permitindo-se existir na forma líquida em estado natural. Um capricho inteligente da Lei Maior do Universo.

    Leia mais...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato