fbpx

Artigos

Quarta, 09 Mai 2012 18:54

Não chore mais!

– Orson Peter Carrara

Motivos de aflições é que não faltam, diariamente. Especialmente de mães que se preocupam com o futuro dos filhos ou com as precipitações próprias da imaturidade daqueles que estão aprendendo viver.  Nesse Dia das Mães muitas delas não tem o que comemorar, seja pelos filhos ausentes ou rebeldes, ou mesmo porque tiveram seus filhos levados pela morte, em acidentes,enfermidades inesperadas ou prolongadas e até mesmo por filhos presos pelo desrespeito à Lei, em duros processos de reajuste social.

Se não bastassem as dificuldades financeiras da maioria da população e mesmo as limitações individuais que todos guardamos, que se agravam com os vícios que nos permitimos, ainda há a perversidade da corrupção e das drogas que matam esperanças e precipitam famílias inteiras em verdadeiras tragédias de doer o coração.

Quinta, 03 Mai 2012 02:07

Pedagogia da Sensibilidade

Pedagogia é a ciência da educação ou método para ensinar.

Em sua ampla abrangência, imagine-se o conteúdo inesgotável de uma ciência da educação, com seus métodos, dinâmicas, estudos e pesquisas que resultaram na experiência desafiadora do presente, quando tantos processos na transmissão do ensino estão sendo adaptados à nova realidade mundial, não só no que se refere ao progresso da civilização, como principalmente pela nova postura das crianças atuais, ágeis e hiperativas por excelência.

Já a sensibilidade é a faculdade de sentir.

É a capacidade que requer sintonia com os altos propósitos da vida para que a dignidade, o belo, o progresso e a fraternidade inspirem essa possibilidade de sentir a própria vida e seus intensos processos que se renovam sem cessar.

Com essas considerações breves, já se pode perceber o alcance da expressão Pedagogia da Sensibilidade. A expressão foi usada em livro do educador Marcus Alberto de Mário, notável paulista radicado no Rio de Janeiro, palestrante e escritor que tem dedicado sua inesgotável capacidade para nutri conteúdos na área da educação, do desenvolvimento da sensibilidade e no aprimoramento d o sentimento.

Especialmente considerando nossa condição de criaturas potencialmente capazes de superar desafios, perseguir continuamente o próprio aprimoramento intelecto-moral e principalmente contribuir para uma vida melhor nos relacionamentos e no progresso social.

Quarta, 25 Abril 2012 18:54

Criatividade humana

– Orson Peter Carrara

Incrível a capacidade humana de criar, recriar, motivar, acrescentar, juntar, modelar e criar algo novo diante do que já existe. E com a peculiaridade do ineditismo, da surpresa que agrada e mesmo comove.

Há anos faço palestras por diversos lugares do Brasil, encontrando situações diferenciadas por toda parte, por força mesmo da cultura, da condição geográfica, social, dos hábitos localizados ou regionalizados.

Em todos esses locais, todavia, sempre o calor humano, a solidariedade, o carinho, a atenção.

Fiquei antenado o tempo inteiro. Não consegui tirar os olhos da telona um segundo sequer.

Uma curiosidade para saber o que virá em seguida, fez-me pensar: como o enigma será resolvido?!

Um pai que perde o filho querido e sai em busca desesperada para encontrá-lo. Por motivos profissionais, esse pai acaba chegando ao Nordeste brasileiro, no Estado do Ceará, onde parte do mistério é desvendado da forma mais inusitada possível.

Rotulado no gênero ficção, o filme Área Q trata de temas transcendentais, que tudo pode ter a ver com a vida cotidiana de pobres mortais, para mostrar-nos que "há muito mais coisas entre a Terra e o Céu do que supõe nossa vã filosofia".

Imortalidade da alma, comunicação com os "mortos", pluralidade dos mundos habitados, reencarnação são alguns dos temas tratados na película, ao mesmo tempo instigadora e agradável de assistir.

Se você não assistiu ao filme, ainda dá tempo. A película está sendo exibida em 60 salas de cinema no Brasil.

Vá e leve um familiar ou amigo. Algo de bom será acrescentado à sua vida.

Para você que já viu Área Q, veja uma vez mais, e para quem ainda vai assistir, diga-me, logo após ir ao cinema e ficar atento ao final do filme (não vou contar qual é): a sua interpretação para a última cena do filme Área Q é...?

Geraldo Campetti Sobrinho - Vice-presidente da FEB

 

Quarta, 18 Abril 2012 23:17

Divaldo Franco – Oitenta e cinco anos

O ano de 2012 transcorre célere. Divaldo Pereira Franco, ágil como sempre, não tem tempo para pensar em si.

Vive para o próximo.

Os diversos afazeres na Mansão do Caminho, instituição benemerente, os cuidados extremados para com o Centro Espírita Caminho da Redenção, o desvelo e atenção no trato com amigos, as viagens de divulgação da Doutrina Espírita, no Brasil e em mais outros 65 países, a atividade psicográfica ininterrupta, o esforço inaudito para responder prontamente a centenas de mensagens eletrônicas e outras missivas todos os dias, a rotina dos embarques e desembarques em centenas de aeroportos ao redor do mundo, o pernoite sistemático nos hotéis, mostra-nos que Divaldo é uma pessoa incomum.

São mais de 230 dias ao ano que Divaldo permanece fora de sua residência na Mansão do Caminho.

A cada dia em uma cidade.

“O mundo vive hoje um momento único em que as criaturas humanas são livres para decidir quanto ao que desejam fazer da vida....

É chegada a hora das grandes definições.....

Por trás de uma idéia vencedora existe um comprometimento substancial de mentes que se congregam para torná-la realidade”.  Freitas Nobre - (Mensagem psicográfica recebida por Marlene Nobre, em reunião do Grupo Espírita Cairbar Schutel, 06 /03/2007).

Dia 11/04 – uma semana antes de comemorarmos os 155 anos do lançamento de “O Livro dos Espíritos”, o Brasil, destinado a ser “Coração do Mundo – Pátria do Evangelho”, poderá através das vias legais consolidar a perpetração de um crime hediondo: O aborto de anencéfalos.

Justificam aqueles que arguiram a favor da descriminalização da antecipação do parto em caso de gravidez de feto de anencéfalo (nome pomposo para abortamento):

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Pensamentos, sentimentos, alimentação e energias



    Imagem:
    Pixabay
    Por : Ricardo Di Bernardi

    Toda energia cósmica absorvida, seja ela por qual fonte tenha sido veiculada até chegar a nós, se transforma e se, adapta a nossa estrutura, ou seja, passará após essa transformação e adaptação, a fazer parte de nossa energia pessoal, e contribuir para a nossa aura.

    Leia mais...
  • A caminho de Emaús



    Imagem:
    Pixabay
    Por: Eduardo Rossatto

    Após o desencarne de Jesus, Lucas nos conta em 24:16, que dois discípulos estavam com a fé abalada e se afastaram de Jerusalém, isto é, se afastaram dos ensinamentos de Jesus, a caminho de Emaús, uma pequena aldeia, quando um estranho se aproximou e tentou consolar os dois jovens reafirmando que Deus não havia abandonado os cristãos. Este amigo oculto, Jesus, passou despercebido pelos discípulos, simbolizando a cegueira dos homens que não enxergam o auxílio da Providência.

    Leia mais...
  • Descobertas e transformações




    Imagem:
    Pixabay
    Por: Orson Peter Carrara

    Nada criamos. Tudo descobrimos ou transformamos. Aprendemos a descobrir as leis da natureza, extraímos a madeira das árvores, descobrimos os alimentos nas plantas e nos animais. Gradativamente fomos desenvolvendo a inteligência, produzindo ferramentas, equipamentos, utensílios e materiais que nos atendessem as exigências ou necessidades de conforto, proteção, locomoção, etc., Com isso, fazendo as transformações dos elementos naturais disponíveis ou gradativamente descobertos – principalmente pela observação, pela pesquisa ou pela mera exploração – chegamos ao atual estágio de uso de tudo que produzimos, transformando os elementos naturais que fomos descobrindo, entendendo seu mecanismo ou disciplinando seu uso.

    Leia mais...
  • Psicoses: Esquizofrenia e Reencarnação




    Fonte:
    Letra Espírita - Por: Rafaela Paes

    As psicoses, de um modo geral, são conceituadas como um estado mental em que o paciente acaba perdendo seu contato com a realidade, passando a apresentar comportamentos antissociais (REDAÇÃO, 201?, on-line).

    Leia mais...
  • A maior caridade que se faz ao Espiritismo é a mudança no comportamento.

     




    Por:
    Wellington Balbo - Imagem: Pixabay

    Um amigo me contou a história de dona Margarida, que por conta de uma razão qualquer um dia chegou à casa espírita.

    Encantou-se. Meteu a cara nos livros e arregaçou as mangas do coração.

    Leia mais...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.


Clube do livro




Todo mês um livro novo em sua casa.
Clique aqui e cadastre-se.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato