fbpx
HomeInformativo Entrevistas

Entrevistas

Quarta, 27 Junho 2012 22:54

Focalizando o trabalhador espírita

Hoje focalizamos o orador e escritor Aloisio Silva, mineiro de Muriaé residente em Guarapari, no Espírito Santo.  Aloisio é fundador e atual presidente da Sociedade Guarapari de Estudos Espíritas, já atuou em outras casas espíritas e tem participado do movimento de unificação. Escreveu vários livros,  desenvolve palestras e seminários pelo Brasil e já tem programação organizada para países da Europa e Estados Unidos.

Caro confrade Alosio Silva, pode nos fazer sua apresentação?
Ismael, sou nascido em Muriaé-MG,  aos, 00h40min de 21 de Janeiro, filho de 1964, se nascesse 1 hora antes me chamaria Sebastião. Meus pais são Joaquim Luiz da Silva, Pedreiro, hoje aposentado e Alice Dilma da Silva, lavadeira de roupas, hoje também aposentada tive os irmãos: André Luiz da Silva (Contador e Advogado, Rosely Maria da Silva Pires (Mestra em Educação, Professora da Universidade Federal), Heloisa Ivone da silva Carvalho (Pedagoga e Mestra em Educação Física), Joaquim Luiz da silva Filho (Psicólogo), Oldair José da Silva (Bacharel em Direito) e Dejair Paulo da Silva (Bacharel em Artes Plásticas pela UFES), meus pais são semi-analfabetos porem com a visão que a doutrina espírita lhes proporcionou conseguiram formar sete filhos em curso superior, sendo três destes com mestrado. Sou casado com Jailza da silva Pereira, Professora de Biologia, Fisioterapeuta e graduanda em Pedagogia, é também Coordenadora da Evangelização do DIJ Departamento de Infancia e Juventude da Sociedade Guarapari de Estudos Espíritas, e tenho cinco filhos Viviane Oliveira Ribeiro (filha adotiva) Pedagoga, Barbaralice Santos Silva, (Ambas estão com 25 anos), Sócrates Pereira Silva, (19 anos, Estudante de Serviço Social pela UFES), Victor Hugo Pereira Silva (15 anos) e a caçula Ana Luiza Pereira Silva (12 anos). Minha família é o meu maior tesouro.

Qual a sua formação acadêmica e profissional?
Mestre em Educação e professor de Psicologia e Filosofia na Faculdade Pitágoras na cidade de Guarapari ES.

Paulo Figueiredo, conhecido ator e diretor de novelas e peças teatrais, comenta sua atuação como roteirista e diretor no próximo lançamento cinematográfico E A Vida Continua..., com base na mesma obra editada pela FEB.

Reformador: Qual foi sua motivação para introduzir temas espíritas em teatro, televisão e cinema?

Paulo Figueiredo: Um dos principais motivos é a conhecida influência que essas mídias exercem sobre o grande público. Televisão, cinema, teatro, acredito que nessa ordem, são poderosos modificadores sociais. A moda, o falar, o gestual, a discussão sobre temas do momento sofrem alterações em ritmo impressionante, mais ainda na população jovem. Utilizado, em sua maior parte, para expor publicamente o que o ser humano carrega de vergonhoso na bagagem de vícios, em sua peregrinação pelo Planeta, esse imenso poder de comunicação e sedução parece estar, quase que inteiramente, a serviço de lideranças espirituais suspeitas. Mostram na tela ou no palco a face espúria dos personagens, a maldade, a violência vingada sem a contrapartida do perdão, do resgate, dos mais nobres sentimentos humanos, da evolução espiritual, enfim. Isso é trabalho inútil, improdutivo. Entendo que, se levarmos para a tela ou para o palco histórias de superação, de vitória sobre o erro, podemos até não atingir multidões, mas boa parte dela terá o que pensar minutos antes de dormir. E A Vida Continua... foi transposto da literatura para o cinema e a TV com o fim de usar tais meios de comunicação para veicular ideias e conceitos exemplares.

Quinta, 07 Junho 2012 11:58

Entrevista com Suely Caldas Schubert

Nossa  entrevistada  deste  sábado é a conhecidíssima escritora e  oradora Suely Caldas Schubert, residente   na cidade  de Juiz  de Fora, MG.

Filha de pais espíritas, alegres e exemplares, como ela ressalta, começou a ler na biblioteca do genitor, livros sobre  Espiritismo desde os 9 anos de idade.

Esse ambiente favorável, a participação na evangelização infantil, na Mocidade  Espírita, o ingresso nas atividades doutrinárias e administrativas da casa  espírita e o pendor para o movimento de unificação ensejaram a  que Suely  granjeasse  a posição de  referencia  quando se  busca  definir o perfil do verdadeiro trabalhador espirita.

Além de ser  autora consagrada e conferencista de grande prestigio, Suely teve  a honra de conhecer  muito de perto o trabalho de Chico Xavier e de Divaldo Pereira Franco, destinando a ambos páginas  preciosas ressaltando facetas  de  suas  vidas  e de suas obras. 

Só  temos a agradecer essa oportunidade valiosa que nossa estimada  irmã Suely nos concede revivendo lances de sua biografia rechea-  da pelo trabalho diuturno enaltecido pela conduta exemplar.

Quinta, 24 Mai 2012 22:21

Entrevista com Ismael Gobbo

 

 

Por: Rita Ramos Cordeiro

Ismael Gobbo é o idealizador do Informativo “Notícias do Movimento Espírita”.

Tem 64 anos, é aposentado como Auditor da Receita Federal.

Reside em Araçatuba, no interior de São Paulo, é casado e tem quatro filhos.

Atualmente se dedica às tarefas espíritas e ao Informativo “Notícias do Movimento Espírita”.

Em entrevista exclusiva concedida ao site do Instituto Chico Xavier, Ismael nos conta como tem sido sua participação no Movimento Espírita e sobre a criação do Informativo “Notícias do Movimento Espírita”, que vem sendo divulgado por todo o Brasil e vários outros países.

Para conhecer mais sobre Ismael Gobbo, podem acessar seu blog http://ismaelgobbo.blogspot.com

Qual o nome de seus pais?

Pedro Gobbo, desencarnado no ano de 1991 com 75 anos e Auzilia Chessa Gobbo, com 85 anos, residente em Santa Rita do Passa Quatro, SP.

Em qual cidade nasceu e qual reside atualmente?

Nasci na cidade de Araçatuba, SP, aos 26 de dezembro de 1947, e nela resido.

Orson Peter Carrara – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

As Rádios web - Multiplicam-se caminhos de divulgação espírita

Diretor do Centro Espírita Amor e Caridade, em Bauru-SP, nosso entrevistado tem formação acadêmica em Direito, é aposentado e empresário, espírita desde 1962. Dedicando-se com afinco à manutenção de uma emissora de rádio virtual, descobriu os benefícios de referida iniciativa e tem incentivado a instalação desse novo mecanismo de divulgação. Realmente vivemos um novo tempo que espalha as sementes do conhecimento que liberta e consola.

1) Como surgiu o interesse de divulgação espírita com emissoras de rádio virtuais?

Richard Simonetti trouxe de Vitória, Espírito Santo, a ideia do trabalho lá realizado já há um certo tempo. Aproveitei a dica  e grande oportunidade de trabalho oferecida e comecei a pesquisar o assunto. Conclui e passei essa impressão à nossa diretoria de que estávamos diante de um extraordinário e acessível meio de comunicação da Doutrina Espírita.

Quarta, 25 Abril 2012 22:02

Entrevista com KÉOPS VASCONCELOS

Orson Peter Carrara – Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

A Lei do Progresso e o Direito

Juiz de Direito aborda influência do conhecimento espírita na legislação

Natural de Bom Conselho-PE e atualmente residente em Campina Grande-PB, Kéops é espírita desde 1996 e vinculado ao NEDE – Núcleo de Estudos da Doutrina Espírita como Diretor Executivo;  à AME-CG – Associação Municipal Espírita de Campina Grande-PB como Diretor Adjunto;  à ABRAME – Associação Brasileira de Magistrados Espíritas com Delegado Seccional na Paraíba e integrante da Comissão de Acompanhamento Legislativo da FEB.  Bacharel em Direito, com especialização em Direito Processual Civil e Juiz de Direito, nosso entrevistado apresenta considerações expressivas sobre o Direito e as conexões com o Evangelho, com o Espiritismo e com o progresso da humanidade.

A vida de Chico Xavier

Cadastre no nosso informativo

Informativo

  • Pensamentos, sentimentos, alimentação e energias



    Imagem:
    Pixabay
    Por : Ricardo Di Bernardi

    Toda energia cósmica absorvida, seja ela por qual fonte tenha sido veiculada até chegar a nós, se transforma e se, adapta a nossa estrutura, ou seja, passará após essa transformação e adaptação, a fazer parte de nossa energia pessoal, e contribuir para a nossa aura.

    Leia mais...
  • A caminho de Emaús



    Imagem:
    Pixabay
    Por: Eduardo Rossatto

    Após o desencarne de Jesus, Lucas nos conta em 24:16, que dois discípulos estavam com a fé abalada e se afastaram de Jerusalém, isto é, se afastaram dos ensinamentos de Jesus, a caminho de Emaús, uma pequena aldeia, quando um estranho se aproximou e tentou consolar os dois jovens reafirmando que Deus não havia abandonado os cristãos. Este amigo oculto, Jesus, passou despercebido pelos discípulos, simbolizando a cegueira dos homens que não enxergam o auxílio da Providência.

    Leia mais...
  • Descobertas e transformações




    Imagem:
    Pixabay
    Por: Orson Peter Carrara

    Nada criamos. Tudo descobrimos ou transformamos. Aprendemos a descobrir as leis da natureza, extraímos a madeira das árvores, descobrimos os alimentos nas plantas e nos animais. Gradativamente fomos desenvolvendo a inteligência, produzindo ferramentas, equipamentos, utensílios e materiais que nos atendessem as exigências ou necessidades de conforto, proteção, locomoção, etc., Com isso, fazendo as transformações dos elementos naturais disponíveis ou gradativamente descobertos – principalmente pela observação, pela pesquisa ou pela mera exploração – chegamos ao atual estágio de uso de tudo que produzimos, transformando os elementos naturais que fomos descobrindo, entendendo seu mecanismo ou disciplinando seu uso.

    Leia mais...
  • Psicoses: Esquizofrenia e Reencarnação




    Fonte:
    Letra Espírita - Por: Rafaela Paes

    As psicoses, de um modo geral, são conceituadas como um estado mental em que o paciente acaba perdendo seu contato com a realidade, passando a apresentar comportamentos antissociais (REDAÇÃO, 201?, on-line).

    Leia mais...
  • A maior caridade que se faz ao Espiritismo é a mudança no comportamento.

     




    Por:
    Wellington Balbo - Imagem: Pixabay

    Um amigo me contou a história de dona Margarida, que por conta de uma razão qualquer um dia chegou à casa espírita.

    Encantou-se. Meteu a cara nos livros e arregaçou as mangas do coração.

    Leia mais...

Cadastre-se em  nosso informativo :

 


 




Desde 2010 divulgando a Doutrina Espírita.


Clube do livro




Todo mês um livro novo em sua casa.
Clique aqui e cadastre-se.

Clube do livro

Conheça nosso clube do livro.

Receba todo mês um livro na sua casa.


Cadastre-se aqui para aproveitar.

Contato