fbpx Mundos Inferiores
Print this page
Sábado, 02 Mai 2020 19:29

Mundos Inferiores



Fonte: Letra Espírita 
Por: Fernanda Oliveira

O Universo é a casa de Deus, e ele sabiamente povoou de seres vivos todos os mundos. Os mundos estão em grau de adiantamento muito diferentes, alguns estão nas mesmas condições que a Terra; outros estão mais atrasados e outros mais avançados moral, intelectual e fisicamente. As condições dos mundos são muito diferentes, em relação ao grau de adiantamento ou de inferioridade de seus habitantes. A qualificação de mundos inferiores ou superiores é relativa, depende se estão acima ou abaixo na escala progressiva.

Existem mundos, considerados mundos inferiores onde os habitantes vivem em estado primitivo, com noções rudimentares, seus habitantes estão na condição de raças selvagens; a sensação existente é a de sobrevivência e luta diária pela preservação da vida e pela alimentação. Nesses mundos inferiores não existem a noção de justiça, solidariedade, convivência, fraternidade, beleza, harmonia e equilíbrio.

Os seres que habitam esse mundo se encontram em estágio primário, de animalidade; onde a força bruta é a lei. Carentes de conhecimento possuem hábitos primitivos e rudimentares, revestem a forma humana sem beleza. Dominados pelas tentações materiais.

Nos mundos inferiores a existência é toda material, as paixões reinam soberanas, a vida moral é quase nula e os seres são fisicamente e moralmente inferiores.

Os diferentes mundos existentes nos permitem um grau de adiantamento, a reencarnação possibilita o conhecimento e aprimoramento do espírito, até que se possa chegar a evolução para qual foi criado.

É através das inúmeras encarnações que vamos aprimorando nossa moral, nosso conhecimento, praticando, aprendendo, crescendo e assim evoluindo.

Os espíritos passam por inúmeras existências em diferentes mundos conforme o seu grau evolutivo, cada encarnação é endereçada para um mundo compatível com seu histórico moral e intelectual.

Os espíritos que encarnam em um mundo não se acham a eles presos indefinidamente, nem nele atravessam todas as fases de seu progresso. Quando em um mundo alcançam o grau de adiantamento que esse mundo comporta, passam para outro mais adiantado no mesmo nível e sintonia que se encontram.

Cada mundo oferece aos que ali habitam condições adequadas e próprias a vida planetária, as necessidades vitais são diferentes de um planeta para o outro. A evolução de cada ser é uma revolução particular, tem que ter a consciência e atitude para reconhecer o que precisa mudar, é preciso reaprender e ressignificar para evoluir.

O tempo é individual para cada ser, somos seres singulares e a cada encarnação temos um novo ciclo de relações, um novo contexto social e cultural. Não sabemos onde já erramos milhares de vezes, não sabemos onde já tombamos e acertamos... Crescimento pessoal é um processo infinitamente repetitivo. Toda mudança de ciclo evolutivo acarreta profundas alterações materiais e espirituais.

O ser humano deixa os mundos inferiores por mundos mais felizes conforme vai se curando de suas enfermidades morais. É uma recompensa passar de um mundo inferior para um mundo de ordem mais elevada, como é um castigo prolongarem sua permanência em um mundo infeliz ou ser relegado a mundos inferiores onde viverá provas mais duras.

O espírito vive onde situa seu pensamento e suas ações. De tempos em tempos a humanidade atinge um momento de depuração, que é precedido de um expurgo planetário, os espíritos que não conseguirem modificar a sua moral e intelecto serão relegados a mundos inferiores.

O maior obstáculo para o crescimento pessoal é fingir saber algo, o nosso desenvolvimento pessoal que determina as nossas conquistas evolutivas. Intensificamos aquilo que cultivamos, nossos valores guiam nossas decisões e somos responsáveis por onde estamos agora; pois a vida é fruto de nossas escolhas.

Quando crescemos individualmente ajudamos prosperar tudo que nos cerca, contribuímos para a evolução coletiva. Propagamos aquilo que somos. Sem aceitação da realidade não se consegue evoluir. No nosso processo de crescimento devemos fazer escolhas conscientes da espécie de pessoa que queremos nos tornar e passar agir com esse propósito.

O Universo é a nossa morada e o amor deve ser o caminho escolhido, só o amor sobrevive ao tempo, o amor é capaz de modificar a vida das pessoas. Amor é energia construtora, diretriz para o aprimoramento, benefício coletivo e clareza existencial. Com o amor o ser material abre espaço para ser espiritual.

Vamos caminhando com muitas energias positivas procurando basear nossas atitudes no amor.


Referências Bibliográficas :

1- O Evangelho Segundo o Espiritismo- Allan Kardec- Editora Boa Nova

2- O Livro dos Espíritos- Allan Kardec –Editora EME

3- O que é Espiritismo?- Allan Kardec- Editora IDE

4- O Céu e o Inferno- Allan Kardec – Editora IDE

5- Dentro de Mim- José Carlos de Lucca- Editora InterVidas.