fbpx
Home
Segunda, 01 Agosto 2011 21:35

Podcast no.: 04 - Reforma íntima para pessoas comuns : Amor próprio x relacionamentos

 

Amor proprio .. Download
  No computador  
  Download mp3  
  No celular
Neste Podcast vamos abordar a Reforma íntima, amor próprio, como pode ajudar ou atrapalhar em nossa evolução e também em nossos relacionamentos.      
       
 

Gostou?   Curte, compartllhe, comente,ajude-nos a divulgar conhecimento

    Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. 

 

Transcrição do podcast:

Ola ouvinte do Podcast Espírita.
O objetivo deste podcast é sempre trazer informação, explicação para que você possa refletir e despertar o seu melhor.
È sempre um prazer estar aqui com você.

Para você que esta aqui pela 1a. vez, meu nome é Miécio.
Todos os podcasts estão disponíveis no site www.institutochicoxavier.com, na seção Podcast
No nosso podcast no.: 04, continuarei falando sobre reforma intima.para pessoas comuns, hoje falaremos sobre o subtema : “Amor próprio x relacionamentos x filhos”.

Nos vários podcasts desse tema, vou sempre abordar do ponto de vista espiríta, do ponto de vista do dia a dia e do ponto de vista do relacionamento com outras pessoas, do trabalho e outros.

Muito se fala sobre auto-estima, mas poucas pessoas entendem o seu verdadeiro significado. Cuidar de sua auto-estima vai muito além de visitar o cabeleireiro ou comprar aquela roupa nova. Aliás, estas nem são condições necessárias para o cultivo da auto-estima.

Todos conhecemos, em tese, a definição básica de auto-estima: é a estima que tenho por mim mesmo, ou seja, o quanto me valorizo. O quanto me quero bem e me aceito.

Se você não tiver auto-estima, as pessoas terão dificuldade em lhe aceitar.

Você gosta de você mesmo ? Faça um teste com você em frente ao espelho. Quais as primeiras cinco palavras que você diria pra si? Eu acredito que a maioria dos ouvintes não teriam boas palavras para si mesmo.

As pessoas além de se punirem pela falta de amor propio, costumam criar para si adjetivos que o tornam uma pessoa ruim. Você repete pra si próprio que não é capaz, que sempre perde, por exemplo, que é gorda demais, que ninguém te quer, que ficou velha, que seu cabelo é ruim, que nada dá certo pra você etc... E o pior, ao criar esses adjetivos, você passa a acreditar e vive-los.

Falta de autoestima prejudica nos relacionamentos também.
È dificil aceutar pessoas grudentas, reclamonas. Carentes, que não se sente amado, com tendência ao isolamento, que gosta de -ficar só, que acaba por tomar decisões erradas ou protelar decisões importantes, muitas inseguranças, muitos conflitos internos e etc..

Vamos pensar agora na parte espiritual.
Tudo se baseia na similaridade de pensamentos e ações.
Se você é uma pessoa sem autoestima, você vai atrair para você espiritos que pensam igual. Esses espiritos tem energias densas, o que vai acabar por lhe deixar doente.
Isso sem contar que outras pessoas sentirão sua energia e se afastarão de você.
Você quer isso ?
Claro que não ( pelo menos espero que você não queria )
Como começar a melhorar ? Em 1o. Lugar uma oração direta ao nosso Bondoso e Piedoso Pai, que ele nos ajude a melhor, que faremos a nossa parte, mas vamos precisar da ajuda dele, vamos precisar que ele nos envie bons irmão para nos ajudar.

Faça um exercio de auto-estima, deite-se ou olhe-se em frente ao espelho, e começe a pensar em bons adjetivos. Pelo menos 5. Faça isso sempre que possível , e sempre ache novos adjetivos


Tanto o desejo, quanto as ferramentas para a realização já estão DENTRO de nós!

Analise sua vida,seus companheiro e companheira e começe a ver neles pontos positivos.
Sempre os elogie pelos seus pontos positivos.

Quando sair na rua, veja o lado bom e belo das coisas. Agradeça a Deus por tudo que nos deu e nos dá todos os dias.

Veja-se como uma pessoa forte, vencedora, capaz de fazer qualquer coisa. Nosso Bondoso Pai quer que evoluamos, que sejamos pessoas fortes e vencedoras.

Não vamos deixar o amor próprio crescer demais. Corremos o risco de cultivar a vaidade, o orgulho. Nunca nos esqueçamos da humildade.

Jesus Cristo, quando esteve encarnado, deu-nos o exemplo da virtude, chegando a ponto de ordenar que amássemos os próprios inimigos. Dentre os seus vários ensinamentos, aquele que compara o Reino de Deus a uma criança, vem bem a calhar, pois evoca com firmeza o símbolo da humildade e da simplicidade. Não adianta conhecer profundamente a teologia e as mais altas concepções filosóficas. Se não nos fizermos humildes como as crianças – que são ingênuas e sem preconceitos – não entraremos no reino da verdade.

A virtude de tudo esta no meio. Não sejamos orgulhosos e vaidosos. Sejamos sempre humildes, mas com a certeza que temos uma grande missão nesse mundo e que somos fortes o suficiente para realiza-la com sucesso

Agora, e seus filhos, você trabalha o amor próprio em seus filhos ?
Seus filhos sabem que você os ama ?

Faça um exercicio com eles.

Chege para eles e lhes conte que os ama, que os ama mais que tudo na vida. Que não interessa o que eles venham a acertar ou errar na vida, você sempre os amara incondicionalmente.
Eles serão reepreendidos e castigos pelos erros. Mas você nunca deixara de ama-los.
Nunca deixa seus filhos esquecerem que eles são importantes para você, que você os ama.

Com essa atitudade, seus filhos crescerão mais seguros de si, com mais amor próprio e serão pessoas melhores.

Se uma parcela maior de pais dissessem aos seus filhos o quanto os ama e o quanto eles lhe são importante,s tenho certeza que teriamos um mundo muito melhor, com pessoas menos violentes e infelizes.

Não se esqueça tambem que os laços familiares costuma ser as nossas mairoes provas, se você consegiur amar os seus filhos, seu companheiro ou companheira, você estara evoluindo e dissolvendo laços antigos de erraticidade. Nossos filhso são uma grande responsabilidade, um dia nos sera cobrado pelo bom ou mal serviço feito.

Vamos finalizar o podcast de hoje com uma frase de Chico Xavier para você refletir e praticar.
A criança desprotegida que encontramos na rua não é motivo para revolta ou exasperação, e sim um apelo para que trabalhemos com mais amor pela edificação de um mundo melhor.

Um grande dia para você, uma grande semana, um grande abraço e até o nosso próximo encontro.

 

Last modified on Segunda, 18 Julho 2016 20:06

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Os que foram para o lado de lá e voltaram para contar




    Fonte:
    Vozes Espíritas - Por: Wellington Balbo

    A médica suíça Elisabeth Kübler Ross (08 de julho de 1926 – 24 de agosto de 2004), passou décadas ao lado de pacientes em estado terminal. Sua experiência a fez escrever o livro “Sobre a morte e o processo de morrer”, em que apresenta o modelo de Kübler Ross a informar familiares e amigos de doentes terminais na melhor maneira de conviver com a situação.

    Read more...
  • A morte dói?

     




    Por:
    Orson Peter Carrara

    Quando morre alguém, sentimo-nos todos tomados por um sentimento de perda e dor. É natural, gostamos da pessoa e desejamos que continue vivendo conosco. Mas, a morte é a única certeza da vida e está enquadrada nos acontecimentos normais da existência de todo mundo. A todo instante, partem jovens e velhos, sadios e enfermos…

    Read more...
  • O tempo no plano espiritual

     




    Fonte:
    Letra Espírita - Por: Juliana Procopio

    É muito comum em momentos de despedidas após o desenlace de um ente querido ou uma pessoa conhecida que esteve doente, por exemplo, ouvirmos as pessoas se referirem a quem partiu com a expressão, “em fim descansou”.

    Read more...
  • A saúde pode ser afetada pela obsessão?




    Fonte:
    O Consolador - Por: Orson Peter Carrara

    Desafio está em conhecer a origem dos casos

    Uma interessante matéria publicada por Allan Kardec na Revista Espírita (1) utiliza a expressão loucura obsessional. O texto, que recomendamos aos leitores, é um estudo sobre os Possessos de Morzine, uma localidade em determinada região francesa, alvo de carta endereçada ao Codificador pelo capitão B. (membro da Sociedade Espírita de Paris e naquele momento radicado na cidade de Anecy). Allan Kardec publicou a carta na edição de abril (2), seguida de instruções dos Espíritos Georges e Erasto e ainda acrescentou lúcido comentário sobre a questão. Depois, na edição de dezembro (3), voltou ao assunto, desdobrando-o em bem argumentada análise.

    Read more...
  • Depressão em jovens e adolescentes




    Fonte:
    Correio Espírita - Por: Fátima Moura

    Tenho ouvido muitos relatos de pais e familiares preocupados. A depressão entre jovens, adolescentes e até crianças parece estar aumentando de modo assustador e o assunto também tem sido focado em nossas palestras, sempre que somos convidados a falar sobre temas ligados à família.

    Read more...

Clube do livro




Todo mês um livro novo em sua casa.
Clique aqui e cadastre-se.

Clube do livro



Conheça nosso clube do livro.


Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato