fbpx
HomeInformativo Entrevistas

Entrevistas

Quarta, 21 Setembro 2011 23:29

Carlos Signei de Souza

Carlos Signei de SouzaEfeitos físicos que renovaram um caminho - Fenômenos com assédios espirituais levaram ao conhecimento espírita

Espírita desde 1994 e natural da cidade de São Paulo, onde reside, nosso entrevistado viveu intenso assédio de fenômenos físicos dentro da própria residência, até procurar ajuda e entender o que se passava. Industrial e formado em Administração e Marketing, atualmente integra o Centro Espírita A Caminho da Luz, da capital paulista, e integra o Conselho Diretivo da instituição. Sua experiência com os espíritos o libertou do sofrimento a que se viu exposto.

1 - Qual foi a experiência mediúnica que o levou ao Espiritismo?
Não posso dizer que em um primeiro momento foram as experiências mediúnicas que me levaram ao Espiritismo,visto que elas aconteciam e eu extremamente cético não lhes dava importância alguma. A dor de todo tipo por perda material e profissional foi o primeiro despertar; depois, com a intensidade dos fenômenos não houve como negá-los.

2 - E como elas ocorriam? Durante quanto tempo?
Os fenômenos aconteciam de todas as formas: espíritos perambulavam pela casa fazendo barulhos, sons de passos, com maior intensidade no meu quarto,onde eu era lançado da cama em direção a parede, pressão na garganta simulando semelhança de enforcamento durante a noite, bater de panelas,pratos, talheres na cozinha, que ficava na parte térrea do obrado.Minha filha mais nova, ainda de colo, gritava assustada com o assedio de entidades trevosas  que eu percebia apenas por meio das emanações de energias negativas e vultos escuros.Tudo isto durou por quase 4 anos de intenso assedio e praticamente com a perda de todas as posses materiais, procurei ajuda.

Quarta, 14 Setembro 2011 22:34

Entrevista Alexandre Xavier de Camargo

Orson Peter Carrara – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Psicologia e Espiritismo, um traço a ser considerado

Experiência virtual bem sucedida amplia atuação espírita

 

Nascido em Marília em 1970 e formado em Psicologia pela Universidade Estadual de Londrina, em 1995, casado com Rossana Guariente de Camargo, três filhos, de família espírita e residente em Rolândia-PR desde a infância, nosso entrevistado atua em consultório próprio na mesma cidade e também pela Internet num mecanismo inovador, inclusive também para divulgar o Espiritismo.  Atualmente coordenando dois grupos mediúnicos e uma reunião pública aos domingos, Alexandre ministra palestras sobre os livros de André Luiz. Paralelamente aos trabalhos da casa espírita, coordena também as atividades do Centro Espírita Maria de Nazaré - Virtual, com estudos ao vivo, pela Internet, durante toda a semana, de segunda à sábado. A experiência profissional na Psicologia e a intensa atividade espírita trazem relato que merece ser conhecido, especialmente considerando as grandes carências humanas na área das emoções e dos sentimentos.

 

 

Domingo, 04 Setembro 2011 22:57

Entrevista Instituto Chico Xavier

Rita de Cassia“Nada realizamos sozinhos”

Confreira paulista fala sobre a criação e os objetivos do Instituto Beneficente Chico Xavier, fundado no ano passado na cidade paulista de Itu

Rita de Cássia Ramos Cordeiro, natural de Presidente Prudente-SP, mas radicada atualmente em Itu, cidade também situada no Estado de São Paulo, fala-nos sobre a criação do Instituto Beneficente Chico Xavier.

Fruto da experiência de outros projetos desenvolvidos em Itu, o Instituto nasce fortalecido por uma equipe bem integrada e preparada para divulgação do Espiritismo e apoio às entidades beneficentes existentes na cidade.

O que é o Instituto Beneficente Chico Xavier?
É uma instituição sem fins lucrativos que foi criada com o principal objetivo da divulgação do livro espírita, através de Feiras de Livros, Clube de Livros, Editora e Distribuidora de livros, com toda a renda sendo revertida em prol das Instituições Beneficentes.

Quando surgiu e como?
O Instituto Chico Xavier iniciou suas atividades em setembro de 2010, mas era um projeto sonhado há muitos anos. Foi fundado por um grupo de amigos que militam na divulgação do livro espírita há mais de 10 anos através do Clube do Livro Espírita e das Feiras de Livros, que perceberam, com o passar dos anos, a importância da divulgação do livro espírita, devido ao crescimento de adeptos e simpatizantes da Doutrina Espírita. Devido a isso, decidiram então unir-se para fundar o Instituto.

“A educação de hoje não pode mais ser aquela que herdamos dos nossos pais e avós”

A educadora cearense, autora do livro Crianças Esquecidas,
fala sobre o tema crianças hiperativas ou com distúrbios
de atenção e diz como o assunto deve ser tratado
pelos pais e pelos educadores

Eugênia Maria Pinheiro Ramires, nossa entrevistada da semana, é educadora e jornalista. Nascida em Fortaleza (CE), reside atualmente na cidade de Jales (SP). Com três livros publicados e um no prelo, espírita desde a infância, vinculada ao Grupo de Estudos Espíritas em Jales e coordenadora de cursos de estudos espíritas, além de oradora espírita, como mãe viveu a experiência de uma filha hiperativa, que a levou a ampla pesquisa sobre a temática. A resposta à entrevista revela lances surpreendentes no depoimento de uma mãe que buscou respostas e agora auxilia outras mães.

Quarta, 31 Agosto 2011 20:37

ENTREVISTA com Adriano Pereira Marques

Adriano Pereira MarquesOrson Peter Carrara – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Experiência no rádio para a divulgação espírita

Locução em programas de rádio movimentam nosso entrevistado na interação com os ouvintes de todo o planeta

 

Nosso entrevistado é formado em Educação Física, Massoterapia e Produção, Loucação e Sonoplastia, além de Àrbitro de futebol. Nasceu e reside em São Paulo, é espírita desde a infância, quando a mãe conheceu o Espiritismo em Palmelo-GO. Vincula-se à Rede  Boa Nova de Rádio, em Guarulhos, atuando como produtor, locutor e sonoplasta. Conheça sua experiência na interação com os ouvintes.

1 - Qual o nome do programa, tempo de duração e desde quando está no ar?
Apresento dois programas na Radio Boa Nova, o primeiro desde 07/05/2007 chamado Raio de Luz, que se iniciou nas madrugadas de segunda e terça das 1:30 as 3:00 ao vivo até meados de 2009, quando passamos a apresentar de segunda feira das 22 as 23 até a data de hoje, e outro chamado Roteiro que iniciou em 10/08/2009 de segunda a sexta feira das 18 as 20 até a presente data também.

2 - Como surgiu a ideia de elaboração do programa?
O programa Raio de Luz surgiu da necessidade da casa espírita que frequento, C.E. Wantuil de Freitas, divulgar os trabalhos da casa e por orientação espiritual informando que havia chegado a hora de nós termos um programa de radio e que o radio é um dos caminhos para a divulgação da doutrina e que era o momento de também atuarmos nesse campo. Já o programa Roteiro, o convite surgiu devido ao nosso trabalho realizado nesse primeiro programa, e porque esse horário era carente de conteúdo.

Quarta, 24 Agosto 2011 23:28

Entrevistando Claudia Gelernter

Paulista radicada em Vinhedo, interior do Estado de São Paulo, Claudia Mandato Gelernter, de 42 anos, é ativa divulgadora da Doutrina Espírita.

É casada, mãe de Juliana, 27 anos e Gabriel de 8 anos.

É designer e cursa o 8º semestre de Psicologia.

É fundadora, juntamente com um grupo de amigos do CEAK – Centro Espírita Allan Kardec de Vinhedo a três anos, onde é dirigente dos Estudos Espíritas, além de ministrar Palestras e Seminários em várias Casas Espíritas onde solicitada.

Para conhecer mais sobre o trabalho desenvolvido por Claudia Gelernter podem acessar

seu blog http://claudiagelernter.blogspot.com ou site http://somostodosum.ig.com.br

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Estar encarnado




    Fonte:
    Correio Espírita - Por: Guaraci Silveira - Imagem: Pixabay

    O processo de uma encarnação é magnífico. Se existissem milagres diríamos que é o milagre da vida. De repente um Espírito retorna à vida física e o faz adentrando novo corpo através de um processo de aglutinação celular e justaposição às suas necessidades na nova experiência carnal.

    Read more...
  • Espíritos das trevas na visão de um encarnado




    Fonte:
    Rita Ramos Cordeiro - Por: Rita Ramos Cordeiro - Imagem: Pixabay

    Com o grave momento que se vive atualmente, com a constante profecia de fim de mundo, com o medo generalizado, com as insistentes teorias de conspirações, o mundo espiritual está cada vez mais presente fazendo com que os espíritos sejam mencionados e responsabilizados quase o tempo todo por tudo o que acontece com o mundo, e através dos médiuns, as pessoas buscam respostas e soluções para um mundo tão conturbado.

    Read more...
  • Influência de um obsessor!



     

    Fonte: Letra Espírita - Por: Juliana Procopio - Imagem: Pixabay

    Segundo o Livro dos Médiuns “no número das dificuldades que a prática do Espiritismo apresenta é necessário colocar a da obsessão em primeira linha.

    Read more...
  • Nem tudo está a nosso alcance mudar



    Por:
    Eduardo Rossatto

    O espírita não deve jamais ser fatalista. No entanto, há coisas que são o que são e ponto final. A gente tem que aceitar.

    Read more...
  • Crianças podem ser obsidiadas?




    Fonte:
    Editora Eme 

    “O espiritismo nos esclarece que o processo reencarnatório prolonga-se até os sete anos de idade. Nesses primeiros anos de vida física o espírito, na fase infantil, mantém vínculos bastante estreitos e mais ou menos intensos com o mundo espiritual, a sua pátria de origem. A presença de espíritos amigos, do seu espírito protetor é mais próxima, no intuito de sustentá-lo nesse recomeço”, analisa artigo da Revista Auta de Souza.

    Read more...

Clube do Livro Emmanuel


Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.


Clube do livro




Todo mês um livro novo em sua casa.
Clique aqui e cadastre-se.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato