fbpx
HomeInformativoArtigosUm médico no além
Domingo, 14 Fevereiro 2021 15:55

Um médico no além




Por:
Sidney Fernandes – Email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

O médico Arnaldo sempre supôs que, com a morte do corpo, nada mais teria que fazer do que cantar beatificamente no céu ou ranger dentes no inferno. A situação que encontrou, no entanto, foi diametralmente diversa. Cedo descobriu que simplesmente mudara de residência e levara, consigo, indisposições, doenças, bem como os processos de investigação e de cura.

Padre Bernardo havia lhe prometido a convivência com os anjos e garantido que seria levado em triunfo aos pés do Senhor, simplesmente porque havia sido generoso doador da antiga paróquia que frequentava. Assim que passou pelo portão do sepulcro e não encontrou a corte dos santos, concluiu que o serviço diplomático de sua igreja não fora bem atendido no céu.

Arnaldo peregrinou por muito tempo entre a aflição e a demência que trouxera do mundo físico. Gastou anos para voltar ao equilíbrio, condição indispensável para compreender o auxílio e recebê-lo.

Na qualidade de médico da Terra, suas obrigações se resumiam ao exame das enfermidades, com tratamento clínico ou cirúrgico. Na espiritualidade, sua atividade passou a ser bem diferente. Não lhe bastava agora limitar-se ao diagnóstico preciso, como fazia antigamente.

Coube-lhe incutir, em seus assistidos, ideias reformadoras e construtivas, para elevação de seus padrões íntimos. Aplicava recursos magnéticos em todos os necessitados, a fim de reanimar a organização geral, com os elementos de cura disponíveis na espiritualidade, sempre proporcionais aos méritos de cada um.

Poderíamos afirmar que na atualidade a medicina terrena começa a cogitar a metodologia terapêutica aprendida e aplicada pelo médico Arnaldo aos seus pacientes da espiritualidade?

Nos tempos atuais, diferentes da época vivida por Arnaldo, médicos começam a detectar necessidades espirituais em seus pacientes e passam a considerá-las capazes de aumentar as suas chances de sucesso, no processo da cura.

Universidades americanas já inserem a espiritualidade em seus currículos. Além de treinar médicos e equipes de saúde a lidarem com a espiritualidade de seus pacientes, a disciplina aborda os inúmeros estudos científicos que mostram os efeitos benéficos da prática religiosa e da espiritualidade na saúde.

Finalizemos com as palavras da jornalista Cristina Almeida, colaboradora do aplicativo Viva Bem:

Atitudes negativas como a falta de perdão, rancor, ressentimento, desejo de vingança e egoísmo precisam ser cunhadas de enfermidades morais. É aqui que entra a espiritualidade — um aspecto dinâmico de todas as pessoas que influencia a vida de relacionamento por meio de sentimentos, enfrentamento, propósito e atitudes.

Fontes: Obreiros da Vida Eterna, André Luiz; As Mil Faces da Realidade Espiritual, Hermínio C. Miranda; Espiritualidade e Saúde, artigo de Cristina Almeida.

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Os que foram para o lado de lá e voltaram para contar




    Fonte:
    Vozes Espíritas - Por: Wellington Balbo

    A médica suíça Elisabeth Kübler Ross (08 de julho de 1926 – 24 de agosto de 2004), passou décadas ao lado de pacientes em estado terminal. Sua experiência a fez escrever o livro “Sobre a morte e o processo de morrer”, em que apresenta o modelo de Kübler Ross a informar familiares e amigos de doentes terminais na melhor maneira de conviver com a situação.

    Read more...
  • A morte dói?

     




    Por:
    Orson Peter Carrara

    Quando morre alguém, sentimo-nos todos tomados por um sentimento de perda e dor. É natural, gostamos da pessoa e desejamos que continue vivendo conosco. Mas, a morte é a única certeza da vida e está enquadrada nos acontecimentos normais da existência de todo mundo. A todo instante, partem jovens e velhos, sadios e enfermos…

    Read more...
  • O tempo no plano espiritual

     




    Fonte:
    Letra Espírita - Por: Juliana Procopio

    É muito comum em momentos de despedidas após o desenlace de um ente querido ou uma pessoa conhecida que esteve doente, por exemplo, ouvirmos as pessoas se referirem a quem partiu com a expressão, “em fim descansou”.

    Read more...
  • A saúde pode ser afetada pela obsessão?




    Fonte:
    O Consolador - Por: Orson Peter Carrara

    Desafio está em conhecer a origem dos casos

    Uma interessante matéria publicada por Allan Kardec na Revista Espírita (1) utiliza a expressão loucura obsessional. O texto, que recomendamos aos leitores, é um estudo sobre os Possessos de Morzine, uma localidade em determinada região francesa, alvo de carta endereçada ao Codificador pelo capitão B. (membro da Sociedade Espírita de Paris e naquele momento radicado na cidade de Anecy). Allan Kardec publicou a carta na edição de abril (2), seguida de instruções dos Espíritos Georges e Erasto e ainda acrescentou lúcido comentário sobre a questão. Depois, na edição de dezembro (3), voltou ao assunto, desdobrando-o em bem argumentada análise.

    Read more...
  • Depressão em jovens e adolescentes




    Fonte:
    Correio Espírita - Por: Fátima Moura

    Tenho ouvido muitos relatos de pais e familiares preocupados. A depressão entre jovens, adolescentes e até crianças parece estar aumentando de modo assustador e o assunto também tem sido focado em nossas palestras, sempre que somos convidados a falar sobre temas ligados à família.

    Read more...

Clube do livro




Todo mês um livro novo em sua casa.
Clique aqui e cadastre-se.

Clube do livro



Conheça nosso clube do livro.


Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato