HomeInformativo Entrevistas

Entrevistas

Sábado, 24 Fevereiro 2018 15:10

Entrevistando Vania Mugnato de Vasconcelos

Focalizando o trabalhar espírita.

FONTE: NOTÍCIAS DO MOVIMENTO ESPÍRITA

 

Vania, pode fazer sua auto apresentação?

Sou Vania Mugnato de Vasconcelos, 49 anos, nascida em Curitiba – PR, pais José e Leonilde, filha mais velha com duas irmãs (Katia e Sheila), 4 sobrinhos, casada com Ricardo Henrique, mãe de Thiago Henrique, nascida católica, espírita por amor e vegetariana. Formada em Magistério, Serviço Social e Direito, sou advogada na cidade de Jundiaí, onde resido há 14 anos. Palestrante e articulista, sou divulgadora espírita em várias casas e cidades, escrevo sobre a temática espírita na Coluna Opinião do Jornal de Jundiaí, além de contribuir com a Agenda Espírita Brasil, Instituto Chico Xavier, Portal do Espírito, e outros sites. 


Como você conheceu o Espiritismo e desde quando o frequenta?

Dizem que “o acaso é o pseudônimo de Deus quando Ele não quer assinar o próprio nome”. Há 38 anos conheci o Espiritismo por um destes “acasos divinos”. Na infância residia em certo bairro de Curitiba, onde fiquei até completar 12 anos de idade. Tínhamos uma vizinha espírita, mas desconhecíamos essa condição. Ao mudar para outro bairro nossa casa foi alugada justamente a ela e um dia fomos convidados a visitar a família. Mesmo criança, ao invés de brincar fui ver os livros da pequena biblioteca da família, pois sempre adorei ler. Ali, naquele dia, tomei em mãos a obra de Ramiro Gama, “Lindos Casos de Chico Xavier”. Li deslumbrada! Quantas histórias comoventes! Foi amor à primeira vista, uma sensação de ter encontrado uma grande verdade!

Daí em diante, portanto desde os 12 anos de idade, o Espiritismo passou a ser parte da minha existência, li bastante e apesar de solicitada pela família a continuar frequentando a igreja católica, pela qual tenho muito afeto, visitava esporadicamente o centro espírita para ouvir palestras e tomar passes. Aos 17 anos cessei a participação na igreja e passei a contribuir e estudar em um CE do qual fiz parte vários anos.

Sábado, 17 Fevereiro 2018 22:41

Entrevista com Chico Xavier




Fonte:
Vinha de luz 

Chico Xavier: "Emmanuel - Onde estão os espíritas franceses companheiros de Allan Kardec?"

Emmanuel: “15 a 20 milhões de espíritos da cultura francesa e, principalmente, os simpatizantes da obra de Allan Kardec, reencarnaram no Brasil”

 Programa Especial Limiar do Amanhã (1971)

Entrevista de José Herculano Pires com Francisco Cândido Xavier

Olá Adriano, desde já agradecemos pela atenção e presteza em nos responder a algumas perguntas a respeito do livro espírita “Madame Kardec” que foi recentemente lançado.

Agradeço muitíssimo a confiança em nosso livro Madame Kardec, ciente de que estamos apresentando, aos leitores do Clube do Livro Letra Espírita, uma literatura genuinamente espírita e de qualidade.

A seguir algumas perguntas formuladas por nossa equipe com base nas curiosidades dos nossos leitores sobre a obra literária em comento.

1 - Quando você tornou-se espírita e como descobriu o dom de escrever livros? Por que optou por escrever obras espíritas?

Me tornei espiritista nos anos 2000, na época da faculdade. Foi uma situação bastante inusitada, pois “desafiei” os espíritos a me transmitirem uma comunicação mediúnica na biblioteca da universidade. Daí, eu apanhei uma caneta e um pedaço de papel e me concentrei com muito ceticismo para um transe mediúnico – sem saber ao certo o que estava fazendo. Foi quando a minha mão direita (involuntariamente) começou a se movimentar e a escrever um pensamento muito diferente do meu. O acontecimento mecânico me chocou por horas. Ao sair da universidade, passei numa papelaria e comprei telas e tintas, e o ato se repetiu com muito mais intensidade. Em casa, logo me chamaram de médium e fui orientado a procurar a Federação Espírita do Estado de São Paulo. Permaneci nessa Instituição por quatro anos, fazendo os cursos de evangelização e de educação mediúnica. Minha chegada no Espiritismo foi assim: um misto de curiosidade com desafio.

Domingo, 13 Agosto 2017 19:58

Entrevista com Dr. Nailton Tenório

Por: Rita Ramos Cordeiro

Nailton Jatobá Tenório é médico, cirurgião do aparelho digestivo e professor e coordenador do curso de medicina da Faculdade São Francisco de Barreiras – FASB.

É casado, pai de cinco filhos e uma neta, nasceu em Maceió – Alagoas e reside atualmente em Barreiras – BA.
Dr. Nailton é um dos fundadores do Lar Espírita André Luiz, onde mantêm o PSI – Programa de Saúde Integral. Seu último livro Médico de Almas lançado recentemente pela Vivaluz Editora faz parte do Clube do Livro Espírita do Instituto Chico Xavier de Itu.

1. Seu último lançamento, o livro Médico de Almas tem tido grande procura. A que você credita o sucesso deste livro e como foi para você escrevê-lo?
Os problemas de saúde se multiplicam em nosso meio com desordens físicas e psíquicas que comprometem em muito a estabilidade biopsíquica do indivíduo. Sendo assim é natural que o tema encontre eco e proporcione a procura de livros que abordem o tema. A espiritualidade sempre direcionada ao auxílio de tantos necessitados nos envia um trabalho que possibilita o entendimento do processo saúde doença de forma mais ampla e para mim como médico, trouxe elementos importantes para o entendimento de evoluções que antes não conseguia compreender e que estavam além dos meus esforços.

Domingo, 09 Julho 2017 23:40

Entrevista com Fábio Fadel Sper

Nesta entrevista concedida ao site do Instituto Chico Xavier o palestrante espírita Fabio Fadel Sper nos fala sobre o movimento espírita e a importância da divulgação espírita da atualidade e da atividade como palestrante que realiza há 15 anos. 

Fabio tem 49 anos, nasceu em Guarulhos e atualmente reside na Praia Grande. É casado, tem dois filhos e trabalha como projetista mecânico.

1- Há quanto tempo você é espírita e como conheceu o Espiritismo?
De verdade não me lembro como conheci o Espiritismo, parece que desde sempre eu já conhecia os ensinamentos da doutrina. Mesmo pertencendo a outra religião, achava entre outras coisas, muito óbvio a comunicabilidade dos espíritos, reencarnação, etc. Mas comecei a estudar há 20 anos atrás. Já li vários livros, mas escolhi nessa encarnação dedicar-me às obras de Allan Kardec.


Certo dia, um menino de 10 anos bateu com uma colher num prato e escutou atentamente o som, que continuou a vibrar por algum tempo, parando, no entanto, quando o pequeno pôs a mão sobre o prato.

Com certeza, em muitos lugares do mundo, outros tantos garotos terão feito o mesmo e observado o fenômeno.

Mas, só um gênio como Blaise Pascal resolveu investigar o mistério e escreveu um tratado sobre o som: "Traité des sons".

Nascido aos 19 de junho de 1623, em Clermont Ferrand (Auvergne), cedo demonstrou a sua genialidade.

Uma vez, o pai o encontrou a riscar, com um pedaço de giz, "rodas e barras" no assoalho do seu quarto.

Rodas e barras eram na verdade os círculos e as linhas retas da Geometria, traduzidos na linguagem infantil.

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Censuras




    Ler, pensar e refletir sobre os textos de Emmanuel é sempre oportunidade renovada de aprender continuamente. A capacidade de síntese desse notável benfeitor que se utilizou das mãos abençoadas de Chico Xavier para nos orientar através de seus textos é admirável. Suas linhas compactas, seus parágrafos e textos lúcidos ensinam muito. Daí a importância de nos debruçarmos sobre seus livros para saciar a sede de conhecimento e aprender muito. Seus romances clássicos ou seus livros de mensagens que comentam o Evangelho ou os livros da Codificação são preciosos.

    Read more...
  • A força dos sentidos





    “Os vossos olhos são a luz do corpo, mas se essa luz for trevas, todo o seu corpo estará em trevas“. (Jesus)

    Dentre as muitas assertivas do mestre Jesus, no seu Evangelho de amor, talvez essa seja uma das mais importantes para o homem terreno, porque ela adverte que, os nossos sentidos materiais, a visão, o tato, a audição, o olfato e o paladar, constituem antenas vivas, que mostram com nitidez aqui e do outro lado da vida, o uso que fazemos deles.

    Read more...
  • Importância do Estudo no Centro Espírita

    O Centro Espírita não é simplesmente um templo religioso onde os adeptos do Espiritismo ali comparecem para rituais de devoção, como a oração (prece), o passe e assim por diante.

    É, na verdade, instituição social que possui várias características:

    Read more...
  • No júbilo de servir




    “Depois de haverdes feito quanto vos foi ordenado, dizei: somos servos inúteis, fizemos o que devíamos fazer”. Jesus (Lucas, 17:10)

    Guarda tua alma no júbilo de servir.

    Read more...
  • Oremos e vibremos pelo nosso país




    Esta chegando o grande dia onde teremos a oportunidade de através do voto consciente escolher o presidente que acharmos melhor indicado para representar o Brasil nos próximos 4 anos.

    Que estejamos todos em oração neste domingo, pedindo ao Pai da Vida que intua todo o povo brasileiro a votar com discernimento e coerência, em paz e harmonia. 

    E seja qual for o presidente eleito que as bençãos do Pai recaía sobre ele, para que saiba representar o Brasil com humildade, amor e fraternidade, respeitando e lutando com justiça pelas dificuldades enfrentadas pelo já tão sofrido povo brasileiro.


Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.

Sobre o instituto



O Instituto Beneficente Chico Xavier foi fundado no dia 04 de Setembro de 2010 na cidade de Itu - SP

O trabalho realizado pelo Instituto Chico Xavier é o de divulgar a Doutrina Espírita pela Internet e redes sociais, realizar Seminários e palestras espírita e também divulgar o livro Espírita, através do Clube do Livro Espírita Emmanuel.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato